Contato

Política

Urnas consagram Márcio e o MDB vai completar 16 anos no poder municipal

 

Até a meia noite houve bombas, bandeiraços e famílias inteiras, crianças, idosos e adultos mais jovens, na Praça Getúlio Vargas comemorando a vitória do Prefeito Márcio Amaral. 

Afinal, a reeleição foi soberana com 16.038 votos, com 43,22% dos votos válidos de Alegrete. Foi nesta média desde as primeiras urnas escrutinadas. Mesmo com os problemas ocorridos no sistema de inteligência artificial do TSE, ainda cedo a Rádio Minuano FM, adiantou-se e totalizou os números.

 

Todas as pesquisas feitas internamente pelas coordenações das campanhas eleitorais mostravam Márcio Amaral liderança, praticamente no mesmo patamar. Jetter Souza, o segundo colocado emplacou 33,46% da preferência com 12.415 votos.

Em terceiro lugar ficou a candidata do PT, Maria do Horto Salbego, que teve o seguinte desempenho: 18,06% 6.702 votos.

Em último lugar, foi a candidata do PRTB, Vânia Guerra, alinhada ao vice Presidente General Augusto Mourão, 5,25%

1.949 votos. Fez menos votos que o vereador mais votado, Fábio Pérez, o Bocão, com 2.249.
 
Quando soube que a eleição era irreversível o MDB fez um grande ato, com um caminhão de som, no Parque dos Patinhos. A aglomeração reuniu dezenas de militantes, Secretários Municipais e CCs da Prefeitura. O reeleito Márcio Amaral, agradeceu o apoio e para a Minuano FM disse que se manteve leal ao acordo com o PP que saltou fora da coligação, mas que pretendia agora realinhar as forças políticas em favor de Alegrete.
 
 
O MDB entrou em 2008 com Erasmo Silva, que governou duas vezes, depois se coligou com o PP, e com a morte da Prefeitura Cleni Paz, PP, assumiu a Prefeitura com Márcio Amaral, e agora governará mais quatro anos.
 
Na trajetória até a vitória Márcio destronou a vereadora Nivia Souza na convenção, o ex Secretário Jesse Trindade foi alçado à vice, e então passou a pontuar a infelidade do PP em não cumprir acordos e logo a seguir vieram as inaugurações de asfaltos da cidade.
 
Conseguiu fazer a gestão da epidemia com margem maior de acertos do que erros e chegou ao pleito com a pecha de que em time que está ganhando não se mexe.
 
 
No debate de quinta-feira, ajudou a reforçar este conceito. No palco montado pelo CEA e Rádio Nativa, colocou seu adversário Jetter Souza em situação embaraçosa, ao perguntar sobre índices do CAGED ( sigla que mede o nível de emprego e desemprego no município) e seu adversário gastou 3.45 minutos falando sobre o que não conhecia. Na réplica Márcio falou sobre o índice. Este ponto foi determinante para assegurar dois estilos de candidatos e posicionamento de campanha no imaginário dos alegretenses.
 
Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Auxílio Emergencial terá 1ª parcela liberada este mês.

Arthur Lira (PP-AL), atual presidente da Câmara dos Deputados, afirmou na tarde do dia 1º de março, em entrevista ao programa Fala Brasil da Record TV, que o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial vai acontecer ainda este mês.
De acordo com Lira, será disponibilizado quatro parcelas com valor de R$ 250 cada uma, contudo a decisão final cabe ao Ministério da Economia. Lira disse ainda que “Serão pagas em março, abril, maio e junho”.
Para o presidente da Câmara, enquanto houve os novos pagamentos do auxílio emergencial o Legislativo e o Executivo vão discutir uma maneira de tornar permanente o programa de transferência de renda.
Lira, citando uma discussão que já ocorre no governo desde o ano passado ainda disse que “também com previsão de que tenhamos a oportunidade de criar um programa permanente, como Bolsa Verde Amarela ou Bolsa Cidadã [nome a ser definido], com perspectiva um pouco maior para atender também ao Bolsa Família e aos novos incluídos”.
No último domingo (28) os presidentes da Câmara Arthur Lira, do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) encontraram-se com o presidente Jair Bolsonaro e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para tratar dos detalhes do auxílio emergencial, bem como da vacinação e demais pautas prioritárias por parte do governo.
Continue lendo

Política

Márcio tira Luciano Pereira e muda ficando como estava

O Prefeito Márcio Amaral tomou posse nesta tarde no Centro Cultural juntamente com seu vice Jesse Trindade. Conforme fora adiantado pelo jornal Em Questao, em sua edição on line, todo a estratégia de embromar a divulgação do que ele chamou de “time que está ganhando” teve apenas o objetivo de sacar o polêmico Secretário Luciano Pereira da Segurança e substituí-lo por Daniel Rosso.

Houve uma mexida interna onde Cáurio saiu do Planejamento e foi para as Finanças. Paulo Faraco para a Administração e o ex-titular da pasta Rui Alexandre substituiu Luciano Pereira, o único defenestrado por Márcio.

A nova composição é a seguinte: 

Secretário de Administração : Paulo Rodrigues Faraco
Secretária de Meio Ambiente : Gabriela Gonçalves Trindade Segabinazzi
Secretário de Segurança Pública, Mobilidade e Cidadania: Rui Alexandre Medeiros
Secretário de Finanças : José Luis Caurio de Souza
Secretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer : Angela Vieiro
Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo:  Caroline Freitas Figueiredo
Secretário de Infra Estrutura : Mario Roberto Rivelino
Secretário de Planejamento : Jesse Trindade Santos
Secretária de Saúde : Haracelli Fontoura
Secretária de Promoção e Desenvolvimento Social: Iara Caferatti Gonçalves Fagundes
Procurador Geral do Municipio:  Daniel Biachi Rosso .

 

Continue lendo

Política

Márcio dá margem para o azar e anúncio de Secretários fica pela metade

A intenção do Prefeito Márcio Amaral de ocupar sua página pessoal no facebook para anunciar parcialmente seu Secretariado, frustrou os internautas e até mesmo o primeiro escalão, porque a live caiu. A chegada de ventos fortes e chuva, derrubou a estratégia do Prefeito, que levou semanas para repetir praticamente o mesmo grupo. Depois de demorar semanas para fazer o anúncio de praticamente todos os mesmos Secretários, o Prefeito não conseguiu fazer sua estratégia funcionar.
Não há definição se Rui Medeiros vai continuar ou não na Administração, mas as razões não foram explicadas. No momento em que seria anunciada a permanência ou não de Luciano Pereira, na Segurança e Mobilidade a transmissão teve o primeiro tombo.
Quanto retornou, o Prefeito Márcio e o vice Jesse Trindade, estavam comentando sobre a atuação da Secretária do Desenvolvimento Econômico, Caroline Figueiredo e daí a live caiu e não voltou mais.
Do que havia sido anunciado até o momento é a repetição do mesmo time. Haracelli Fontoura na Saúde, Gabriela Segabinazzi no Meio Ambiente, Mário Rivelino, na Infra Estrutura, Angela Viero na Educação, e o ex Secretário do Planejamento José Luíz Cáurio foi para as Finanças.
O que ficou em branco ainda foi o Gabinete, Assistência Social e Agricultura. Segurança, pelo que foi possível entender, não está garantida a permanência de Luciano Pereira.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular