Contato

Corona Vírus

RS será um dos estados priorizados em próximo lote de vacinas

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira que irá distribuir dentro de 48 horas mais 4 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford, produzida pela Fiocruz. A remessa, conforme a pasta, visa priorizar a população de regiões da fronteira do Brasil, o que fará com que o Rio Grande do Sul receba doses a mais, que totalizarão 310,5 mil. Conforme a secretária de Saúde, Arita Bergmann, a pasta federal comunicou a determinação nacional de vacinar 100% dos habitantes de cidades fronteiriças no país. “Essa informação recebemos hoje. A orientação no país é imunizar toda a população das fronteiras com Uruguai e Argentina. Aplicar, pelo menos, a primeira dose para evitar a entrada da variante Delta”, explicou em coletiva na tarde desta quarta-feira. 

Além do RS, Mato Grosso, Paraná e Rondônia serão beneficiados, pois – justificou o Ministério – esses estados contemplam 50% da população fronteiriça. Consultada, a Secretaria Estadual da Saúde disse que ainda não há data para chegada deste lote e confirmou que, na distriuição, cidades fronteiriças serão priorizadas. 

Ao todo, serão distribuídas 4.006.500 vacinas. Das 310,5 mil enviadas ao RS, 123.069 deverão ser aplicadas em população de fronteira. O Ministério também encaminhará ao RS quase 280 mil seringas. 

A Fiocruz havia entregado 4 milhões de doses na última sexta-feira Até esta quinta-feira, o Ministério da Saúde irá receber mais de 1,9 milhões de vacinas a serem distribuídas. Nesta quarta e quinta, o Instituto Butantan irá entregar 1 milhão de doses da Coronavac, e, na noite desta quarta, é esperado um carregamento de 924 mil doses da Pfizer, segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria.  

Mais da metade da população gaúcha já iniciou vacinação

Nesta quarta, o RS ultrapassou os 50% da população residente com pelo menos uma dose de vacina anticovid recebida. O público que já completou o ciclo de imunização corresponde a 20% dos moradores do Estado.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Corona Vírus

Região recebe aviso do Gabinete de crise

O Gabinete de Crise decidiu voltar a emitir 17 Avisos às regiões Covid, na tarde desta quarta-feira (4), acatando recomendação do Grupo de Trabalho Saúde. O aviso é o primeiro passo do Sistema 3As de Monitoramento, com o qual o governo do Estado gerencia a pandemia no Rio Grande do Sul. A reunião foi coordenada pelo vice-governador Ranolfo Vieira Júnior.

Os novos Avisos decorrem da constatação de que houve um aumento de novas hospitalizações, identificadas pelo sistema Sivep Gripe. Das 21 regiões Covid, apenas Capão da Canoa, Novo Hamburgo, Santa Rosa e Taquara não receberam nenhuma notificação do Estado.

No acumulado da semana, o Rio Grande do Sul registrou um aumento de 102,7% no número de hospitalizações. Em 24 de julho, o Estado apresentava 7,3 novas hospitalizações acumuladas em 7 dias para cada 100 mil habitantes, e na terça-feira (3) esse número estava em 14,8. As quatro regiões que não receberam nem Avisos nem Alertas foram as únicas sem aumento no número de novas internações.

Na mesma reunião, o Gabinete de Crise deliberou sobre a capacidade de ocupação nos transportes coletivo e rodoviário. Para o coletivo (municipal, metropolitano, comum, ferroviário e aquaviário), a ocupação máxima passou de 60% para 90%. Já para o transporte rodoviário (fretado, metropolitano executivo, intermunicipal e interestadual) a lotação passou de 75% para 100%. A mudança requer o respeito aos protocolos obrigatórios, como uso de máscara e ventilação para a renovação do ar.

O grupo também aprofundou a discussão a respeito de um parecer favorável da semana passada, quanto à redução da distância em sala de aula para 1 metro entre pessoas, desde que respeitados e reforçados os demais protocolos sanitários. Essa mudança vai implicar em alterações de portarias e decretos, o que deve acontecer nos próximos dias. O novo distanciamento entre alunos só será possível depois da publicação dessas alterações.

Sobre as solicitações de alteração nos protocolos de eventos, o Gabinete de Crise seguirá monitorando os indicadores de internações, para que as mudanças aconteçam em momento oportuno e com segurança para trabalhadores e população em geral.

Continue lendo

Corona Vírus

Dobrou o número de novos casos nesta segunda-feira

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Nesta quarta-feira (04) foram registrados 07 casos positivos, 03 mulheres e 04 homens, entre 06 e 49 anos. Também foram registrados 02 recuperados. Hoje, até a publicação do boletim, não foram registrados óbitos.

Não há pacientes na UTI Covid. No Hospital de Campanha há 02 pacientes, 02 aguardando resultado. A UTI Covid possui 15 leitos, dessa forma há 15 leitos disponíveis. No Hospital de Campanha há 28 leitos disponíveis. Na UTI Não-Covid há 08 internados, 03 confirmados que já passaram do período de transmissão.

Atualmente são 11.893 casos confirmados, com 11.563 recuperados, 40 ativos (38 estão ativos em isolamento domiciliar e 02 hospitalizado positivo de Alegrete) e 290 óbitos.

Foram realizados 37.679 testes, sendo 25.746 negativos, 11.893 positivos e 17 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 82 pessoas.

Continue lendo

Corona Vírus

Vacinação contra a Covid-19 para 32 anos ou mais

Amanhã, a partir das 8h30, tem vacinação contra a Covid-19 para a galera de 32 anos ou mais e também para gestantes. Em todas as unidades de saúde com sala de vacinação. As segundas doses serão aplicadas no turno da tarde. Bora trazer o braço!

Continue lendo

Popular