Contato

Cidade

Vistoria para ver situação do anexo reformado do Presídio Regional

 

13735430_1087139741321656_745813144_n

Judiciário, Ministério Público e Susepe visitaram o Presídio Regional de Alegrete na tarde desta quarta-feira, a fim de vistoriar as obras de reforma da ala do semi aberto, que foi incendiada no ano passado. A obra servirá para abrigar cerca de 50 presos, que devem dormir no Presídio.

Na semana passada os agentes penitenciários denunciaram que estão com falta de pessoal para atender mais 50 presos uma vez que a o presídio já tem cerca de 160 internos, sendo que a capacidade é para 82. Há um impasse, e a Delegada Regional da Susepe Eloézia Saldanha Brasil, se reunião com a direção do presídio local e se comprometeu de conseguir reforço. O anexo não será ocupado ainda, até que se defina a situação do contingente dos Agentes Penitenciários. Participaram da visita ao local o Coronel da reserva e eng. Civil Miguel Pedroso, Diego Teixeira Delabarí, Juiz da Vara Criminal e Rafaela Hias Huego, Promotora de Justiça Criminal.

foto: Dariano Morais

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Conselho Tutelar mantém atendimentos na pandemia

O trabalho do Conselho Tutelar de Alegrete não foi paralisado por causa da pandemia do coronavírus. Mesmo com a bandeira preta, o trabalho da instituição está sendo realizado das 7h30 às 13h30 de forma presencial, feito com agendamento e o atendimento é 24 horas, através do telefone dos conselheiros tutelares. O atendimento presencialmente ocorre na rua Demétrio Ribeiro, 57. “Se o caso for grave, a pessoa pode procurar a unidade imediatamente, mas se não for algo urgente, pode ligar e marcar horário para o atendimento”, informa a conselheira tutelar Celanira Bueno.

Segundo a conselheira tutelar, o trabalho da instituição e dos conselheiros está sendo ainda mais intenso durante a pandemia para resguardar as crianças e adolescentes que já passaram por situações de abuso.

A secretária de Promoção e Desenvolvimento Social, Iara Caferati, ressalta que as pessoas devem procurar o conselho tutelar em casos de violência física e psicológica, abuso sexual, exploração sexual, entre outras situações envolvendo crianças e adolescentes. “A gente sabe que a suspensão das aulas presenciais e a diminuição das idas aos hospitais pode impactar no número de denúncias. Sabemos que tem muitas crianças e adolescentes sofrendo e o Conselho Tutelar de Alegrete faz um grande trabalho e está à disposição”, ressalta.

O conselheiros tutelares trabalham em regime de plantão nos finais de semana pelos telefones: 984491346 (Celanira), 984491344 (Emir), 984491348 (Márcia), 984491347 (Luis Carlos) e 984491345 (Giovana). A moradia transitória também trabalhará em regime de plantão e o Plantão Social atenderá pelo telefone 991484037.

Confira os plantões:
06/03 e 07/03 – Daniela e Márcia
13/03 e 14/03 – Celanira e Emir
20/03 e 21/03 – Daniela e Luiz Carlos
27/03 e 28/03 – Márcia e Celanira

Continue lendo

Cidade

Procon realiza comparativa pesquisa sobre preços da cesta básica

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, através do Procon, realizou uma Pesquisa de Preços da Cesta Básica referente ao mês de fevereiro de 2021. O Procon realizou a pesquisa em 15 estabelecimentos de Alegrete, nos quais foram analisados os preços dos 33 principais itens da cesta básica.

Na pesquisa de fevereiro foi feita uma comparação com a pesquisa realizada em dezembro de 2020 para verificar a diferença de preços entre elas. O maior preço total da cesta básica encontrado em dezembro foi de R$213,35, já no mês de fevereiro foi de R$ 220,97. O menor preço total da cesta básica encontrado em dezembro e também em fevereiro foi de R$ 168,12, ou seja, este permaneceu estável. O preço médio da cesta básica de dezembro foi de R$195,78 e em fevereiro ficou em R$ 194,93.

O Procon destaca que a pesquisa prioriza o menor preço e não leva em consideração critérios como marca e qualidade dos produtos. A pesquisa completa será publicada no site da Prefeitura de Alegrete.

Continue lendo

Cidade

Prefeitura desmente outro fake news

A Prefeitura de Alegrete informa que não realiza contratações em grupos de redes sociais. Estão circulando por diversos grupos do Facebook anúncios como se fossem realizados pela Prefeitura, divulgando contratações para diversas vagas, essa informação não procede e não parte da Prefeitura de Alegrete. De modo que toda e qualquer contratação realizada pela Prefeitura é regida por editais específicos de seleção e informada pelos órgãos oficiais do município.

Continue lendo

Popular