Contato

Manchete

Cleni faz coletiva para falar sobre seu estado de saúde

Na manhã desta quarta-feira (18) a prefeita Cleni Paz da Silva em coletiva de imprensa com os veículos de comunicação de Alegrete lança um comunicado oficial sobre seu estado de saúde e esclarece boatos gerados sobre o assunto na última semana.

A prefeita recebeu ontem os diagnósticos dos exames realizados nas últimas semanas, onde foi detectado uma complicação na Tuba Uterina.

Cleni Paz da Silva não vai se afastar do cargo de prefeita – seguindo mas orientações dos seus médicos – durante o tratamento que durará três meses, um dia a cada três semanas.

Abaixo, a nota oficial na íntegra:

Bom dia, primeiramente gostaria de cumprimentar todos os presentes, secretários, imprensa e em especial me dirijo a comunidade Alegretense, principalmente a todos aqueles que acreditaram e acreditam na nossa administração.

Eu sempre privei pela transparência e pela verdade. 

Existem muitos boatos com relação a minha saúde, algumas pessoas preocupadas, outras querendo explorar o fato de que venho realizando por causa de algumas dores abdominais que tenho sentido há algumas semanas 

Eu estava aguardando o diagnóstico que se confirmou esta semana, onde foi constatado um problema perto do ovário direito no lugar chamado “Tuba Uterina”.

Fiz duas avaliações médicas, uma em Santa Maria e outra em Porto Alegre.

Gostaria de deixar claro que fui no meu carro e exames foram feitos pelo meu plano de saúde, IPE.

Os dois médicos me tranquilizaram. É possível reverter a situação, tudo vai depender do meu equilíbrio emocional.

Terei que fazer um tratamento, que talvez seja um pouco agressivo, mas posso seguir minha vida normal e trabalhando. Realizei outros exames, os quais tiveram bons resultados, e clinicamente estou bem.

Claro que estou um pouco abalada, devido aos comentários maldosos sobre o fato, mas quero dizer que vou me tratar, vou me cuidar e vou continuar trabalhando. Segundo os médicos, não tenho porque me afastar do trabalho e posso levar uma vida normal.

Não seria leviana a me descuidar, nem com minha saúde e nem do cargo que ocupo.

Vou enfrentar esta situação como tantas outras batalhas que já enfrentei, com confiança e fé.

Estou sendo muito transparente com todos novamente, para terminar com as “lendas”, com as expectativas e especulações.

Tenho fé em Deus e toda autoridade é constituída por DEUS, portanto só DEUS para me tirar a vida.

Espero que todos entendam e respeitam a minha decisão.

Graças a Deus tenho minha família e as pessoas que estão orando e torcendo pela minha saúde.

Os que não gostam fiquem com suas conclusões, por que só quem julga é Deus.

“Eu sou a primeira mulher Prefeita de Alegrete e sempre desejei o melhor para toda nossa comunidade alegretense.” 

 
Assina a Nota Oficial: Cleni Paz da Silva
Alegrete,18 de julho de 2018.
Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Vacinação contra Covid-19 para idosos de 60 anos ou mais no interior do município

A Prefeitura de Alegrete, através da Secretaria de Saúde, irá realizar a vacinação de idosos com 60 anos ou mais, com a primeira dose contra a Covid-19, nas localidades do interior do município. Para se vacinar é preciso apresentar documento de identidade e CPF.

“Montamos esse esquema de vacinação especialmente para atender a população do campo que ainda não recebeu a primeira dose. Nosso município possui uma grande extensão territorial e sabemos que isso muitas vezes dificulta o deslocamento da população do campo até a cidade nos dias de vacinação, por isso vamos levar a vacina até eles”, declarou a secretária de Saúde Haracelli Fontoura.

Confira o cronograma abaixo:

Continue lendo

Educação

Defensoria Pública do Estado emite nota sobre retomada das aulas presenciais

NOTA PÚBLICA

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, na condição de expressão e instrumento do regime democrático e de instituição permanente e essencial à função jurisdicional do Estado, vem a público reafirmar o compromisso com o acesso à educação, direito fundamental de todas as crianças e adolescentes de nosso Estado.

Nesse sentido, é inegável o prejuízo causado aos(às) alunos(as) pela suspensão das aulas presenciais quanto ao seu desenvolvimento psicossocial, educacional e cognitivo, especialmente dos mais vulneráveis. Ainda que os(as) alunos(as) tenham pleno acesso ao ensino digital, o que não constitui a realidade de muitos, precisamos considerar que a modalidade remota não é ideal, pois não propicia a interação social necessária. Ademais, para grande parte das crianças e adolescentes, existe o risco alimentar, fato que agrava ainda mais a situação.

No entanto, no momento em que a humanidade vivencia a maior crise sanitária, a retomada das aulas presenciais deve oferecer segurança a professores e demais profissionais envolvidos, bem como aos(às) alunos(as). Desse modo, salientamos a necessidade de que os profissionais da educação sejam incluídos no grupo prioritário da vacinação. Aguardamos, pois, que o Supremo Tribunal Federal possa atender ao pedido do Estado do Rio Grande do Sul na ação ajuizada relativa a essa priorização.

Assim, afirmando nossa missão de atuar como instrumento constitucional do Estado Democrático de Direito para garantir o acesso à justiça, a promoção dos direitos humanos e o exercício dos direitos às pessoas em situação de vulnerabilidade, somos favoráveis à retomada das aulas presenciais, de forma híbrida, com as medidas de segurança necessárias. Esperamos que isso ocorra com a maior brevidade possível. Para tanto, reforçamos as regras de distanciamento social e higienização.
A Defensoria Pública permanece prestando seus serviços à população do Estado do Rio Grande do Sul, já tendo realizado, no período de pandemia, mais de 1,2 milhão de atendimentos.

Porto Alegre, 27 de abril de 2021.

Antonio Flávio de Oliveira,
Defensor Público-Geral do Estado.

Andreia Paz Rodrigues,
Defensora Pública Dirigente do Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente.

Continue lendo

Cidade

Prefeito e secretário de Infraestrutura verificam demandas na praça Getúlio Vargas

Na manhã da última quarta-feira, 28, o prefeito Márcio Amaral e o secretário de Infraestrutura Mário Rivelino estiveram, acompanhados do coordenador de limpeza urbana Gilmar Massari, vistoriando pontos da Praça Getúlio Vargas que precisam de reparos.

“Nossa praça Getúlio Vargas é um patrimônio histórico, cultural e ambiental, que proporciona lazer e embeleza nossa cidade. Promover a manutenção dela é algo importante para a qualidade de vida da nossa população. Fiz questão de ir pessoalmente verificar os pontos que precisam de melhorias, pois nós temos esse cuidado com os espaços públicos, já que sabemos o quanto eles são importantes para a nossa gente”, declarou o prefeito Márcio.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular