Contato

Manchete

O Ministério da Saúde solicitou ao Instituto Butantan a entrega imediata de 6 milhões de doses importadas da Coronavac.

O Ministério da Saúde solicitou ao Instituto Butantan a “entrega imediata” das 6 milhões de doses importadas da China que foram objeto do pedido de autorização de uso emergencial à Anvisa. 

O diretor do Departamento de Logística em Saúde do Ministério, Roberto Ferreira Dias, enviou ofício ao diretor do Butantan, Dimas Covas, solicitando as vacinas que o governo paulista importou da China.

“Solicitamos os bons préstimos para disponibilizar a entrega imediata das 6 milhões de doses importadas e que foram objeto do pedido de autorização de uso emergencial perante a ANVISA”, diz o ofício.

“Ressaltamos a urgência na imediata entrega do quantitativo contratado e acima mencionado, tendo em vista que este Ministério precisa fazer o devido loteamento para iniciar a logística de distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa, conforme cronograma previsto no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a COVID-19, tão logo seja concedido a autorização pela agência reguladora, cuja decisão está prevista para domingo, dia 17 de janeiro de 2021.”

 

 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Farmácia Móvel divulga cronograma para o mês de março

A Prefeitura de Alegrete, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, divulga o cronograma da Farmácia Móvel para março. O veículo equipado para a distribuição de medicamentos percorre as ESF´s dos bairros da cidade e localidades do interior de Alegrete, das 13h30min às 17h, oferecendo os medicamentos ofertados na farmácia municipal . Devido a reforma no ESF Saint Pastous, a farmácia estará atendendo no ESF Dr. Romário, assim como os demais atendimentos da unidade de saúde. Para retirar os medicamentos na farmácia móvel é imprescindível portar: RECEITA MÉDICA, CARTÃO SUS , CPF E RG.

Cronograma Farmácia Móvel – Março

Horário: das 13h30min as 17h00min
01/03 – ESF Piola

02/03 – ESF Promorar

03/03 – Centro Social Urbano

04/03 – ESF Dr. Romário

05/03 – ESF Passo Novo

08/03 – ESF Rondon (13h30min as 15h30min) + ESF Vera Cruz (15h45min as 17h00min)

09/03 – ESF Saint Pastous ( será realizado na ESF Dr Romário)

10/03 – ESF Prado

11/03 – ESF Vila Nova

12/03 – ESF Nova Brasília

15/03 – ESF Piola

16/03 – ESF Promorar

17/03 – Centro Social Urbano

18/03 – ESF Dr. Romário

19/03 – ESF Passo Novo

22/03 – ESF Rondon (13h30min as 15h30min) + ESF Vera Cruz (15h45min as 17h00min)

23/03 – ESF Saint Pastous ( será realizado na ESF Dr Romário)

24/03 – ESF Prado

25/03 – ESF Vila Nova

26/03 – ESF Nova Brasília

29/03 – ESF Promorar

30/03 – ESF Prado

31/03 – ESF Passo Novo

Continue lendo

Manchete

Confira as regras da bandeira preta no RS

A partir de sábado, todo o Rio Grande do Sul estará sob bandeira preta no modelo de distanciamento controlado. Com o cenário de colapso no sistema de saúde estadual, as regras mais restritivas irão valer ao menos até o outro domingo, em todas as regiões.

Nesta quinta, o RS chegou à casa dos 90% da ocupação de seus leitos de UTI. Com mais de 624 mil casos ao todo de Covid-19, o Estado já reportou 12.149 vítimas.

São elas: 

– Educação infantil, 1º e 2º anos do Ensino Fundamental liberados para presencial, respeitando distanciamento de 1,5m entre classes; Demais séries do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Técnico e Ensino Superior (incluindo graduação e pós-graduação) só podem ocorrer de forma remota. 

– No serviço público, apenas áreas da saúde, segurança, ordem pública e atividades de fiscalização atuam com 100% das equipes. Demais serviços atuam com no máximo 25% dos trabalhadores presencialmente. Os serviços essenciais à manutenção da vida, como assistência à saúde humana e assistência social, seguem operando com 100% dos trabalhadores e atendimento presencial.

– Restaurantes podem funcionar apenas com telentrega e pague e leve, e 25% da equipe de trabalhadores. Essa definição também vale para lanchonetes, lancherias e bares. Salões de beleza e barbearias permanecem fechados, assim como serviços domésticos.

– Comércio atacadista e varejista de itens essenciais pode funcionar de forma presencial, mas com restrições: equipes de no máximo 25% dos trabalhadores são permitidas. Comércio de veículos, atacadista e varejista não essenciais ficam fechados.

– Cursos de dança, música, idiomas e esportes também não têm permissão para funcionar presencialmente. 

– No lazer, ficam proibidos de atuar parques temáticos, zoológicos, teatros, auditórios, casas de espetáculos e shows, circos, cinemas e bibliotecas. Demais tipos de eventos, seja em ambiente fechado ou aberto, não devem ocorrer.

– As academias, os centros de treinamento, as quadras, os clubes sociais e esportivos também devem permanecer fechados. Todas as áreas comuns das áreas de lazer dos condomínios deverão permanecer fechadas, incluindo academias.

– Locais públicos abertos, como parques, praças, faixa de areia e mar, devem ser utilizados somente para circulação, respeitado o distanciamento interpessoal e o uso obrigatório e correto de máscaras. É proibida a permanência nesses locais.

– Missas e serviços religiosos podem operar sem atendimento ao público, com 25% dos trabalhadores, para captação de áudio e vídeo das celebrações. 

– Os bancos, lotéricas e similares podem realizar atendimento individual a clientes, sob agendamento, com 50% dos funcionários. E no transporte coletivo municipal e metropolitano de passageiros, é permitido ocupar 50% da capacidade total do veículo, com janelas abertas.

Continue lendo

Manchete

Mais de 210 mil doses de vacinas contra o coronavírus já foram distribuídas aos municípios do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

A Secretaria da Saúde (SES) distribuiu a municípios, na manhã desta quinta-feira (25), mais 219,2 mil doses de vacinas contra a Covid-19. O repasse compreende os dois lotes recebidos pelo Estado no dia anterior: 135 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca e 84,2 mil da CoronaVac.

Em acordo construído ontem com os municípios, esses lotes serão utilizados para a segunda dose da CoronaVac a trabalhadores da saúde, indígenas e residentes institucionalizados em lar de idosos, os quais já tinham tido as primeiras doses nos repasses de 1º e 8 de fevereiro. Além desses, a remessa permitirá uma ampliação nos grupos de idosos, para quem será destinada a primeira dose com a vacina da AstraZeneca.

“Como já imunizamos os idosos de 85 anos ou mais, agora chegou a hora de ampliar a vacinação desse grupo. Os municípios devem começar com os de 84 anos, e ir diminuindo gradativamente a idade, enquanto houver doses disponíveis. Precisamos aproveitar de forma integral todas as vacinas”, disse a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

As faixas etárias específicas a serem atendidas podem variar de município para município, já que a quantidade é baseada em projeções do censo do IBGE sujeitas a variações. Essa definição cabe a cada secretaria municipal de saúde, conforme disponibilidade de doses.

Logística dos envios

A distribuição aos municípios ocorre por via aérea – com o apoio do Batalhão de Aviação da Brigada Militar – e por via terrestre. Uma aeronave da BM realiza roteiro a partir de Porto Alegre para as cidades de Erechim (cargas para a 6ª e 11ª coordenadorias regionais de saúde – CRS), Palmeira das Missões (2ª e 15ª CRS), Santo Ângelo (9ª, 12ª, 14ª e 17ª CRS), Bagé (7ª CRS) e Pelotas (3ª CRS).

Para Caxias do Sul, decolou também durante a manhã o helicóptero da Brigada Militar com as doses para a 5ª CRS. O helicóptero da Polícia Civil seguiu para Santa Maria, com as doses das 4ª e 10ª regionais da SES. Esses roteiros foram todos acompanhados pelos servidores da SES Greice Magrin, Adriana Flores e Delanei Salgado.

Outras coordenadorias regionais com sedes mais próximas da capital retiram seus lotes na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi) da SES em Porto Alegre. São os casos das CRS com sede em Porto Alegre, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul, Lajeado e Osório, assim como a própria secretaria municipal de saúde da capital. Assim que chegarem nas regionais, as caixas serão fracionadas e encaminhadas aos municípios.

 

Por Redação O Sul

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular