Contato

Em Campo

Associaçao dos Arrozeiros se afasta da greve dos caminhoneiros

Apos o apoio imediato aos caminhoneiros, pela paralisaçao nacional, no inicio da madrugada desta quarta-feira, a Associaçao dos Arrozeiros de Alegrete tirou uma nota oficializando sua retirada da mobilizaçao. A mudança de rumo do movimento e o atendimento das reivindicaçoes foram os principais motivos. Leia abaixo.

NOTA DA ASSOCIAÇÃO DOS ARROZEIROS DE ALEGRETE

A Associação dos Arrozeiros de Alegrete vem a público para expor o seu posicionamento atual em relação ao apoio ao movimento dos caminhoneiros.

Tendo em vista que:

– Os pedidos inicias dos manifestantes foram atendidos pelo governo federal (como congelamento do preço do diesel, agora isento de Cide e PIS/Cofins, tabelamento dos preços dos fretes e isenção de cobrança de pedágio para eixos suspensos em rodovias estaduais e federais);

– Consideramos que os efeitos negativos da paralisação começam a prejudicar diversos setores produtivos que já se encontram em dificuldades dada a falta de renda pelos elevados custos de produção e preços de venda não remuneradores e que com as dificuldades logísticas impostas pela mobilização estão trazendo mais prejuízos do que benefícios;

– No setor arrozeiro, não está sendo faturado arroz e tampouco se está conseguindo encaminhar as exportações, importantíssimas para o enxugamento do mercado interno;

– A entidade também discorda do viés político que começa a infiltrar-se no movimento. Estamos muito próximos de eleições democráticas em que o povo deve ir às urnas e fazer sua parte para limpar o nosso país da corrupção que tem dilapidado nossos recursos e capacidade de investimento para gerar emprego e renda nos municípios.

Dado o exposto, a entidade não tem qualquer restrição a que seus associados, de forma independente e democrática, continuem a manifestar seu apoio, e deixa aqui a sugestão de uma mobilização própria, da categoria orizícola, que atenda os nossos pleitos, tendo por início uma audiência pública na Assembleia Legislativa com o objetivo de tratar os interesses referentes à tributação e viabilização do escoamento do arroz para exportação com melhores condições portuárias para tal.

Fátima Marchezan
Presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Em Campo

Exposição Agropecuária será reformulada para se adequar à pandemia

O presidente do Sindicato Rural de Alegrete, Luiz Plastina Gomes e demais diretores vem trabalhando numa formatação alternativa para a realização da 78ª edição da Exposição Agropecuária de Alegrete.

O evento tradicional, que sempre ocorre na metade do mês de outubro, tem fomentado reuniões semanais, reunindo produtores e expositores que deverão participar da feira.

O objetivo é planejar um formato reduzido do evento e que se adeque às exigências sanitárias e epidemiológicas em virtude da pandemia do Coronavírus.

A diretoria do Sindicato está dando prosseguimento à programação de remates que ocorrerá em outubro, no Parque Dr. Lauro Dornelles.

O objetivo é de que pelo menos aconteça a comercialização de animais através de leilões.

#SindicatoRural #ExpofeiraDeAlegrete #remates #leilões #genetica #pecuaria #somostodosagro #agro

Continue lendo

Em Campo

Geada marca o amanhecer em Alegrete

Cenas de campos brancos encobertos pela fina camada de gelo dão o tom desta quinta-feira no município.

O mês de agosto está chegando e julho foi um mês com todos os climas do ano. Chuva, calor, temperaturas negativas e até dias de brisa e temperatura na casa dos 20 graus centígrados.

As imagens desta manhã gelada com temperatura de zero grau são de Sérgio Dornelles.

Continue lendo

Em Campo

Gafanhotos se aproximam da fronteira do Brasil

A nuvem de gafanhotos que está na província de Corrientes, Argentina, pode chegar na próxima quarta-feira ao Rio Grande do Sul, segundo técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do estado.

O movimento migratório dos insetos foi impulsionado pela onda de calor que atingiu a região no último fim de semana.

Até a manhã de hoje, estimava-se que a nuvem esteja a 120 km ou 130 km da fronteira brasileira, do município gaúcho de Barra do Quaraí.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular