Contato

Manchete

MP e Exército se unem para restaurar celulares para alunos sem aparelhos

 

O Ministério Público de Santiago recebeu, na última segunda-feira, 28 de setembro, celulares restaurados e preparados pela 11ª Companhia de Comunicações Mecanizada, sediada no município, para que sejam reutilizados por alunos da rede pública de ensino em situação de vulnerabilidade durante a pandemia da Covid-19.

Em agosto, as promotoras de Justiça Marina da Silva Lameira e Silvia Inês Miron Jappe procuraram o Comando da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada a fim de buscar parceria para replicar o Projeto Alquimia II, criado pelo promotor de Osório Fernando Andrade Alves. Por meio do projeto, idealizado durante a pandemia do novo coronavírus, telefones celulares apreendidos não envolvidos em procedimentos criminais são restaurados e preparados para serem doados aos alunos da rede pública de ensino em situação de vulnerabilidade e sem equipamento para acesso às atividades escolares nas plataformas digitais.

Os aparelhos apreendidos no Presídio Estadual de Santiago foram destinados ao MPRS pela Polícia Civil e Justiça local. Dos 93 celulares recebidos, dos mais diversos tipos e modelos, 36 foram recuperados pela equipe chefiada pelo 1º Sargento Alessandro Lima Carvalhal, da 11ª Cia Com Mec.

O projeto Alquimia II, possibilita uma aplicação lícita para instrumentos de crimes, além de garantir a destinação adequada ao resíduo tecnológico, evitando o passivo ambiental.

“Compramos carregadores para os celulares e estamos apenas aguardando que cheguem para repassarmos aos alunos”, contam as promotoras.

A entrega dos aparelhos restaurados foi feita pelo comandante da 11ª Cia Com Mec, major Paulo Cordeiro Azeredo, e pelo capitão Clauto Souto da Silva, da Seção de Comunicação Social, para a promotora Silvia Jappe.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Hoje é dia de conferir as atrações da Cia do Carro

 

Continue lendo

Canal Em Questão

Facebook censura a live Página 2

Acompanhe o vídeo abaixo…e saiba mais…

Continue lendo

Cidade

Campanhas pretendem ajudar população em vulnerabilidade

A Prefeitura de Alegrete, através das Secretarias de Promoção e Desenvolvimento Social e da Secretária de Saúde, em parceria com a Câmara de Vereadores e a UABA lançam as campanhas “Unidos contra a fome”, “Vacinação solidária” e “Campanha do Agasalho 2021”, com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis, produtos de higiene pessoal e agasalhos para as famílias em situação de vulnerabilidade social do município.

A “Vacinação Solidária” é uma campanha que estimula as pessoas que forem receber a vacina contra Covid-19 a doarem um quilo de alimento não perecível, os pontos de coleta estarão em todas as UBSs com salas de vacina. Já a “Campanha do Agasalho 2021” e a campanha “Unidos contra a fome” terão pontos de coleta por toda a cidade.

“Essas campanhas são muito importantes para darmos um suporte extra às famílias mais vulneráveis nesse momento difícil. A pandemia agravou a situação de muitas pessoas, mas através da solidariedade dos alegretenses podemos amenizar um pouco essa situação. A Campanha do Agasalho por exemplo é uma ação que dá certo há muitos anos e fundamental na nossa cidade devido ao nosso clima frio”, ressaltou Iara Caferatti Gonçalves Fagundes.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular