Contato

Cidade

Melhora na coleta seletiva esbarra na regularização de documentos

Em Alegrete existe a preocupação com a coleta seletiva de recicláveis. Para isso, unem-se as cooperativas de catadores e as secretarias municipais do gênero. Ainda assim, hoje, a coleta é feita por carrocinhas que não conseguem recolher um número significativo de resíduos. A assinatura de convênio que permita a compra de um caminhão para o carregamento desses recicláveis passa por algumas fases burocráticas que demandam tempo.

“Um ano e dez meses se passaram e ainda faltam etapas”, afirma o presidente da Associação de Catadores de Alegrete (COCARSAL), Giovane Soares. Ele conta que, até 2016, mesmo sem convênio a cooperativa recebia apoio com transporte. Esse apoio resultava em uma média de 35 toneladas de material recolhido por mês. E, sem o transporte, o recolhimento foi reduzido para uma média de 18 toneladas. “Essa demora atrasa (o trabalho) e nós queremos saber até quando. Caso pessoas ou empresários queiram nos apoiar serão bem-vindos”, destaca o Soares.

A coleta seletiva de recicláveis – efetiva e de qualidade, depende transporte e de estrutura. Segundo Soares, a sede já existe e, agora, a cooperativa busca a regularização da documentação que falta. Ainda assim, ele questiona a demora por parte da Prefeitura e da Junta Comercial. “Eu sei que existe interesse, mas nós estamos fazendo nossa parte”, afirma.

Em contato com a Secretaria de Meio Ambiente, a pasta afirma que o interesse é mútuo, mas que as cooperativas precisam estar em dia com a documentação para que qualquer parceria ou processo seja firmado. A responsável pela pasta, Gabriela Segabinazzi, explica que sem a regularização da situação das cooperativas não é possível dar um suporte maior. “Damos suporte com alimentação, mas sem a documentação mínima não temos como firmar um convênio e ampliar o apoio”, alega.

Secretária de Meio Ambiente garante que transporte será adquirido

Segabinazzi afirma que o município não possui um veículo específico para esse serviço, mas que ele será adquirido em 2018. “Vamos adquirir um veículo com essa finalidade pelo Fundo Municipal de Gestão Compartilhada”, garante a secretária.

Ela ainda destaca que todos os empreendimentos que foram licenciados esse ano apresentam um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Ferramenta que permite um levantamento real dos resíduos gerados na cidade. “A responsabilidade é compartilhada e discutimos isso”.

Ela ainda explica que a Prefeitura tem interesse em formalizar um convênio, mas que os prazos precisam ser cumpridos. “A cooperativa não está com a documentação em dia, ela foi indeferida pela Junta Comercial”.

A secretária afirma que possui cópia de toda a documentação disponível para análise.

Quer ajudar?

Para quem tiver interesse em ajudar ou quiser entregar o seu lixo reciclável, a sede do Ponto de Entrega Voluntária fica na Avenida Caverá, nº 1318. Atualmente, a COCARSAL conta com 20 associados.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Cancelada a pedalada de inauguração da ciclovia que ocorreria neste sábado

A Prefeitura de Alegrete informa que está cancelada a pedalada de inauguração da Ciclovia da Av. Tiaraju devido aos falecimentos da médica Larissa Sampaio, de 31 anos, em um trágico acidente ocorrido nesta sexta-feira na BR-290, em Cachoeira do Sul e da professora Lenira Berquó, de 77 anos, em decorrência da Covid-19.

A Prefeitura de Alegrete manifesta profundo pesar e se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor e tristeza.

Continue lendo

Cidade

Ciclofaixa será inaugurada neste sábado com pedalada

Uma pedalada marcará a inauguração oficial da ciclofaixa da avenida Tiaraju, em Alegrete, neste sábado, às 16h. O evento é organizado pela Prefeitura em parceria com grupos de ciclistas, mas também é aberto à participação de outros ciclistas amadores e visa divulgar e incentivar o uso da bicicleta entre a população.

A pedalada, que terá todos os protocolos sanitários respeitados, percorrerá um trajeto de 6,0 km (3 de ida e 3 de volta) e sairá da frente do obelisco “Será o momento de lançar não só uma faixa na rua, mas um estilo de vida que está ligado à mobilidade com segurança, meio ambiente e qualidade de vida das pessoas”, afirmou o prefeito Márcio Amaral, que também participará da pedalada ao lado do vice-prefeito Jesse Trindade.

Durante a semana, equipes trabalharam na pintura e sinalização da ciclofaixa, que teve o investimento de R$ 160 mil. A pista exclusiva para o tráfego de ciclistas ocupará um espaço que antes servia apenas para veículos, sendo uma importante ligação a zona leste da cidade.

Segundo vice-prefeito Jesse Trindade, a ciclofaixa será a primeira parte de um futuro circuito ciclístico que a Prefeitura pretende implantar no município. “Temos muito trabalho pela frente. Nosso compromisso, plano de governo, contemplava projetos de ciclovias e ciclofaixas. Estamos projetando uma rota que contemple várias regiões da cidade, até para que as pessoas se sintam convidadas a adotar esta prática como rotina em seus deslocamentos”, disse Jesse.

Continue lendo

Cidade

Peruzzo repassa alimentos doados por clientes à Santa Casa

 

Numa iniciativa da Rede Peruzzo de Supermercados, foram entregues alimentos doados por seus clientes à Santa Casa de Alegrete.

Presentes no ato os gerentes da Barros Cassal, senhor Cássio Alissandro Rodrigues, pelo Ecomix, senho Josiel da Luz Santos, e Márcio Marchezan pelo mercado da Venâncio Aires.

Representando a Santa Casa, senhora Márcia Ferreira, supervisora de nutrição, e Carlos Mello, diretor de imagem. Foi entregue nessa ocasião uma tonelada de alimento.

Continue lendo

Popular