Contato

Manchete

Ônibus que partiu de Alegrete serviu de escudo para assaltantes durante a madrugada

Um ônibus da Planalto que saiu de Alegrete ontem as 23h30min. serviu de escudo para que assaltantes fizessem um assalto em Vila Nova do Sul, logo depois de São Gabriel, na Br 290. Pelo menos quatro agências bancárias foram atacados durante a madrugada desta terça-feira no Rio Grande do Sul. O último caso ocorreu às 3h, em Vila Nova do Sul, na região Central do Estado. Conforme a Brigada Militar, criminosos utilizaram explosivos para acessar o Banrisul e o Banco do Brasil. 

A BM relatou que as agências ficam uma em frente a outra. Os policiais militares, no entanto, não souberam informar se alguma quantia em dinheiro foi roubada. Na fuga, a quadrilha abordou o ônibus na BR 290 e fizeram o motorista refém e mais dois passageiros. O coletivo foi atravessado na pista para facilitar a escapada dos criminosos e evitar uma eventual perseguição policial. O grupo teria seguido direção a Caçapava do Sul em três veículos.  

Antes do ataque em Vila Nova do Sul, um assalto ocorreu na cidade de Nova Pádua, na Serra. Quatro criminosos também utilizaram explosivos para tentar invadir outro Banrisul e outro Banco do Brasil. O arrombamento, no entanto, não foi bem sucedido porque a bomba não teve detonação. Os suspeitos teriam usado um Ford Fusion de cor preta na fuga. 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Chuva prossegue sobre o RS

Nos últimos sete dias, choveu intensamente sobre o Centro, Oeste e Norte do Rio Grande do Sul. As regiões de Alegrete e Uruguaiana receberam mais de 100 milímetros, poupando água dos reservatórios e ajudando o desenvolvimento inicial das áreas de arroz. Por outro lado, a precipitação foi bem mais fraca no Sul e Leste do Estado, resultando em acumulados abaixo dos 10mm em Camaquã, Pelotas e Santa Vitória do Palmar.

A chuva prosseguirá sobre o Rio Grande do Sul, mas terá acumulado irregular. Enquanto o Sul do Estado receberá menos de 20mm, choverá até 40mm no Litoral Norte do Estado. A maior parte da precipitação acontecerá na quarta-feira (dia 2) com a passagem de um sistema de baixa pressão pelo Estado.

No sábado (5), uma massa de ar frio deixará a temperatura mais baixa, com mínima em torno dos 10°C em Bagé. Além disso, na semana que vem, a chuva não irá parar, mas enfraquecerá com acumulado inferior aos 20mm na maior parte do Estado.

Mapa
Mapas meteorológicos para a Região Sul – Foto: Reprodução/Somar

 

CONFIRA PREVISÃO PARA REGIÕES ARROZEIRAS

Fronteira Oeste

Semana com chuva nesta segunda (30) e entre a quarta (2) e sexta-feira (4) na Região Central. O acumulado oscila em torno dos 35mm, sendo 20mm acontecendo entre a noite de quarta e madrugada de quinta-feira (3), período em que também há previsão de vendaval e eventual queda de granizo. Boa parte da terça (1º), quarta, quinta e sábado (5) serão ensolarados, já que a chuva de meados da semana acontecerá à noite em sua maior parte. Na sexta-feira, atenção ao vento minuano com rajadas de até 50km/h. A temperatura mínima chegará aos 13°C no sábado. Já a sexta-feira terá a tarde mais quente com 31°C.

Campanha

Semana com chuva apenas entre a noite de quarta (2) e madrugada de quinta-feira (3), com acumulado em torno dos 5mm na região de Dom Pedrito. O vento sopra de sudeste com rajadas em torno dos 35km/h nesta segunda (39) e de mais de 45km/h na sexta-feira (4). De uma forma geral, a semana será nublada. A menor mínima chegará aos 10°C em Bagé no sábado (5). Na quinta-feira, mesmo com a chuva, estimam-se 30°C em Dom Pedrito.

Central

Semana com chuva apenas entre a noite de quarta (2) e madrugada de quinta-feira (3), com acumulado em torno dos 5mm na região de Dom Pedrito. O vento sopra de Sudeste com rajadas em torno dos 35km/h nesta segunda (30) e de mais de 45km/h na sexta-feira (4). De uma forma geral, a semana será nublada. A menor mínima chegará aos 10°C em Bagé no sábado (5). Na quinta-feira, mesmo com a chuva, estimam-se 30°C em Dom Pedrito.

Planície Costeira Interna

Tempo nublado e úmido na Planície Costeira Interna durante toda a semana. Boa parte dos 25mm previstos no Litoral Norte acontecerão entre a quinta (3) e sexta-feira (4), período em que também há previsão de vendaval e eventual queda de granizo. As rajadas de vento do quadrante sul alcançarão 45km/h no decorrer da sexta-feira. A maior temperatura máxima alcançará 30°C na sexta-feira. No sábado (5), a mínima cairá para 13°C.

Planície Costeira Externa

Tempo nublado e úmido na Planície Costeira Externa durante toda a semana. Boa parte dos 25mm previstos no Litoral Norte acontecerão entre a quarta (2) e quinta-feira (3), período em que também há previsão de vendaval e eventual queda de granizo. A formação de um ciclone extratropical na Costa do Rio Grande do Sul irá gerar rajadas de vento de Sul na casa dos 65km/h. A maior temperatura máxima alcançará 26°C na sexta-feira (4). No sábado (5), a mínima cairá para 17°C.

Zona Sul

Semana com pouca chuva na Zona Sul do Rio Grande do Sul. No Extremo Sul do Estado, estimam-se menos de 5mm. A sexta-feira (4) será o dia mais úmido e ventoso pela presença de um ciclone extratropical na Costa do Estado. O vento de sul passará dos 55km/h. A maior temperatura da semana será observada na quinta-feira (3) com 28°C. Na madrugada do sábado (5), a mínima chegará aos 11°C.

POR SOMAR METEOROLOGIA

Continue lendo

Eleições 2020

Rio Grande do Sul define prefeitos eleitos e reeleitos

Com maior rapidez e sem os problemas do primeiro turno que atrasaram a apuração, o segundo turno das Eleições Municipais teve a maioria dos resultados anunciados antes das 19h no Rio Grande do Sul. Na região, Jorge Pozzobom (PSDB) garantiu a reeleição com tranquilidade em Santa Maria, com mais de 18 mil votos de diferença para Sérgio Cechin, do PP.

 
O resultado foi mais folgado do que sua primeira eleição, que foi decidida por pouco mais de 600 votos. Pozzobom terá como vice o empresário Rodrigo Décimo, do PSL e teve o apoio do Democratas, PTB, Podemos e PTC. 
 
Em Porto Alegre, Sebastião Melo, do MDB, venceu Manuela D’Ávila, com quase 100% das urnas apuradas até as 19h10. O candidato, atualmente deputado estadual, conseguiu chegar à Prefeitura de Porto Alegre quatro anos após perder para Nelson Marchezan, do PSDB e terá como vice, Ricardo Gomes, do DEM. A coligação tem ainda o Cidadania, Solidariedade, Democracia Cristã (antigo PSDC), PRTB e PTC. 
 
A primeira cidade a decidir a eleição foi Canoas e com uma virada. O ex-prefeito Jairo Jorge, do PSD, chegou ao terceiro mandato após virar no meio da apuração a desvantagem inicial para o atual prefeito, Luiz Carlos Busato (PTB) e venceu a disputa na cidade. Ele terá como vice, Dr. Nedy e tem o apoio dos partidos Solidariedade, Avante, PV, PSB, Podemos e Patriota. 
 
Outra virada ocorreu em Caxias do Sul, onde o vereador Adiló Didomenico, do PSDB, após perder no primeiro turno, venceu ao ex-prefeito e deputado Pepe Vargas, do PT e conquistou o primeiro mandato na Prefeitura caxiense. Adiló tem como vice Paula Ioris e teve o apoio do PTB, PSC, PSDB, Solidariedade e PROS.
 
Finalizando, Pelotas reelegeu a atual prefeita, Paula Mascarenhas, do PSDB, que por pouco não definiu tudo no primeiro turno. Ela venceu a Ivan Duarte, do PT, que foi para o pleito após sucessivas candidaturas dos Marroni. A eleição em Pelotas teve um racha no PP, que iria apoiar Paula – inclusive já tendo indicado o vice, que seria Roger Ney – mas após decisão judicial, o partido foi com o ex-prefeito Adolfo Fetter Júnior, que acabou encerrando melancolicamente sua carreira. Ela manteve o atual vice, Idemar Barz (PTB) e teve o apoio ainda do DC, PSL, PTB, PL, Solidariedade, PSD e Republicanos.
 
Confira os resultados eleitorais no RS:
 
SANTA MARIA
Jorge Pozzobom (PSDB) – 57,29% (71.927 votos)
Sérgio Cechin (PP) – 42,71% (53.616 votos)
POZZOBOM REELEITO
 
PORTO ALEGRE
Sebastião Melo (MDB) – 54,63% (370.550 votos)
Manuela D’Ávila (PC do B) – 45,37% (307.445 votos)
MELO ELEITO
 
CAXIAS DO SUL
Adiló DiDomenico (PSDB) – 59,57% (136.590 votos)
Pepe Vargas (PT) – 40,43% (92.707 votos)
ADILÓ ELEITO
 
PELOTAS
Paula Mascarenhas (PSDB) – 68,70% (105.206 votos)
Ivan Duarte (PT) – 31,30% (47.941 votos)
PAULA REELEITA
 
CANOAS
Jairo Jorge (PSD) – 53,06% (82.137 votos)
Luiz Carlos Busato (PTB) – 46,94% (72.649 votos)
JAIRO JORGE ELEITO
 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 

Data: 29/11/2020 19h33
Continue lendo

Manchete

Temporal intenso chega à Fronteira no final da tarde

Na primeira imagem é em Uruguaiana o segundo vídeo é de um internauta em Artigas, no Uruguai, fronteira com a cidade de Quarai no Brasil.

A MetSul Meteorologia alerta que uma linha de tempestades vai cruzar pelo Rio Grande do Sul entre a noite deste sábado (28) e o começo do domingo (29), trazendo chuva que será localmente forte a intensa e temporais com raios, granizo isolado e possibilidade de fortes rajadas de vento em alguns pontos.

A Defesa Civil informa que choveu granizo e vento forte em Uruguaiana, deixando vários pontos de alagamentos e algumas árvores caídas, sem danos humanos informados até o momento.

As imagens de radar meteorológico do final da tarde deste sábado mostravam intensas áreas de instabilidade ingressando pelo Oeste, na região de Uruguaiana, Barra do Quaraí e Quaraí, com potencial de chuva volumosa e temporais de vento e granizo.

Ao mesmo tempo outras áreas de instabilidade avançavam pelo Uruguai, o que levou o serviço meteorológico do país vizinho a emitir um alerta laranja de tempestades para quase toda a área de fronteira com o Rio Grande do Sul.

 

O avanço da instabilidade pelo Rio Grande do Sul na noite deste sábado e no começo do domingo vai se dar em uma atmosfera quente e úmida sob influência de ar tropical, logo muito instável, e que deve favorecer a ocorrência de temporais localizados, especialmente de granizo.

Por isso, a MetSul adverte para condições favoráveis ao registro de tempo severo na passagem desta linha de instabilidade. A tendência é que alcance locais mais ao Norte e o Nordeste do Estado como a Serra e a Grande Porto Alegre apenas no começo do domingo, em horas da madrugada.

A MetSul enfatiza que a chuva na passagem desta linha de instabilidade vai variar demais de um ponto para outro. Pode chover muito em um ponto e pouco em outro dentro de uma mesma região. São possíveis episódios localizados de chuva intensa e volumosa em curto período, de 30 mm a 50 mm em apenas uma hora, o que traz a possibilidade de ocorrência de alagamentos.

O mapa acima mostra a projeção de chuva do modelo WRF até 9h de domingo em que se observa a tendência de a chuva variar enormemente de um ponto para outro com áreas em verde (pouca chuva) distantes poucos quilômetros de áreas em vermelho e marrom (de muito chuva). O modelo WRF está disponível ao assinante na seção de mapas com duas atualizações diárias e tendências de chuva hora a hora para até três dias.

 

Anúncios

 

 
Continue lendo

Popular