Contato

Notícias Agora

Revistas semanais detonam Dilma. Delações de Odebrecht denunciam até mesadas

Veja e Istoé desta semana detonam Dilma Roussef de maneira devastadora e cruel, porque as duas revistas publicam trechos vazados das delações de Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro, todos com gravíssimas acusações sobre participações diretas da ex-presidente em negociações criminosas com Odebrecht e OAS. Veja publica, inclusive, denúncia circunstanciada de MO, na qual ele diz que o secretário pessoal de Dilma, o gaúcho Giles Azevedo, levava mesada de R$ 50 mil por mês.

Também sobra muito para Lula, já que MO e Léo Pinheiro contam detalhes das patifarias do sítio de Atibaia e do triples do Guarujá. O triplex foi colocado em nome da OAS, mas seu dono, Léo Pinheiro, esclareceu que o apartamento sempre foi de Lula. As duas delações – vazaram apenas alguns trechos iniciais – são o resultado de um tiroteio que o ex-presidente Sarney já dizia ser de uma metralhadora .50.

A reportagem da Revista IstoÉ afirma que o empreiteiro Marcelo Odebrecht revelou em acordo de confidencialidade com a Lava Jato que a presidente afastada da República, Dilma Rousseff, cobrou pessoalmente uma doação para a campanha eleitoral dela em 2014 que não teria sido declarada à Justiça. Segundo o empreiteiro, preso desde junho do ano passado, o então tesoureiro da campanha, Edinho Silva, havia pedido a ele uma doação de R$ 12 milhões para serem repassados ao marqueteiro João Santana e ao PMDB. De acordo com a publicação, Marcelo se recusou a fazer o repasse e resolveu tratar do assunto pessoalmente com Dilma. “Presidente, resolvi procurar a sra. para saber o seguinte: é mesmo para efetuar o pagamento exigido pelo Edinho?” “É para pagar”, respondeu Dilma, segundo a revista.

A ISTOÉ lembra que, além de Marcelo Odebrecht, já denunciaram o envolvimento de Dilma Rousseff no petrolão os delatores Delcídio do Amaral e Mônica Moura. Também falou do financiamento ilegal da campanha da petista o empreiteiro Ricardo Pessoa. Involuntariamente, José Sarney e Renan Calheiros entregaram Dilma nas gravações de Sérgio Machado. Além de Nestor Cerveró, é claro.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Notícias Agora

De engenharia no RS a atriz internacional na China: quem é a gaúcha Miss Brasil 2020?

Concurso em formato inédito ocorreu nesta quinta-feira e foi transmitido online

A gaúcha de Porto Alegre de 27 anos, Julia Gama, foi coroada Miss Brasil 2020 em cerimônia inédita sem plateia nesta quinta-feira (20). A posse durou um pouco mais de 20 minutos e Julia recebeu a coroa das mãos da Miss Brasil 2019, Júlia Horta. Em decorrência das consequências da Covid-19 em segurança a saúde, a comissão do concurso foi formada apenas por integrantes da Organização Miss Brasil.

Fluente em três idiomas a gaúcha, como agradecimento a coroa, disse em português que deseja “levar o nome do Brasil ao mundo, mas não sozinha”, em espanhol, afirmou querer “ser uma plataforma para a voz latina”, já e em mandarim, concluiu a fala destacando que pretende “encorajar as pessoas a brilharem”. Julia cursou até o terceiro ano da graduação de engenharia química no Rio Grande do Sul e hoje é atriz internacional na China.

 

Em uma publicação no Instagram escreveu: “Eu não canso de ter esperança de ser tudo que sonho – Julia Gama 2014” para relatar a fé nos últimos seis anos de trabalho, “de menina à mulher. Ainda na postagem menciona a valorização e dedicação em seus sonhos: “Que a gente saiba que com integridade, persistência e fé é possível realizar qualquer coisa”, escreveu. A mulher pretende representar o Brasil em toda sua diversidade.

Miss Brasil 2020 foi o 66º ano de participação do Brasil no Miss Universo. A gaúcha sucedeu a mineira jornalista, comunicadora, palestrante e modelo brasileira, Júlia Horta. Com a vitória no dia 9 de março na São Paulo Expo frente a um público de 15 mil pessoas, Júlia tornou-se a nona candidata do estado de Minas Gerais a ostentar a faixa nacional.

Assista:

 

Por: Valesca Luz / Acústica FM – Foto: Divulgação / Instagram

Continue lendo

Manchete

Vídeos-Noite fria com neve e chuva gelada na Serra

Depois de uma semana com temperaturas altas, o frio voltou com força total ao Rio Grande do Sul no final da noite deste domingo (16).

Em Porto Alegre, a mínima registrada na manhã na última segunda-feira (17) foi de 7,5°C. No interior do Estado, os termômetros registram temperaturas ainda menores: o município de São Jose dos Ausentes teve mínima de -0,2°C. Na serra gaúcha chegou a nevar em pelo menos seis municípios – Gramado, Canela, Caxias do Sul, Bom Jesus, São Francisco de Paula, Pinheiro Machado e Palmeira das Missões. A drástica mudança começou com a chegada de uma forte massa de ar polar vinda da Argentina, que também derrubou as temperaturas no Uruguai e no Chile.

 

Continue lendo

Manchete

Lixo retirado pelos garis pegou fogo antes de ser colocado no caminhão

Na noite desta sexta-feira os garis da coleta do lixo foram surpreendidos com mais uma ação irresponsável por parte da população. Durante o recolhimento na avenida Eurípedes Brasil Milano, um saco com brasas acesas pegou fogo, colocando em risco a integridade física dos profissionais.

Mais um ato que demonstra a falta de consciência de algumas pessoas. Pedimos a colaboração de todos para que isso não se repita, pois ações como esta podem causar sérios acidentes.

Veja no vídeo abaixo registrado pelo pessoal da Coleta.

 

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular