Contato

Corona Vírus

O número diário de infectados ainda é alto

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Nesta quarta-feira, 30, foram registrados 44 casos positivos de Covid-19 e 42 recuperados. Os positivos são 26 mulheres e 18 homens, com idades entre 6 e 76 anos. Todos estão em isolamento domiciliar.

São 2.645 casos confirmados, com 1.886 recuperados, 724 ativos (715 em isolamento domiciliar e 09 hospitalizados positivos de Alegrete) e 35 óbitos. Há 06 hospitalizados na UTI Covid e 03 no hospital de campanha.

Foram realizados 13.158 testes, sendo 10.424 negativos, 2.645 positivos e 89 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 633 pessoas.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Corona Vírus

Números represados no fim-de-semana assustam nesta segunda-feira

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Nesta segunda-feira (12) foram registrados 103 casos positivos, 68 mulheres e 55 homens, com idades entre 02 e 79 anos. Também foram registrados 87 recuperados. Hoje, até a publicação do boletim, não foram registrados óbitos.

Há 15 pacientes na UTI Covid, sendo 10 confirmados. No Hospital de Campanha há 23 pacientes, 17 confirmados e na UPA há 01 internado, 01 confirmado. A UTI Covid possui 15 leitos, dessa forma não há leitos disponíveis. No Hospital de Campanha há 07 leitos disponíveis. Na UPA há 24 leitos disponíveis. Na UTI não-covid há 08 leitos, 06 estão ocupados.

Atualmente são 8.747 casos confirmados, com 8.388 recuperados, 170 ativos (144 estão ativos em isolamento domiciliar e 26 hospitalizados positivos de Alegrete) e 189 óbitos.

Foram realizados 27.573 testes, sendo 18.782 negativos, 8.747 positivos e 44 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 920 pessoas.

Continue lendo

Corona Vírus

Queda nas mortes de profissionais da saúde pode estar associada à vacinação

Levantamentos preliminares de casos e mortes por coronavírus entre profissionais de saúde mostram que a vacinação da categoria, iniciada em janeiro deste ano, começa a surtir efeito.

Não há estudos conduzidos apenas com imunizados, e os parâmetros de avaliação divergem entre diferentes instituições, mas o avanço da imunização traz alento e esperança a quem trabalha na linha de frente do combate à doença.

O Conselho Federal de Medicina (CFM), por exemplo, aponta uma queda de 83% no número de médicos mortos em março, na comparação com janeiro, período em que grande parte dos profissionais de saúde começou a ser vacinada. Em janeiro, 59 profissionais morreram no país, confirme o CFM. Em fevereiro, o número caiu para 24 e, em março, foram apenas 10. “São trabalhos muito iniciais, mas sinalizam um caminho de melhora, como ocorreu em outros países”, diz Helena Carneiro Leão, vice-corregedora do CFM.

Queda

No Ceará, um levantamento da Escola de Saúde Pública do estado concluiu que a vacinação fez despencar os casos de infecção nos profissionais de saúde após a aplicação das duas doses da vacina CoronaVac, impedindo que a segunda onda da pandemia se disseminasse entre a categoria.

Enquanto na população do estado foram notificados 32.768 casos entre 8 e 14 de março — 74,6% a mais do que no pico de 2020 —, entre os profissionais de saúde houve queda de 72%, com apenas 355 infecções registradas. No estado, 238 mil funcionários do setor (93,5% do total) já receberam as duas doses da CoronaVac.

Superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará, Marcelo Alcântara avalia que houve tempo para a imunização ocorrer antes da nova onda, no fim de fevereiro.

Em alguns estados é possível observar que a disseminação da doença entre profissionais de saúde está menor do que na população em geral. Em Pernambuco, enquanto os casos confirmados de Covid-19 entre trabalhadores na saúde caíram 9% em março em relação a janeiro, na população em geral houve alta de 27%.

Na Bahia, os casos confirmados no estado cresceram 25,8% em março, se comparados a janeiro. Entre os profissionais de saúde, houve uma queda de 24,4%.

No Paraná, segundo dados da Secretaria de Saúde, em dezembro de 2020 os profissionais de saúde representavam 3,4% dos casos positivos. No dia 31 de março, correspondiam a 2,3% dos casos.

No Hospital das Clínicas de São Paulo, onde mais de 20 mil funcionários foram vacinados, houve redução de casos, com efetividade de até 73,8%. Na terceira semana de janeiro, quando começou a imunização, foram registrados 16,2 mil novos casos de Covid-19 na cidade, enquanto no complexo hospitalar, houve 51. Na última semana de março, os casos no município alcançaram 23,9 mil, mas no HC foram 46. Segundo o hospital, sem a vacina, o número poderia ter ultrapassado 175.

Veja o que muda: Rio e SP flexibilizam medidas de restrição contra a Covid

No hospital Sírio Libanês, houve redução de 30% no absenteísmo — ausências ou afastamentos — de funcionários da linha de frente, por Covid-19 ou síndromes gripais, se comparados os períodos pré e pós imunização.

“É uma redução sensacional, pois aumentamos a presença de pacientes, de colaboradores, e, ainda assim, reduzimos o afastamento”, afirma Octávio Augusto Camilo de Oliveira, Coordenador Médico da Saúde do Colaborador. Segundo ele, de janeiro para cá, o hospital ampliou o número de leitos dedicados a pacientes com Covid-19 e contratou 900 funcionários.

Na Santa Casa de Araraquara, município paulista onde 93% dos casos são da variante brasileira P.1 do vírus, levantamento com 980 profissionais de enfermagem e apoio, excluindo médicos e residentes, mostrou apenas dois casos desde 10 de março passado.

É preciso lembrar que, em média, no caso da CoronaVac, o sistema imune produz anticorpos suficientes apenas a partir do 15º dia da aplicação da segunda dose.

Continue lendo

Corona Vírus

Alegrete já registrou 189 óbitos por Covid-19 até agora

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Neste domingo (11) foram registrados 18 casos positivos, 12 mulheres e 06 homens, com idades entre 05 e 84 anos. Também foram registrados 73 recuperados. Ontem (10), após a publicação do boletim, foram registrados os óbitos de dois homens, de 31 e 61 anos e de três mulheres, duas de 62 anos e uma de 55 anos. Hoje, até a publicação do boletim, foram registrados os óbitos de uma mulher de 56 e de um homem de 67 anos.

Há 15 pacientes na UTI Covid, sendo 10 confirmados. No Hospital de Campanha há 26 pacientes, 19 confirmados e na UPA são 10 internados, 05 confirmados. A UTI Covid possui 15 leitos, dessa forma não há leitos disponíveis. No Hospital de Campanha há 04 leitos disponíveis. Na UPA há 15 leitos disponíveis. Na UTI não-covid há 08 leitos, 06 estão ocupados.

Atualmente são 8.647 casos confirmados, com 8.301 recuperados, 157 ativos (126 estão ativos em isolamento domiciliar e 31 hospitalizados positivos de Alegrete) e 189 óbitos.

Foram realizados 27.431 testes, sendo 18.722 negativos, 8.647 positivos e 62 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 1.172 pessoas.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular