Contato

Manchete

Junta Comercial prorroga por mais 60 dias a suspensão temporária das taxas de abertura de empresas

A presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul – JucisRS -, Lauren de Vargas Momback, anunciou na manhã desta segunda-feira (25),  que irá suspender temporariamente por mais 60 dias a cobrança dos serviços para abertura de empresas a contar do dia 24/1 até 24/3/2021.

A decisão foi tomada conforme Resolução aprovada na  Sessão Plenária  desta segunda-feira (25) pelo Colégio de Vogais. Com esta medida, a ideia é beneficiar milhares de micro e pequenos empreendedores do RS.
Segundo Lauren, a prorrogação da isenção das taxas para abertura de empresas têm como objetivo incentivar o empreendedor a abrir seu próprio  negócio.

Ela destaca que o órgão de registro está aliado ao compromisso do governo estadual em  contribuir para o crescimento da economia do nosso estado.
A iniciativa, segundo Lauren, irá fazer com que mais empreendedores tenham a possibilidade de saírem da informalidade, gerando empregos e renda.

Ela lembra que desde o início da Pandemia da Covid-19, o número de abertura de empresas no RS teve um aumento de 5,1%. Em 2020, foram constituídas 196,3 mil empresas, em 2019, foram 186,7 mil.  “Acreditamos que com a prorrogação de mais 60 dias, teremos um percentual maior de novas empresas no RS”.  

Uma das  metas da Junta Comercial, segundo Lauren, é promover ações que auxiliem os micro e pequenos empreendedores a enfrentar a crise provocada pela Pandemia, finaliza.

Conforme Resolução estão suspensas as taxas de abertura de empresas para as seguintes naturezas jurídicas:
• Limitada (Ltda.)
• Empresário Individual por Responsabilidade Limitada (Eireli)
• Empresário Individual (EI)
• Sociedade Cooperativa

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Funcionário do Supermercado Peruzzo Barros Cassal tem bicicleta roubada e colega presenteia com outra

O que hoje em dia o que  mais se vê  são noticias  ruins pois dão a famosa visualização, mas hoje vamos amenizar e contar uma coisa boa, um ato de compaixão e mostrar que isso sim pode ser compartilhado por muitas pessoas.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa

Um funcionário do supermercados Peruzzo unidade Barros Cassal teve sua bicicleta a motor  roubada, meio de locomoção para trabalhar, ficou muito triste pois tudo que conseguiu é com mérito de seu esforço.  Mas foi surpreendido pelo seu colega Felipe Ferreira que é cartazista no supermercado.

Nenhuma descrição de foto disponível.  Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhuma descrição de foto disponível.   Nenhuma descrição de foto disponível.

Felipe é um daqueles cara que esta sempre de bem com a vida e sempre ajudando os colegas, com ele não tem tempo ruim todos os colegas admiram como pessoa e colega e tem o dom de fazer trabalhos temáticos de saltar os olhos,  a cada data comemorativa ele se sobressai com sua arte , com apenas papel , cola, tesoura , tinta  e uma criatividade daquelas, ele abrilhanta o seu ambiente de trabalho com uma excelente arte.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Mas a arte maior que fez, esta não tem preço que pague, doou uma bicicleta para seu colega que estava sem meio de transporte para ir para casa, ele sabe que não irá substituir a que foi roubada pois era a motor, mas o gesto de seu colega emocionou ele e seus colegas do supermercado pois nos dias de hoje precisamos nos colocar no lugar do outro e se pudermos fazer algo para mudar temos que fazer, o luiz Miguel que esta a um ano na empresa ficou sem palavras para agradecer a Felipe  pelo ato,  Luiz ainda tem esperança de encontrar sua bicicleta a motor pois era seu xodó, mas que o presente vai quebrar um baita galho vai .

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

(Felipe Ferreira)

Fotos : Rede social de Felipe Ferreira

Continue lendo

Manchete

Governo anuncia ajustes nos protocolos de bandeira preta; veja o que muda

Pela primeira vez, todo o Rio Grande do Sul foi classificado em bandeira preta e, a partir deste sábado (27/2), todas as 21 regiões Covid terão de obedecer aos protocolos determinados pelo Estado – pois a cogestão regional foi suspensa pelo menos até o dia 7 de março devido ao agravamento da pandemia.

A partir de demandas de setores e entidades, o governo anunciou alguns ajustes nos protocolos de bandeira preta. O novo decreto foi publicado na noite desta sexta-feira (26/2), no Diário Oficial do Estado, com vigência das bandeiras e das medidas a partir deste sábado (27) até o domingo seguinte (7/3).

O QUE MUDA

Comércio não essencial
A partir do decreto, o comércio varejista e atacadista não essencial permite tele-entrega e teleatendimento, com presença de um trabalhador, com máscara, para cada 8m² de área de circulação. O atendimento na porta fica proibido.
O comércio essencial pode funcionar com atendimento ao público até as 20h, quando deve fechar para atender a suspensão geral e temporária de atividades, que vigora pelo menos até as 5h do dia 2 de março.

Praias
A permanência na faixa de areia das praias segue proibida na bandeira preta, como forma de evitar a aglomeração de pessoas. É permitido circular (para praticar exercícios, por exemplo), desde que levando em consideração o distanciamento interpessoal mínimo de 1 metro e uso obrigatório e correto de máscara. O mesmo vale para ruas, calçadas, praças, mar, lagoa, rio e similares. 
O decreto publicado nesta sexta-feira (26/2) deixa claro a permissão para o banho de mar (sem permanência prolongada) e a prática de esportes aquáticos individuais.

Construção civil
Obras de construção de edifícios, infraestrutura e serviços de construção podem operar com 75% dos trabalhadores. No decreto anterior, as obras só poderiam ocorrer quando fossem relacionadas à pandemia (por exemplo, ampliação de alas hospitalares). Com isso, a restrição se equivale ao nível da bandeira vermelha.
O mesmo vale para reformas particulares em apartamentos ou casas. Serviços de manutenção e reparo também estão permitidos (por exemplo, conserto de elevadores).
Lojas de materiais de construção são consideradas serviço essencial e podem funcionar até as 20h, com atendimento presencial ou tele-entrega, pague e leve e drive-thru. Depois das 20h, somente por tele-entrega, enquanto vigorar o decreto de suspensão geral de atividades.

Competições esportivas
As partidas de futebol profissional só poderão ser realizadas após as 20h. Como já havia sido definido anteriormente, segue vedada a presença de público.
Outras competições esportivas terão de passar por avaliação e autorização prévia do Gabinete de Crise para serem realizadas.

Serviços domésticos
O novo decreto passa a permitir o trabalho de faxineiros, cozinheiros, motoristas, babás, jardineiros e similares, o que antes estava proibido na bandeira preta.
A partir de agora, os prestadores desses tipos de serviço doméstico poderão atuar, desde que respeitado o limite de até 50% de trabalhadores (sempre ao que exceder quatro funcionários, no mínimo), além do uso obrigatório da máscara pelos empregado(s) e empregador(es) durante a prestação do serviço, para proteção de ambos, além da necessária circulação de ar cruzada (janelas abertas).

Missas e cultos
Templos religiosos vão poder funcionar com limite de até 10% do teto de ocupação ou máximo de 30 pessoas.
Até então, na bandeira preta, missas e serviços religiosos não podiam ter atendimento ao público e comportar apenas 25% dos trabalhadores para captação de áudio e vídeo das celebrações.

• Clique aqui e acesse o Decreto 55.771, de 26 de fevereiro de 2021 (a partir da folha 8 do pdf)

Texto: Suzy Scarton e Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom

 

Continue lendo

Corona Vírus

Neste sábado foram registrados 54 casos positivos

Neste sábado (27) foram registrados 54 casos positivos, 27 mulheres e 27 homens, com idades entre 02 e 89 anos. Também foram registrados 35 recuperados.

Há 08 pacientes na UTI Covid e 18 no Hospital de Campanha, sendo 10 positivos e 08 aguardando resultado de exames.

Hoje foi registrado o óbito de uma mulher de 46 anos em decorrência de complicações da Covid-19.

Atualmente são 5.022 casos confirmados, com 4.305 recuperados, 652 ativos (634 estão ativos em isolamento domiciliar e 18 hospitalizados positivos de Alegrete) e 65 óbitos.

Foram realizados 19.901 testes, sendo 14.662 negativos, 5.022 positivos e 217 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 953 pessoas.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular