Contato

Cidade

Empréstimo para 13º altera rotina e gera indignação de servidores

Os servidores estaduais do Rio Grande do Sul começaram a receber nesta quarta-feira (20) o valor referente ao 13º salário por meio de empréstimo no Banrisul. Eles tiveram de ir até as agências bancárias e solicitar o pagamento do benefício, que terá o ressarcimento da operação pago pelo governo. Em Alegrete a situação não é diferente: além do parcelamento, os servidores locais reclamam das longas filas e da falta de atendimento.

As agências de todo o estado abriram mais cedo e fecham mais tarde, até sexta-feira (22), em virtude da demanda. Na cidade, o atendimento têm começado às 09h e vai até às 16h. De acordo com o gerente adjunto da agência loca, Ademir Cassol, assim que as pessoas entram no banco o atendimento começa e flui de acordo com a necessidade.

Este já é o segundo ano em que os servidores precisam fazer empréstimos para receber o 13º. A situação é reflexo da atual postura política de parcelamento do governo Sartori.

Para a servidora Sônia Sanguinetti, de 62 anos, essa realidade é humilhante. Na fila desde cedo, ela desabafa e diz que “depois de tantos anos de trabalho é a primeira vez em que passa por isso”, relata.

Com a grande procura, muitos tiveram que voltar para casa sem atendimento. José do Prado, 57 anos, relata que aguarda na fila pelo segundo dia. “Cheguei aqui ontem (quinta) e não consegui ser atendido. Hoje, essa peregrinação de novo! E o pior, para tentar receber algo que é meu por direito”, desabafa.

Também foram relatados problemas de instabilidade no sistema. Desde quarta, o Banrisul atendeu mais de 100 mil servidores públicos, de um total de 320 mil.

Apesar dos problemas, a federação que representa os servidores informa que o sentimento é de alívio com a confirmação de que o governo vai pagar os juros da operação bancária. “Isso marca uma diferença bastante significativa, porque no ano passado o governo forçou os servidores a tomarem os empréstimos arcando com os juros, dizendo que havia uma impossibilidade jurídica, o que caiu por terra agora”, diz o presidente da Federação Sindical dos Servidores Públicos no Estado do Rio Grande do Sul (Fessergs), Ségio Arnoud.

 Quem poderá fazer empréstimo bancário para antecipar o 13°?

Todos os servidores estaduais.

Qual o prazo?

Até 15 de janeiro.

O financiamento é facultativo?

Sim. O servidor que optar pela operação receberá o valor do seu 13º salário em dia e sem qualquer prejuízo, já que as despesas bancárias serão custeadas pelo Estado.

E o servidor que optar por não fazer a operação?

Receberá o pagamento do 13º em 12 parcelas mensais, a serem pagas a partir de janeiro. O montante será acrescido de indenização. O percentual proposto é de 1,42% ao mês.

 A reposição oferecida na parcela do 13º pelo Estado (1,42%) vai cobrir os eventuais juros a serem cobrados pelo Banrisul? E por outros bancos?

No caso do Banrisul, sim. Quanto aos demais bancos, depende da oferta de cada um. Todos os servidores podem ter conta no Banrisul.

E se os juros da operação bancária forem superiores à reposição de 1,42% oferecida pelo governo? Quem pagará a diferença?

O governo diz que pagará aos servidores a correção estabelecida no projeto de lei, e o Banrisul praticará essa taxa. Os demais bancos podem praticar a mesma correção.

Quem está negativado no Banrisul, sem capacidade de fazer empréstimos, terá essa possibilidade também?

Sim, mas nesses casos precisará procurar sua agência.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Meio Ambiente investe em mais coletores na cidade

Além de buscar e reforçar a limpeza do município com instalação e descentralização da coleta seletiva e de novos contentores de resíduos, a Prefeitura de Alegrete, por meio da Secretaria Municipal Meio Ambiente (SEMMAM) organizou, ontem (22/6), muitos deles que estão instalados nas ruas Dr. Lauro Dornelles, Venâncio Aires e General Vitorino.

Os contentores complementam o sistema de limpeza urbana, propiciam mais organização, limpeza e higiene a regiões com grande concentração de pessoas e de resíduos. O morador pode fazer o descarte a qualquer hora do dia, e não somente próximo ao horário de passagem dos caminhões coletores. Os contentores possuem rodas e grande capacidade para armazenamento e são exclusivos para os detritos orgânicos e secos.

Segundo a secretária da SEMAMM, Gabriella Segabinazi, o principal benefício é evitar a proliferação de insetos e atração de roedores. “Com os contentores, o lixo fica organizado, o cheiro fica concentrado dentro do contêiner e as avenidas ficam ainda mais bonitas, sem sacolas de lixo doméstico espalhadas”, destaca o secretária.

Vale ressaltar que nos dois tipos de contentores é proibido o descarte de restos de obras. “Estamos pedindo também que as pessoas cuidem o patrimônio público que é de todos, pois os contentores são sempre alvos de vandalismo em nossa cidade. Quebram as rodinhas, destroem as tampas e até incendeiam”, alertou.

Continue lendo

Cidade

Chegaram mudas de frutíferas na Secretaria da Agricultura

A Prefeitura de Alegrete, por meio da Secretaria de Agricultura e Pecuária (SAP), informa que as mudas de árvores frutíferas encomendadas chegaram hoje, quarta-feira, e que começam a ser entregues nesta quinta-feira, 24, das 7h30 às 13h, na sede da Secretaria de Agricultura e Pecuária.

Ela está localizada na Av. Tiaraju, nº 1009, bairro Ibuirapuitã. Solicita-se que responsáveis pelas encomendas compareçam para retirá-las o mais breve possível, devido a Secretaria não possuir a estrutura necessária para armazenar as mudas.

Continue lendo

Cidade

Nesta terça-feira Vila Nova recebeu ACISO com a descentralização da Administração Municipal

Nesta terça-feira, 22, o bairro Vila Nova recebeu a primeira edição do programa “Construindo um novo futuro nos bairros”. A iniciativa, a qual consiste na descentralização dos serviços da administração municipal, acontece por meio de uma Ação Cívico-Social (ACISO). Com a presença de diversas secretarias, foram realizadas obras de manutenção e reparos, bem como ouvidas as demandas da população.

O objetivo da ACISO é realizar atividades com a participação de diversos órgãos da administração pública municipal.


O evento foi realizado na EMEI Ibirapuitã, com a presença do vice-prefeito Jesse Trindade e de secretários municipais e vereadores, além de lideranças comunitárias. Na ocasião as secretarias municipais disponibilizaram suas equipes e seus programas para a realização de atendimentos, prestação de serviços e informações aos moradores do bairro Vila Nova e arredores.

O programa da prefeitura terá prosseguimento em 13 julho nos bairros Nossa Senhora da Conceição e Saint Pastous, em 10 de agosto nos bairros Maria do Carmo e Anita Garibaldi e no dia 24 de agosto nos bairros Vera Cruz, Sepé Tiaraju, Vila Grande e Progresso.

Nossa reportagem esteve no local, confira o video abaixo:

 

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular