Contato

Corona Vírus

China constrói campo de quarentena de Covid-19 para 4 mil pessoas

China está correndo para construir um campo de quarentena gigante, que pode abrigar mais de 4.000 pessoas, após um surto de Covid-19 neste mês que deixou dezenas de milhares de pessoas sob lockdown rígido. 

O camo de quarentena está na periferia de Shijiazhuang, a capital da província de Hebei, que fica ao redor da capital do país, Pequim. 

A China conteve largamente a transmissão do vírus, com a maior parte do país voltando às atividades normais. Contanto, um aumento súbito dos casos alarmou as autoridades e causou preocupação antes do Ano Novo Lunar, o festival anual mais importante do país, durante o qual centenas de milhões de pessoas viajam para encontrar seus familiares.

Funcionários de Shijiazhuang, onde o surto está centralizado, começaram a testar em massa e aplicar restrições rígidas, movendo vilas inteiras para instalações de quarentena numa tentativa de frear o contágio. 

O novo campo de quarentena vai abrigar pessoas que tiveram contato com pacientes confirmados da Covid-19, confirme as autoridades continuam a executar um programa de testagem e monitoramento de contato.

Originalmente, era planejado que abrigasse 3.000 pessoas, mas foi expandido para capacidade de 4.160. Mais de 4.000 operários trabalharam por seis dias e noites para completar a primeira fase da construção, disse o prefeito-adjunto de Shijiazhuang, Meng Xianghong, nesta terça (19). 

As autoridades começaram a construção em 13 de janeiro e a primeira seção do campo foi finalizada e está pronta para uso. A construção continua para a segunda fase agora, de acordo com o canal estatal CCTV. 

Cada sala pré-fabricada mede 18 metros quadradas e vem com um banheiro e um chuveiro, escrivaninhas, cadeiras, camas, Wi-Fi e um televisor, de acordo com a CCTV. 

No mapa, Shijiazhuang, capital da província de Hebei, próxima de Pequim
No mapa, Shijiazhuang, capital da província de Hebei, próxima de Pequim
Foto: Reprodução/Google Maps

A tarefa ambiciosa lembra esforços durante os estágios iniciais da pandemia, durante a qual as autoridades construíram várias instalações médicas do zero, incluindo um hospital de 1.000 camas em apenas 10 dias. 

Nesta terça, a China relatou 103 novos casos confirmados e 58 infecções assintomáticas, que são contadas separadamente, espalhados por quatro províncias. A província de Hebei agora tem um total de 818 casos ativos que foram transmitidos localmente, e mais de 200 infecções assintomáticas, de acordo com a comissão de saúde da província. 

Na última quarta, um paciente morreu em Hebei —a primeira morte relacionada à Covid-19 no país em 242 dias. 

O número total de casos confirmados de Covid-19 na China territorial agora é de 88.557, enquanto a contagem de mortes oficial é 4.635. 

Para tentar conter o surto, as autoridades colocaram Shijiazhuang sob lockdown desde 8 de janeiro, com todos os 11 milhões de residentes proibidos de deixarem a cidade. 

Mais de 20 mil cidadãos de 12 vilas de Shijiazhuang foram realocados para outros locais de quarentena como medida preventiva, reportou o veículo estatal CGTN na semana passada. 

Até o momento, mais de 17 milhões de pessoas foram testadas em Gebei, com as autoridades atualmente executando um segundo round de testagem em massa na cidade e nas próximas Xingtai e Langfang.

As autoridades de Hebei agora estão clamando que os moradores fiquem em casa, com funcionários sendo enviados para áreas urbanas e rurais para garantir que as pessoas não estejam viajando dentro da província e para Pequim. 

Em resposta à ameaça, as autoridades de Pequim aumentaram os esforços de testagem e de monitoramento depois que casos foram confirmados no distrito fronteiriço Daxing, e anunciou nesta quarta (20) que fecharia as duas estações de metrô nas proximidades até segunda ordem. 

Na província do nordeste Jilin, 102 casos foram ligados a um único “supertransmissor”, um vendedor que trabalhou da sua províncianatal, Heiongjiang. 

(Texto traduzido, leia o original em inglês)

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Corona Vírus

Um óbito registrado nesta quinta feira

Nesta quinta-feira (13) foram registrados 31 casos positivos, 21 mulheres e 10 homens, com idades entre 01 ano e 78 anos. Também foram registrados 16 recuperados. Hoje foi registrado o óbito de um homem de 45 anos.
Há 10 pacientes na UTI Covid, sendo 08 confirmados.
No Hospital de Campanha há 14 pacientes, 08 confirmados. A UTI Covid possui 15 leitos, dessa forma há 05 leitos disponíveis.
No Hospital de Campanha há 16 leitos disponíveis. Na UTI não-covid há 08 leitos, os 08 estão ocupados.
Atualmente são 9.635 casos confirmados, com 9.254 recuperados, 165 ativos (150 estão ativos em isolamento domiciliar e 15 hospitalizados positivos de Alegrete) e 216 óbitos.
Foram realizados 30.330 testes, sendo 20.506 negativos, 9.635 positivos e 169 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 719 pessoas.
Continue lendo

Corona Vírus

Dias mais estáveis. Um óbito nesta quarta-feira

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Nesta quarta-feira (12) foram registrados 29 casos positivos, 12 mulheres e 17 homens, com idades entre 17 e 68 anos. Também foram registrados 11 recuperados. Hoje foi registrado o óbito de uma mulher de 62 anos.

Há 09 pacientes na UTI Covid, sendo 06 confirmados. No Hospital de Campanha há 12 pacientes, 07 confirmados. A UTI Covid possui 15 leitos, dessa forma há 06 leitos disponíveis. No Hospital de Campanha há 18 leitos disponíveis. Na UTI não-covid há 08 leitos, os 08 estão ocupados.

Atualmente são 9.604 casos confirmados, com 9.238 recuperados, 151 ativos (141 estão ativos em isolamento domiciliar e 10 hospitalizados positivos de Alegrete) e 215 óbitos.

Foram realizados 30.174 testes, sendo 20.445 negativos, 9.604 positivos e 125 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 621 pessoas.

Continue lendo

Corona Vírus

Pessoas com 33 anos ou mais com comorbidades receberão vacina nesta quinta feira

Bom dia! Ampliamos a faixa etária para aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 para pessoas com comorbidades, passando a imunizar a partir desta quinta-feira, 13, a partir da 8h, pessoas com 33 anos ou mais.
A vacinação ocorre em todas as UBSs com sala de vacinação.
Não haverá drive thru.
Pessoas com as seguintes comorbidades podem se vacinar:
– Diabetes
– Pneumopatias crônicas graves (ex.: asma)
– Hipertensão arterial
– Doenças cardiovasculares (ex.: insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, síndromes coronarianas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas, dispositivos cardíacos implantados)
– Doença cerebrovascular (ex.: AVC)
– Doença renal crônica
– Imunossuprimidos (ex.: transplantados, pessoas com HIV, pacientes oncológicos)
– Hemoglobinopatias graves
– Obesidade mórbida
– Cirrose Hepática
A imunização continua para pessoas com deficiência cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), pessoas com Síndrome de Down, pessoas com 60 anos ou mais, profissionais de saúde, trabalhadores de apoio aos serviços de saúde acima de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose da vacina e pessoas com HIV/Aids.
Gestantes e puérperas – Em virtude de nota divulgada pela Anvisa sugerindo que deve ser evitada a vacinação de gestantes com a vacina Astrazeneca/Oxford, a SMS suspendeu a imunização de gestantes e puérperas com esta vacina até segunda ordem.
Documentos:
No momento da vacinação, é necessário apresentar documento de identidade com foto. Pessoas com comorbidades devem apresentar ainda original e cópia de um dos seguintes documentos: laudo médico, atestado, prescrição de medicamento ou exame.
Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular