Contato

Cidade

Avenida Tiaraju vai ter ciclo faixa. Editais serão publicados para várias obras

Dando prosseguimento as mais variadas obras estruturantes anunciadas recentemente, a Prefeitura de Alegrete publicou hoje (14/02), os editais de Licitação na modalidade “Tomada de Preço”. São várias grandes obras contempladas neste lote de publicações disponíveis às empresas que desejem concorrer na execução.

De acordo com o secretário de Planejamento, Paulo Vicente Salbego, estas obras estão planejadas para serem concluídas dentro dos prazos legais estipulados pela Lei de Licitação 8666/93, a contar da contratação das empresas vencedoras dos certames licitatórios. “Este planejamento é fruto da colaboração de diversas equipes da prefeitura e de diversas secretarias, que trabalham dedicadas a promoverem o bem social de todos os alegretenses”, enfatiza.

De acordo com o prefeito Márcio Fonseca do Amaral, a maioria destas obras serão concluídas com recursos próprios do orçamento municipal. “Não posso deixar de agradecer o empenho dos secretários envolvidos e suas equipes de servidores, que colaboraram para que a cidade pudesse receber este quantitativo de obras de infraestrutura. Trabalhar com pensamento correto de se gastar somente o que se arrecada, principalmente, em épocas de crise, permite que continuemos sempre pagando salários dos funcionários em dia e promovendo o desenvolvimento estrutural da cidade com eficiência e eficácia”, comenta.

A Diretoria de Suprimentos e Gestão de Materiais da Secretaria de Administração publicou os editais de Tomada de Preço para as seguintes obras:

1) Obra de conclusão do Laboratório Municipal;
2) Obra de Construção de Ciclo-faixa na Avenida Tiaraju;
3) Obras de Execução de Pavimentação Asfáltica da Rua Pastor Naoli; Rua Barão do Cerro Largo, trecho entre a Rua Bento Manoel e Rua Padre Landell de Moura; Rua João Pedro de Souza, lado do Posto Takito até a rotatória em frente ao Butecão do Moraes; Avenida Eurípedes Brasil Milano, da ponte Borges de Medeiros até o cruzamento com a Rua David de Canabarro; Rua Francisco Fogliatto; Rua Dionísio Machado Oliveira; Rua Alfredo Gonçalves Filho, em torno da escola CIEP; e Travessa Alvorada, fundos da Santa Casa de Caridade, entre a Rua dos Andradas e Rua general Sampaio. 
4) Obras de Pavimentação Asfáltica da Avenida Tiaraju (entre a esquina da Rua Justo França até a Rotatória da Escola Gaspar Martins)
5) Obras de Reforma e Adequações do Refeitório da EMEI Palmira Palma.

Também foram publicados recentemente os editais 001/2020 da Ampliação da UBS Nova Brasília e o edital 002/2020 da conclusão do Parque Alegretense de Resíduos Sólidos (PARS), que, anteriormente, nenhuma empresa havia se habilitado, dando “deserto”, o certame.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Amarelinhas pintadas em calçadas incentivam a volta à Infância

Quem passar pela rua dos Andradas, na altura do número 28, vai se deparar com uma amarelinha pintada na calçada. 

Foi pensando nisso, que o lojista Juliano Silveira, que tanto tem contribuído com  iniciativas coletivas e solidárias, nesta pandemia, resgatou o hábito de pular amarelinha.
O Patrick Camargo, pintou o jogo na calçada e nos enviou o seguinte texto, a partir das palavras do Juliano Silveira:
“Uma ação, para fazer com que as pessoas de mais idade, relembrem sua infância, e que seja uma inspiração para as crianças de hoje, motivando-as a realizarem atividades lúdicas de cunho físico ajudando na coordenação motora, noção espacial e interação com outras crianças. E, principalmente, fazer com que outros cidadãos, comerciantes, entidades públicas, etc… façam o mesmo. Seria maravilhoso disseminar essa causa positiva. Quanto mais pessoas aderirem à ideia, melhor. E que nunca deixemos morrer a criança no interior da gente. Para sermos um “gigante” temos que ter a grandeza de uma criança que busca nas asas da imaginação resolver todos os problemas do mundo”.
 
A ideia foi aceita também pela UNOPAR, que pintou em sua calçada uma amarelinha e postou o seguinte texto em sua pagina do Facebook:
 
– Amarelinha é uma brincadeira popular. A palavra “amarelinha” vem do francês marelle, que por adaptação popular ganhou a associação com amarelo e o sufixo diminutivo.
Acredita-se que amarelinha teria sido inventada pelos romanos, já que gravuras mostram crianças brincando de amarelinha nos pavilhões de mármore nas vias da Roma antiga. Na época, o percurso carregava o simbolismo da passagem do homem pela vida. Por isso, em uma das pontas se escrevia céu e, na outra, inferno.
 
Continue lendo

Cidade

Publicado novo decreto Municipal que autoriza Reuniões corporativas e outra atividades similares

DECRETO MUNICIPAL Nº 673, DE 23 DE SETEMBRO DE 2020

Conforme o que estabelece o Decreto Estadual nº 55.495 de 21 de setembro de 2020:

Ficam autorizados, desde que observem as medidas sanitárias segmentadas instituídas pelo Estado, às seguintes atividades: feiras e exposições corporativas ou comerciais; seminários, congressos, convenções, simpósios, conferências, palestras e similares; reuniões corporativas, oficinas, treinamentos e cursos corporativos.

Continue lendo

Cidade

Cavalarianos desfilam pelas ruas do Alegrete em homenagem ao 20 de Setembro

Ninguém esperava que na manhã deste domingo, 20 de setembro, data que recorda o dia em que teve início a Revolução Farroupilha, ou Guerra dos Farrapos, em 1835, um grupo de Cavalarianos desfilaria pelas ruas do Alegrete mantendo a tradição, mesmo em tempo de pandemia.

Aproximadamente 30 cavalarianos de diversas idades, se concentraram na Av Ibicuí, aos fundos do Parque de rodeios, a principio a cavalgada seguiria ao interior do município, mas de ultima hora decidiram seguir o caminho do desfile tradicional seguindo pela Av Ibicuí passando a ponte, subindo pela Barão do Amazonas, parando na Praça Getúlio Vargas, onde fizeram uma oração e Falaram um pouco sobre o motivo da cavalgada.

Logo depois os cavalarianos seguiram em direção a Praça nova, por onde passavam, a população e motoristas, aplaudiam e se solidarizavam com o evento dando prioridade nas preferencias para que a cavalgada passa-se.

Sem nenhum intuito politico, vinculo com instituição, apenas um grupo de amigos que se reuniu por whatsapp, o evento não teve nenhum transtorno, todos os cavalos estavam com o atestado veterinário em dia, os cavalarianos usando mascaras, e mantendo um distanciamento considerável entre eles.

A cavalgada dispersou na Praça Nova, logo após o agradecimento dos organizadores e a oração de um Pai Nosso.

Confira mais imagens e os videos da Cavalgada abaixo:

 

 

Fotos e Videos: Alex Stanrlei/Em Questão

 

Continue lendo

Popular