Contato

Polícia

Todo o RS está em bandeira laranja a partir desta sexta-feira

O mais recente mapa do Distanciamento Controlado do mês de setembro, divulgado nesta sexta-feira (25/9), revela uma situação pela qual muitos gaúchos esperavam: a melhora de indicadores. Todas as 21 regiões Covid estão classificadas, nesta 21ª rodada, em bandeira laranja (risco epidemiológico médio). O mapa foi divulgado pelo governador Eduardo Leite em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Novos registros de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que resultaram em diagnóstico confirmado de Covid-19, caíram 25% nas últimas semanas – de 1.016 para 793. Além disso, entre as duas últimas quintas-feiras, o número de óbitos causados pela doença reduziu 19%, de 338 para 273.

Os internados em UTI por SRAG caiu 9% (de 884 para 806) e o número de internados em leitos de UTI com Covid-19 reduziu 5% (de 693 para 658). Esses declínios, constatados entre as duas últimas quintas-feiras, resultaram na elevação do número de leitos de UTI adulto livres, que cresceu 11% entre as últimas quintas-feiras, de 614 para 684.

Até o momento, o cenário de um mapa totalmente alaranjado ainda não havia se apresentado no Estado. A última vez que o RS registrou bandeira amarela (risco epidemiológico baixo) foi na oitava rodada (duas regiões), entre os dias 30 de junho e 6 de julho. Desde então, o mapa oscilava entre bandeiras vermelhas e laranja.

Veja o mapa preliminar da 21ª rodada: https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

Em todo o Estado, se observou melhora em todos os indicadores, em especial nas novas hospitalizações (-25%) e em óbitos (-19%). Com isso, ficaram mais leitos livres.

Mesmo com o aumento dos pacientes internados por outros motivos, a queda do número de internados por Covid-19 e a abertura de novos leitos se traduziu em elevação na razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19.

Na 20ª rodada do Distanciamento Controlado, quatro regiões (Novo Hamburgo, Cruz Alta, Santo Ângelo e Porto Alegre) estavam classificadas em vermelho. A melhora nos indicadores de capacidade de atendimento das macrorregiões e do Estado fez com que a média ponderada das quatro regiões caísse, sendo possível classificá-las em laranja.

Regra 0-0

Como todas regiões estão classificadas em bandeira laranja, não será necessário, nesta rodada, aplicar a Regra 0-0, que permite que municípios pertencentes a regiões em bandeira vermelha e que não tenham registro de óbito ou de hospitalização de moradores nos últimos 14 dias possam adotar regras da bandeira laranja.

No entanto, a título de informação, dos 497 municípios (11.329.605 habitantes) em bandeira laranja, 248 (11,2%, 1.272.632 habitantes) não apresentaram hospitalizações e óbitos nos últimos 14 dias.

Regiões em cogestão

Das 21 regiões em bandeira laranja, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba ainda não aderiram ao sistema de cogestão do Distanciamento Controlado. As outras 18 já adotam protocolos alternativos às bandeiras definidas pelo governo – Santa Maria, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Palmeira das Missões, Erechim, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado.

Paralelamente aos pedidos de cogestão, o Estado aceitará pedidos de reconsideração à classificação de risco, que pode ser feito via associação regional ou pelo próprio município, exclusivamente por meio de formulário eletrônico (pelo link https://forms.gle/BCEL7snSXYmkhXzAA), no prazo máximo de 36 horas após a divulgação do mapa preliminar – até as 6h de domingo (27/9).

A adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, na tarde de segunda-feira (28/9), por meio de notícia publicada no site do governo do Estado. A vigência das bandeiras da 21ª rodada começa à 0h de terça-feira (29/9) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (5/10).

Alertas

A equipe que monitora o modelo atenta para o elevado crescimento de novos registros de hospitalizações por Covid-19 nos últimos sete dias nas regiões de Santa Maria e Bagé. Em Santa Maria, o aumento foi de 61,8% (de 34 para 55 casos), e em Bagé, de 50% (de oito para 12 casos).

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Polícia

Caminhão que incendiou carregava carga de silicone

Na noite de ontem, por volta das 21:45, no Km 544, da BR-290, um caminhão pegou fogo e parou no acostamento. Os bombeiros estiveram no local e apagaram as chamas. A via ficou interditada por cerca de 3 horas.
Não se tratava de produto químico. Estava carregado com fibra de silicone. Houve perda total.

Continue lendo

Polícia

Polícia Civil prende ex Secretário Municipal de Uruguaiana na Operação Barriga Verde

Operação Barriga Verde é deflagrada no combate ao Roubo de Cargas e Fraude à Licitação e já ptendeu com R$ 60 mil em casa um ex-Secretário Municipal.

A Operação Barriga Verde no município de Uruguaiana, com o objetivo de desarticular organização criminosa responsável por crimes de Fraude à Licitação e Roubo de Cargas.

A Operação é resultado de investigação da DCOR (Delegacia de Combate à Corrupção) da Polícia Civil de Santa Catarina.

Na ação estão sendo cumpridos 01 mandado de prisão preventiva e 06 mandados de busca e apreensão em Uruguaiana. Também estão sendo cumpridas ordens judiciais em Blumenau e Camboriú.

Conforme as investigações, os suspeitos de Fraude à Licitação utilizavam empresas de fachada em Uruguaiana.

Na quarta-feira um Secretario Municipal e uma diretora foram apontados como operadores de um esquema de compra de alcool/gel superfaturado. A operação foi desencadeada pelo MP.

Continue lendo

Polícia

PRF prende homem perigoso e armado dirigindo carro na 290

O preso, com antecedentes por dois homicídios, portava um revólver com a numeração raspada

Na noite desta terça-feira (27), a Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem que dirigia portando ilegalmente um revólver na cintura. O fato ocorreu na BR 290, em Alegrete.

Durante o policiamento na rodovia, os policiais suspeitaram da maneira que era conduzido um Astra, com placas de Alegrete, que passava em frente à unidade da PRF. Os agentes então foram atrás do veículo e realizaram a abordagem.
Ao conferirem os antecedentes do motorista, constataram extensa ficha criminal, incluindo dois homicídios, dentre outros crimes. Foram realizadas buscas pessoal e veicular, sendo encontrado um revólver calibre 38, com numeração raspada, e seis munições intactas na cintura do motorista, que alegou estar portando a arma para se proteger de seus inimigos.

O homem, de 31 anos natural de Alegrete, foi encaminhado à Polícia Civil na cidade, juntamente com o revólver e as munições. Ele responderá por porte ilegal de arma de fogo.

Continue lendo

Popular