Contato

Cidade

Festival itinerante tem apresentações em São Gabriel, Rosário do Sul, Alegrete, Uruguaiana e Porto Alegre

Comédia na Estrada é um festival itinerante de comédia, que tem como objetivo difundir e divulgar a arte da comédia stand-up pelo Rio Grande do Sul.  Comédia na estrada – Missão 290 é a primeira edição deste festival e, como nome sugere, promoverá apresentações de comediantes por algumas cidades que fazem parte da BR 290. São elas Uruguaiana, Alegrete, Rosário do Sul, São Gabriel e Porto Alegre. Além das apresentações artísticas, que contarão com a presença de artistas locais e da capital, oficinas integram a programação do festival.

O elenco de atores e comediantes é formado em sua maioria por mulheres negras (60%), LGBTQIA (20%) e 10% imigrantes. O objetivo é levar a comédia stand-up ao interior e valorizar a produção artística do interior, oferecendo oficinas desses comediantes e convidando humoristas locais.

 

A comédia stand-up, ou stand-up comedy (comédia em pé em tradução livre), tem origem em bares e pequenos pubs estadunidenses, e era usado como introdução aos shows principais da noite. O comediante, por assim dizer, “abria o show” da banda musical que tocaria durante a noite. Com o tempo, os comediantes começaram a ganhar força, e passaram a ser as atrações principais.

No Brasil, apesar de nomes como Dercy Gonçalves, Zé Vasconcelos, Chico Anysio e Jô Soares, fazerem shows de comédia solos desde meados dos anos 1960, foi no final dos anos 1990 que o Stand-up Comedy começou a tomar força e forma em bares e pequenos teatros de São Paulo e Rio de Janeiro. No Rio Grande do Sul, mais precisamente em Porto Alegre, esse movimento é bem mais recente, mas igualmente forte. Hoje contamos com vários grupos e dois bares na região metropolitana – Canoas e POA – focados em apresentações de comédia.

Reconhecendo assim que a capital oferece maior número de artistas deste segmento, foram convidados seis comediantes da capital para integrar o elenco do festival e circular pelo interior do RS. O intuito é estimular o trabalho de artistas locais que tenham vontade de fazer stand-up ou outro tipo de humor e não tenham espaço e/ou oportunidade para isso. Através do festival, artistas do interior podem ter vislumbrar a chance de criar um novo campo de trabalho na sua carreira e agradar ao público que consome a comédia pela internet e fazer desse público um público de comédia ao vivo.

*Este projeto foi contemplado com recursos da Lei Aldir Blanc 14.017/2020;

 

O festival acontecerá entre os dias 05 e 15 de maio de acordo com o seguinte roteiro:

APRESENTAÇÕES:

São Gabriel: 05/05 –Na Brasa Burger (Gen Mallet 674 – Centro) – 20 horas;

Rosário do Sul: – 06/05 – Pizzaria O Pedaço da Pizza (Rua João Brasil – 1297 – Centro) – 20 horas;

Alegrete:– 07/05 – UK Pizza Burger (Assis Brasil 983 – Cidade Alta) – 21 horas;

Uruguaiana: 08/05 – Vivenda das Artes (Gen Câmara 1403 – Centro) – 20 horas;

Porto Alegre: 15/05– Casa de Espetáculos (Visconde do Rio Branco 691 – Moinhos de Vento) –20 horas;

 

Em virtude da pandemia, as oficinas serão gratuitas e realizadas através de plataforma virtual. Por essa razão, pedimos aos interessados que preencham um formulário de inscrição (https://bityli.com/f5bs2) para que possamos organizar as datas e a plataforma de realização.

As apresentações acontecerão de acordo às regras vigentes de distanciamento controlado e aos protocolos de retomada do setor, sendo gravadas e transmitidas pela internet, no perfil do instagram @comedianaestradabr290 em um modelo híbrido de festival. Em São Gabriel, Rosário do Sul e Alegrete, o valor do ingresso é couvert artístico espontâneo (valor revertido para causas sociais da cidade). Em Porto Alegre e Uruguaiana, doação de alimentos.

FICHA TÉCNICA:

Direção e Produção Geral: Rodrigo Kão; 51 98581-3105

Produtores locaisSão Gabriel – Júlio Rocha; 55 99685-2069

Rosário do Sul – Celomar Marques; – 55 99977-7053

Alegrete – Eliane Silveira; 55 99631-8822

Uruguaiana – Helena Martins; 48 99167-5235

Porto Alegre – Nelly Coelho;  51 98529-9032

Assessoria de Imprensa e Mídias Sociais: Gustavo Saul; contato – 51 98154-0682

Artes Gráficas: Lucas Magnus

Elenco: Betina Câmara, Nelly Coelho, Dedé Leitão, Helena Martins, Índio Behn, Rodrigo Kão, Wilson Rosa, Ursa Malgarizi, Alan Abreu, Gian Pierre, Luisa Ampuero e Douglas Pereira;

Realização: Gemini Taurus – Produções Artísticas;

Apoio: Sesc e Fecomércio RS;

Financiamento: SEDAC RS – Secretaria Especial da Cultura – Governo Federal – através da Lei Aldir Blanc 14.017/2020;

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Prefeitura de Alegrete realiza ações alusivas ao maio amarelo

A Prefeitura Municipal de Alegrete, através da Secretaria de Segurança Pública Mobilidade e Cidadania, desenvolve ações alusivas ao Maio Amarelo, um dos maiores movimentos mundiais de atenção à vida, que este ano tem como tema o “Respeito e responsabilidade: pratique no trânsito”.

Entre as ações estão a fixação do laço amarelo, símbolo da conscientização e segurança no trânsito, nas principais pontos da cidade, a realização de uma blitz educativa na sexta-feira, 21 de maio, na Praça Getúlio Vargas, próximo ao Calçadão e também abordagens e blitz de fiscalização em dias e horários diversos, durante todo o mês .

O secretário de Segurança Pública, Mobilidade e Cidadania Rui Alexandre Medeiros, mencionou a importância da campanha Maio Amarelo. “Neste mês o mundo se volta para a prevenção e segurança no trânsito e ações direcionadas neste sentido são de extrema relevância na busca pela conscientização da população”, destacou.

Continue lendo

Cidade

Prefeitura lança campanha para reduzir gastos com luz, água, telefone e combustível

Reduzir os chamados gastos fixos através da conscientização dos servidores, esse é o objetivo do programa “Economia: isso é da nossa conta”, que acaba de ser implantado em todas as repartições da Prefeitura. O programa pretende reduzir em até 15% as contas com água, luz, telefone, combustíveis, material de expediente e evitar desperdícios em todos os prédios da Prefeitura de Alegrete.

A ideia é sensibilizar todos servidores municipais quanto aos métodos para reduzir o consumo de água, energia elétrica, telefone, combustíveis e material de expediente. Para isso, cada Secretaria e Assessoria da Administração recebeu uma cartilha com orientações e apresentando o objetivo da medida, que é controlar a evolução de algumas despesas públicas.

A iniciativa partiu da Secretaria de Finanças e Orçamento, sob coordenação do secretário José Luiz Cáurio. “A economia se faz no dia a dia, com a colaboração dos servidores”, alerta. Segundo ele, a meta é que a prefeitura trabalhe cada vez mais com uma série de cortes nas despesas públicas para buscar sempre manter equilibrada as contas do município em um momento de aumento de gastos e redução de arrecadação devido à pandemia do coronavírus. “É nossa função zelar pelo dinheiro público, nos mínimos detalhes”, declarou o secretário.

O prefeito Márcio Amaral enfatiza que, por exemplo, desligar o computador durante ausência prolongada, apagar as luzes, utilizar o telefone para recados rápidos, entre muitos outros, são ações que trazem economia e dependem, somente, da mudança de hábitos. “Vamos levar o programa e pedir a colaboração de todos os servidores que serão os responsáveis pela redução nas despesas. Com medidas simples é possível reduzir, de forma significativa, os gastos com água, luz, telefone e combustível”, considera Amaral.

Continue lendo

Cidade

Procon realiza fiscalização estabelecimentos de revenda de gás

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, através do Procon, está realizando fiscalização nos postos de revenda de gás no município de Alegrete.

“O objetivo desta fiscalização é analisar se todos os estabelecimentos estão praticando os preços dentro da legalidade e se estão atendendo as normas da Agência Nacional do Petróleo”, destacou o diretor do Procon Geferson Cambraia.

O Procon também está analisando questões referentes a documentação para abertura do estabelecimento como alvará de funcionamento, presença do Código de Defesa do Consumidor, telefone do Procon fixado em local visível aos consumidores, tabela de preços e a balança para a pesagem dos botijões de gás, conforme inciso VI do artigo 26 da Resolução nº51/2016 da ANP e segundo a lei federal 8.078/91 (Código de Defesa do Consumidor).

Os estabelecimentos que apresentarem irregularidades terão um prazo estipulado pelo Procon para regularizar a situação. Esta fiscalização se estende durante todo o mês de maio.

Durante a fiscalização, foi feita também uma pesquisa de preços do botijão de gás nos aproximadamente 12 estabelecimentos visitados pelos técnicos do Procon.

O menor preço de venda com retirada no local, foi de R$ 79,00 e maior preço foi de R$ 85,00. Já o menor preço com entrega à domicílio foi encontrado por R$ 84,90 e o maior preço por R$ 93,00.

A pesquisa completa está disponível na página do Procon, no site da Prefeitura de Alegrete.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular