Contato

Tecnologia

Número de mediações online na Defensoria Pública dobrou em julho, em comparação ao mês anterior

Porto Alegre (RS) – Desde o dia 20 de abril, a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) tem realizado sessões online de mediação familiar com o objetivo de resolver questões relacionadas à pensão alimentícia, guarda, divórcio, partilha de bens, entre outros, sem ingresso de ação na Justiça. O serviço é oferecido desde 2017 pela Câmara de Mediação Familiar, mas com a pandemia de covid-19 e o consequente distanciamento social, o formato online foi a solução encontrada para que as sessões continuassem ocorrendo. O modelo está funcionando tão bem que, de junho a julho, o número de sessões praticamente dobrou.

Em julho foram realizadas 143 sessões, enquanto que, no mês anterior, foram 77. O que explica o aumento, segundo a coordenadora da Câmara, defensora pública Patricia Pithan Pagnussatt Fan, foi a ampliação do número de salas virtuais, devido à grande procura por este serviço. “Estamos fazendo quatro ou cinco sessões por dia e antes fazíamos apenas uma. Para esse incremento dos números, contamos com a participação de escolas de mediação, faculdades e universidades conveniadas”, disse.

De acordo com Patricia, nas pesquisas de satisfação realizadas logo após as sessões de mediação, grande parte dos participantes relata que adorou o formato online, por ser eficiente e gerar economia no deslocamento das partes. Além disso, ela afirma que o fato de os assistidos estarem à vontade, em casa, deixa-os mais abertos a solucionar amigavelmente os problemas, o que gera uma mudança de mentalidade, ou seja, a cultura da paz. A agilidade e a inexistência de barreiras geográficas também são vantagens dessa modalidade, conforme Patricia.

Como procurar o serviço

Quem deseja mediar um conflito que esteja no âmbito do Direito das Famílias, como divórcio e guarda dos filhos, deve ligar para o Alô Defensoria (51 3225.0777), de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h, ou enviar email para [email protected]

POR CAMILA SCHÄFER – ASCOM DPE/RS

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Possível bug no Facebook troca miniatura de links por foto com sexo explícito

Usuários do Facebook estão relatando um suposto bug que causa a exibição de imagens pornográficas no feed. Segundo depoimentos publicados nas redes sociais nesta quinta-feira (27), fotos com sexo explícito estariam sendo exibidas na miniatura que acompanha o compartilhamentos de links provenientes de sites legítimos, incluindo veículos renomados da imprensa. Algumas pessoas também dizem ter visto o material impróprio em posts impulsionados, ou seja, cuja empresa responsável pagou pela veiculação. No entanto, o clique no material leva a pessoa ao conteúdo correto e não a um site adulto.

Por enquanto, ainda não está claro se é uma falha no site, mas, em resposta ao TechTudo, o Facebook confirmou que está ciente do problema e segue investigando a situação: “Estamos cientes de que algumas pessoas estão relatando terem visto conteúdos impróprios no Facebook que violam nossas políticas. Estamos trabalhando para identificar e remover tais conteúdos o quanto antes”, explica um porta-voz da empresa.

A maioria dos usuários diz que as imagens começaram a aparecer entre quarta (26) e esta quinta-feira (27). No Twitter, uma internauta relata que por pouco não formatou o computador pensando se tratar de um vírus. No entanto, logo percebeu que o aparente bug não havia acontecido somente com ela. Além disso, prints que circulam na web e diversas outras queixas levam a crer que as fotos também aparecem no aplicativo do Facebook para celular. No entanto, não é possível perceber um padrão para a suposta falha, já que o problema não acontece com todos os usuários.
Usuários relatam que imagens pornográficas estão surgindo em posts legítimos do Facebook — Foto: Reprodução/Twitter

Usuários relatam que imagens pornográficas estão surgindo em posts legítimos do Facebook — Foto: Reprodução/Twitter

Determinadas reclamações levantam a suspeita de que o bug poderia ser causado pelo sistema de propagandas do Facebook. Um estudo repercutido pelo The New York Times em 2019 revelou que rastreadores de Internet de grandes empresas, como Google e Facebook, haviam sido encontrados em sites com conteúdo adulto. Entretanto, não se sabe se a plataforma de anúncios, mesmo com dados de um site pornô no histórico, estaria na raiz do problema. Ainda assim, alguns usuários dizem ter eliminado a falha ao limpar os cookies do navegador.

Suposto bug no Facebook mostra foto com sexo explícito em miniatura de links — Foto: Reprodução/Twitter

Suposto bug no Facebook mostra foto com sexo explícito em miniatura de links — Foto: Reprodução/Twitter

O suposto bug no Facebook ocorre dois dias após o anúncio do Facebook News no Brasil. A plataforma de jornalismo profissional da rede social, que concorre com o Google News, deve estrear no país após 10 meses de testes no Estados Unidos. Por ora, não se sabe a data exata em que o recurso começará a funcionar. Segundo a empresa, a novidade será lançada ao longo dos próximos meses.

Abaixo, veja alguns relatos de usuários sobre o possível bug no Facebook. Há quem diga, até mesmo, que a rede social foi hackeada.

Fonte e imagens: www.techtudo.com.br
Continue lendo

Cidade

SEM SINAL: Usuários reclamam da Operadora Vivo

Usuários da operadora Vivo estão denunciando nas redes sociais a queda no serviço de telefonia na tarde desta segunda-feira (24). Conforme relatos, as falhas, que atingem principalmente o serviço de internet, mas também interferem nas ligações por celular e da TV por assinatura, começaram por volta das 12h.

A reportagem de EQ entrou em contato com o diretor do Procon, Geferson Maidana, que após receber dezenas de denuncias de usuários do serviço de telefonia e internet VIVO entrou em contato com a operadora.

Em resposta, a Vivo informou que nenhum problema teria sido registrado em seu sistema, mas que estariam analisando a situação e retornaria com uma resposta ao ocorrido, logo que encontrassem o que ocasionou este problema

Por volta das 17 horas o serviço voltou a normalizar, mas logo em seguida voltou para apenas sinal de Emergência.

Continue lendo

Tecnologia

Cloudflare está instável e vários sites ficam fora do ar. O EQ tbm foi atingido

A plataforma Discord e jogos como League of Legends (LoL) e Valorant ficaram instáveis no início da noite desta sexta-feira (17).  De acordo com vários relatos presentes nas redes sociais, diversos usuários estavam com dificuldades para acessar diversos sites e até jogar games. Segundo relatos, a pane tem relação com o sistema da Cloudflare, empresa de infraestrutura de Internet que fornece uma camada de proteção para páginas evitarem fraudes e usuários automatizados. Com isso o site do Em Questão também foi afetado e ficou instável.

A tecnologia da Cloudflare é adotada por diversos sites com o intuito de oferecer segurança e proteção. Atualmente a tecnologia é utilizada por milhões de sites no mundo todo. Quando o serviço passa por instabilidade, milhões de serviços acabam caindo junto. 

Por meio de seu Twitter, a empresa relata que o problema está acontecendo em diversos datacenters espalhados pelos Estados Unidos e a Europa e o problema já está sendo investigado.  “A Cloudflare está investigando questões com o Cloudflare Resolver e nossa rede distribuída em certas localidades. Clientes usando serviços Cloudflare em certas regiões são impactados, uma vez que requisições podem falhar e/ou erros podem ser exibidos”, diz o status do sistema.

De acordo com o site DownDetector, site que monitora o funcionamento de plataformas online, foi relatado que o problema começou por volta das 18:30 desta sexta. Além do Discord e jogos como Valorant e League of Legends, o site do Em Questão e outros também saíram do ar. 

 
 
Em nota a empresa publicou em seu site: 
 
” Esta tarde, vimos uma interrupção em algumas partes da nossa rede. Não foi o resultado de um ataque. Parece que um roteador em nosso backbone global anunciou rotas ruins e fez com que algumas partes da rede não estivessem disponíveis. Acreditamos ter abordado a causa raiz e estamos monitorando os sistemas quanto à estabilidade agora.”
 
Fonte da imagem: https://techcrunch.com/
Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular