Contato

Cidade

Confira quais são as prioridades de Alegrete para a Consulta Popular de 2016/2017

 

O Conselho Regional de Desenvolvimento da Fronteira Oeste (Corede-FO) juntamente com o Conselho Municipal de Desenvolvimento de Alegrete (COMUDE) realizou na última sexta-feira (10) sua Assembleia Municipal para tratar da Consulta Popular 2016-2017, no auditório da Universidade da Região da Campanha.

Na oportunidade foram eleitas demandas prioritárias nas áreas da saúde, desenvolvimento rural, agricultura, ciência e tecnologia, dentre outros programas de interesse para incluir na cédula de votação da região cujo valor para Fronteira Oeste será de R$2.597.560,68.

Ainda na assembleia foram escolhidos cinco delegados que nesta quarta-feira (15) irão participar da assembleia geral ampliada para a construção da cédula de votação, em reunião a ser realizada em Uruguaiana. Cada cédula terá 10 programas, contemplando, no mínimo, quatro áreas, sendo apenas um voto por pessoa. Para o coordenador macro regional Campanha Fronteira Oeste, da Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento Regional, Moisés Pereira Fontoura, “as modificações foram pensadas para que as demandas eleitas sejam realmente as de maior prioridade”.

A escolha das prioridades de cada região – Consulta Popular, será feita nos dias 5, 6 e 7 de julho. Para acessar os recursos, Alegrete precisa ter a participação mínima de 4% dos 60.516 eleitores, o que corresponde a 2.421 votos. “Tenho certeza que Alegrete não terá problemas em atingir a meta de votos, já que o município faz sua lição de casa, mobiliza a comunidade e estão sempre nos primeiros lugares em números”, comenta o presidente do COREDE-FO, Hugo Chimenes.

A vice-prefeita, Preta Mulazzani, evidencia a importância das demandas serem articuladas de forma regional e não só local. “As demandas apresentadas na assembleia não podem ser pensadas somente para Alegrete, mas sim que contemplem a região, demonstrando que somos capazes de articular regionalmente de forma que todos sejam beneficiados”, comenta.

Propostas eleitas: 01 – SES – Secretaria da Saúde QUALIFICAÇÃO E FINANCIAMENTO DA REDE DE ATENÇÃO – Consolidando a Regionalização da Saúde Qualificação e Financiamento de Hospitais de referência regional acima de 70 leitos Aquisição de equipamentos para Hospitais de Referência Regional – acima de 70 leitos Convênio com instituições de saúde e Repasse fundo a fundo com municípios VALOR R$ 100.000

02 – SES – Secretaria da Saúde QUALIFICAÇÃO E FINANCIAMENTO DA REDE DE ATENÇÃO – Consolidando a Regionalização da Saúde Qualificação e Financiamento de Centros de Especialidades com referência regional Aquisição de equipamentos para Unidades Ambulatoriais de Referência Regional Convênio com instituições de saúde e Repasse fundo a fundo com municípios R$ 100.000

03 – SETEL – INFRAESTRUTURA E EQUIPAMENTOS TURÍSTICOS PARA O BEM RECEBER Secretaria do Turismo, Esporte e Lazer Apoiar as regiões turísticas na implementação e melhoria de infraestrutura básica; Itens Elegíveis: a) Acessibilidade nos atrativos turísticos; b) Revitalização de áreas turísticas; c) aquisição de implementos para as áreas dos atrativos turísticos (bancos, lixeiras, bebedouros, iluminação etc) Transferências a Municípios e Regiões Turísticas representadas por instituições legalmente constituídas R$ 50.000,00

04 – SDR – Secretaria do Desenvolvimento Rural APOIO AO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO LEITEIRA E DA PECUÁRIA FAMILIAR Financiamento via FEAPER ou Convênio com Município para aquisição de Equipamentos ou Formação de pastagens (sementes, insumos, arame, palanques) para apoio e ampliação da capacidade produtiva do Leite e da Pecuária Familiar. NO DETALHAMENTO DA DEMANDA APÓS A VOTAÇÃO É NECESSÁRIO INDICAR QUAL A MODALIDADE ESCOLHIDA: CONVÊNIO OU FEAPER. Itens Elegíveis a) Financiamento via FEAPER ou Convênio com Município para aquisição de de equipamentos produtivos (exceto tratores, retroescavadeiras e veículos, mesmo utilitários);b)Financiamento via FEAPER ou Convênio com Município para formação de pastagem (sementes, insumos, arame, palanques), para agricultores familiares. Aplicações diretas ou Transferência aos Municípios R$ 150.00,00

05 – SEAPI – Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação MELHORAMENTO DE ESTRADAS VICINAIS Melhorar as condições de trafegabilidade da estradas em áreas rurais, proporcionando melhores condições de logística para o escoamento de safras e locomoção dos produtores rurais. Promover o melhoramento das condições das estradas rurais com ligação intermunicipal, através de obras de cortes, aterros, drenagem, pontilhões, bueiros, baseados em projetos com levantamento planialtimétrico, buscando melhores condições de logística para o escoamento de safras e locomoção dos produtores rurais. Transferência aos Municípios R$ 150.000,00

Delegados Eleitos:

Titulares 01 – GildoAlmeri da Silva Freitas  02 – Lincoln Edgar Nunes Bastiani  03 – José Luiz Costenaro  04 – Maria Cristina Aurelio  05 – Alberto Pinheiro Machado Prates

Suplentes  01 – Fernando Escobar Rolhano  02 – Teresinha de Fatima M. de Meneses  03 – Cleci Nunes Bastiani  04 – Sirlei Fatima Prado  05 – Adelina Soares Tubino  06 – Clodoaldo Soares Rodrigues  07 – Jaqueline Albanio

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Caminhão de terceirizada da Corsan tomba perto da Caridade

 

Um caminhão caçamba, de empresa terceirizada da Corsan, acaba de capotar na rua General Sampaio, na frente da Capela Metodista, a poucos metros da Santa Casa de Caridade.

Não há vítimas. Porém, um veículo que estava estacionado no local foi atingido. O caminhão transportava uma carga de massa asfáltica.

Continue lendo

Cidade

Reunião de organização do Brick da Praça define regras para o evento

 
Nesta quarta-feira, 21, aconteceu no Centro Cultural de Alegrete a reunião da equipe de organização do próximo Brick da Praça. A feira de economia solidária acontecerá no dia 14 de agosto, das 10h às 16h, na Praça Getúlio Vargas.

A feira vai acontecer com a participação de membros já inscritos e as novas inscrições serão retomadas a partir do mês de setembro. Mais informações podem ser obtidas através do e-mail da Diretoria de Cultura: [email protected] .

As normas para os participantes do evento foram definidas na reunião entre a secretária de Educação, Cultural, Esporte e Lazer, ngela Viero e a diretora de Cultura, Andrea Oliveira, seguindo as orientações da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Saúde.

Normas para participação no Brick da Praça:

Bancas devem ficar a 3 metros de distância uma da outra;
Cada banca é responsável por não deixar que se forme aglomeração em seu entorno. Sendo obrigatório orientar a população, sendo obrigatório o uso de máscaras, disponibilizar álcool gel e também lixeiras;
É proibido o uso de churrasqueiras na praça;
É proibido o uso de tomadas e extensões;
Pessoas que trabalham em bancas que comercializam alimentos não embalados devem usar luvas e touca descartável, e nas que comercializam alimentos embalados é obrigatório o uso de luvas;
Cada banca deve ter no máximo três briqueiros;
Apenas será permitido comercializar laticínios e produtos derivados de leita a aqueles que possuam registro e documentação oficial;
As primeiras edições não contarão com apresentações artísticas, com o objetivo de evitar aglomerações;
Será dada preferência para estabelecer bancas no contorno externo da praça, sem haver lugares marcados.

A equipe da cultura responsável pela organização do Brick da Praça é composta por Andrea Oliveira, Bibiana Fontoura, Marielly Fogaça, Mano Fontoura, Ana Claudia, Indiana Ribeiro e Liliana Lacerda.

Continue lendo

Cidade

Casa do Empreendedor realiza capacitação de equipe

 
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, através da Casa do Empreendedor, realizou na manhã desta segunda-feira, 19, capacitação da equipe para adequação ao Decreto 427/2021 que estabelece novas normas para a Inscrição do Alvará e da Inscrição Municipal.

O novo decreto, publicado hoje, 19 de julho, regulamenta em âmbito do Município, a Lei Federal nº 11.598, de 3 de dezembro de 2007, que “Estabelece diretrizes e procedimentos para a simplificação e integração do processo de registro e legalização de empresários e de pessoas jurídicas, cria a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – REDESIM” e nº 13.874, de 20 de setembro de 2019, que “Institui a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica.

Continue lendo

Popular