Contato

Política

Santa Casa recebe indicação de emenda para ações de custeio via FES

Hoje na Administração da Sta Casa, recebemos a indicação de emenda do Dep. Federal Daniel Trzeciak (Daniel da Tv) no valor de Cr$ 300.000,00, para ações de custeio, via FES.
Presentes Dr. João Alberto, Diretor Geral, Sra. Tailise Lemes, Administradora,Dra. Marilene Diretora Clinica,Sra. Andreia Carneiro, Presidente do PSDB,representando o Dep. Daniel. e Carlos Mello Diretor de Imagem.

 

 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Política

Com mais oito vôos, RS passa a ser o Estado mais conectado por rotas regionais

Às 9h desta segunda-feira (02), o Cessna Grand Caravan, Azul Conecta, com os nove assentos ocupados, decolou de Porto Alegre com destino a Bagé, tornando o Rio Grande do Sul o Estado mais conectado por rotas regionais do país. A partir dessa estréia, a companhia aérea inicia voos da capital também para Alegrete, Canela, Erechim, São Borja, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul e Vacaria.

A solenidade de início dos oito novos destinos ocorreu no saguão do aeroporto Salgado Filho, com a presença do governador Eduardo Leite, do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, do presidente da Frente Parlamentar da Aviação Regional, Frederico Antunes, secretários, deputados e representantes da Azul e da concessionária Fraport.

“Ser o Estado do Brasil mais conectado por voos entre as suas cidades é fruto de um trabalho intenso de governo para encontrar a melhor forma de incentivo à aviação sem impactar nas contas públicas, de muito diálogo e convergência com os deputados e, acima de tudo, de uma relação construída com base em confiança e parceria com a iniciativa privada, especialmente com a Azul. Quando todos puxam na mesma direção, ganhamos velocidade para chegarmos a momentos como esse de hoje. Estamos acelerando o crescimento do Rio Grande do Sul no pós-pandemia e levando desenvolvimento a todas as regiões do nosso Estado”, destacou o governador.

Canela contará com um voo diário para Porto Alegre, enquanto Bagé, Erechim, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa e São Borja receberão três operações semanais. Neste início das ligações com a capital gaúcha, Vacaria e Alegrete – que substituirá as operações inicialmente anunciadas para Santana do Livramento – terão a opção do modal aéreo três vezes por semana.

Antes de embarcar no voo inaugural para Bagé, o presidente da Frente Parlamentar da Aviação Regional, deputado estadual Frederico Antunes, falou da importância que as conexões regionais têm para o interior gaúcho. “É a concretização de um sonho, resultado de um trabalho conjunto da Frente Parlamentar da Aviação. Com esse anúncio, o Rio Grande do Sul passará a contar com 15 destinos servidos pela Azul Linhas Aéreas. Nunca na história da aviação em nosso Estado tivemos tantos destinos atendidos de uma vez só”, disse Antunes, que viajou junto com o secretário de Turismo, Ronaldo Santini. A inclusão das novas operações fará com que a Azul tenha, em média, 54 decolagens diárias a partir do Estado, sendo 12 delas realizadas pela Azul Conecta, empresa sub-regional da Azul.

“Com os novos voos, o Rio Grande do Sul passa a ter 15 destinos atendidos pela companhia, número recorde e sem precedentes na história do Estado há pelo menos 60 anos. Esse número representa um marco para o Estado e para a companhia. A Azul tem como um de seus propósitos conectar todos os cantos do Brasil e ajudar no desenvolvimento do turismo e da economia. Esses novos destinos darão mais comodidade e oportunidade aos gaúchos que querem se conectar, explorando destinos nacionais e também internacionais”, disse o diretor de Relações Institucionais da Azul, Marcelo Bento Ribeiro.

Antes mesmo da operação dessas oito novas bases, a Azul já liderava em número de voos regulares no Rio Grande do Sul. A companhia manteve, mesmo durante a pandemia, as suas operações em Porto Alegre e, em dezembro de 2020, reiniciou os voos em Pelotas e Santa Maria. Em fevereiro deste ano, foi a vez de Uruguaiana, Santo Ângelo e Caxias do Sul voltarem a receber aeronaves da empresa.

PORTO ALEGRE TERÁ VOOS PARA NOVAS CIDADES

A partir de outubro, a capital gaúcha também terá cinco novos destinos para fora do Estado operados pela Azul: Maringá e Londrina (Paraná), Uberlândia (Minas Gerais), São José do Rio Preto e Ribeirão Preto (São Paulo). O anúncio foi oficializado durante a solenidade nesta segunda-feira.

Maringá e Londrina, dois importantes polos econômicos regionais situados no noroeste do Paraná, serão servidas pelas aeronaves ATR 72-600 de 70 lugares, com três voos semanais. Para Uberlândia, haverá duas conexões semanais a bordo dos jatos Embraer 195 E1, com 118 assentos.

Para São José do Rio Preto, no extremo oeste paulista, também estão programados dois voos semanais com as aeronaves A320neo e 195 E2 da Embraer, com capacidade para 174 e 136 lugares, respectivamente. Ribeirão Preto, por sua vez, também no interior de São Paulo, terá duas frequências por semana a partir de Porto Alegre, com os jatos E1 da Embraer, para até 118 clientes.

Continue lendo

Política

Decreto estende em 1h a abertura de bares, lancherias e restaurantes

O PREFEITO MUNICIPAL, no uso de sua atribuição, que lhe confere o Art. 101, IV, da Lei Orgânica do Município,
DECRETA:
   Art. 1º Altera o Art. 3º do Decreto nº 320/2021, que passa ter a seguinte redação:

   Art. 3º Fica vedada a abertura para atendimento ao público bem como de permanência de clientes nos recintos ou nas áreas internas ou externas de circulação ou de espera de todo e qualquer estabelecimento durante o horário compreendido entre as 23:00h as 06:00h, com tolerância para dispersão de clientes até as 00:00h, excetuando-se apenas os considerados essenciais conforme o Artigo 17, inciso I, do Decreto Estadual nº 55.882/2021.

Continue lendo

Política

Minístro Tarcísio Gomes recebe medalha do Mérito Farroupilha

“Temos que trabalhar muito para que o Brasil realize a sua vocação de ser grande”, diz ministro Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutua

“Desempenho e exemplo, estes são os princípios que justificam esta homenagem”. A afirmação é do deputado estadual Tenente-Coronel Zucco na cerimônia de outorga da Medalha do Mérito Farroupilha ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, esta manhã (9/7) no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa. A distinção também foi subscrita pelo deputado Ernani Polo.
Zucco destacou o desempenho do homenageado à frente do ministério, com ênfase para as obras executadas no RS. “As missões mais difíceis são delegadas aos homens mais preparados”, afirmou o parlamentar, acrescentando que o Brasil “precisa de gente assim, que sirva o país, ao invés de servir-se do país”.
O deputado – que é amigo e foi colega da Academia Militar das Agulhas Negras do ministro – lembrou o grande volume de obras realizadas que orgulha os brasileiros e que acabou com os desvios, corrupção, além do conjunto de obras inacabadas que geraram grandes prejuízos. “O nosso homenageado enfrentou tudo isso porque se caracteriza por dedicação, foco, retidão e desempenho”, afirmou.


Ao agradecer a homenagem, o ministro disse que não bastam somente obras para modernizar a infraestrutura do país. “Estamos investindo forte em tecnologia da informação e na redução da burocracia”, advertiu. Tarcísio Gomes de Freitas falou do aprendizado na passagem por diversos órgãos públicos e de sua identificação com o Estado. “O RS se destaca pelas empresas de excelência e pela gente trabalhadora. Por isso, precisamos investir pesado em infraestrutura”, explicou.
O ministro destacou também conjunto de obras realizadas no Estado, como a privatização do Aeroporto Salgado Filho e de outros aeródromos do Interior, além de duplicações e concessões de terminais portuários e da malha ferroviária, além de projetar novas melhorias. No encerramento, Tarcísio Gomes de Freitas disse que encara a outorga da Medalha do Mérito Farroupilha como uma nota promissória. “Saio daqui como devedor, ainda mais motivado para continuar trabalhando com entusiasmo e dedicação porque o Brasil tem vocação para ser grande”, finalizou.

Continue lendo

Popular