Gremistas do Alegrete levam nome do “Baita Chão” para as Arábias

Torcer, vibrar, sofrer e acompanhar o time do coração é missão para os torcedores de carteirinha. Com os gremistas Roberto e Jonas Pradel não é diferente. A paixão do pai e do filho os levou até os Emirados Árabes nesta terça-feira (12). Mas o orgulho não foi só do Grêmio, foi também da cidade natal: Alegrete. Nas redes sociais, a foto publicada no estádio Hazza Bin Zayed com a faixa que destaca o “Baita Chão” já atingiu mais de 380 curtidas.

Há mais de 12 mil quilômetros de distância, eles não poderiam perder a presença do Grêmio no Mundial de Clubes. O Tricolor enfrentou o Pachuca, do México, na semifinal do Mundial de Clubes em Al Ain, nos Emirados Árabes e saiu vitorioso por 1×0.

Em conversa com o Em Questão, Jonas – que ainda está em Dubai, conta que a ideia de fazer a faixa foi do pai, Roberto. “A ideia foi do pai. Somos alegretenses orgulhosos da nossa cidade, queremos levar o nome do nosso município para todo mundo”, afirma.

A foto é reflexo de uma relação de amor e confiança no time que, literalmente, foi passada de pai para filho. Jonas relembra que sempre foi gremista e o pai foi sua grande influência. “Meu pai foi uma grande influência na escolha do time, desde criança eu sempre andava fardado e vivi minha infância com um Grêmio muito vitorioso, assistíamos todos jogos juntos”, destaca.

Jonas, que é atleta de Triathlon, diz que sempre gostou muito de futebol e jogava de forma amadora. Ele acredita que “quando o torcedor enxerga profissionalismo e comprometimento dos jogadores do seu time, a admiração só aumenta”.

Ao ser questionado sobre a sensação que ele e Roberto sentiram ao acompanhar a partida do Mundial de perto, ele afirma que foi sensacional. “Pra quem já viveu e acompanhou a pior fase do time, ver ele ser campeão da América e ter a oportunidade de acompanhar ele no Mundial é sensacional”, conclui.

A final do Mundial dos Clubes será disputada contra o Real Madrid, no sábado (16), às 15 horas – horário de Brasília.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *