Contato

Polícia

Homem liberta criança após mais de 4 horas de negociações em Passo Fundo

Após mais de quatro horas de negociações com a Brigada Militar e Polícia Civil, o homem que fez um menino de 11 anos como refém libertou a criança às 15h15min desta terça-feira em Passo Fundo. A Polícia Civil informou que ele foi preso em flagrante e levado para delegacia para o registro da ocorrência. Logo mais, será encaminhado ao Presídio Regional de Passo Fundo.

O homem que havia fugido de uma abordagem policial na avenida Rio Branco, no final da manhã de hoje, entrou na residência da criança e usou uma faca para ameaçá-la de morte. A mãe e uma menina de seis anos de idade que estavam na casa conseguiram fugir. O indivíduo solicitou a presença da imprensa para negociar com a polícia. 

Durante o período de conversa com os policiais, o criminoso solicitou duas marmitas para ele e a criança. Às 14h, a Polícia conduziu a mãe do menino até o interior da casa, em mais um ato da negociação, mas só depois de uma hora o menino foi libertado e o sequestrador preso.

De acordo com o comandante do 3º Regimento de Polícia Montada (3º RPMon), Tenente-Coronel Volnei Ceolin, o homem se entregou de forma tranquila, sem haver a necessidade de invasão. Ninguém ficou ferido na operação. 

Operação conjunta 

O cenário do sequestro e cárcere privado ocorreu no bairro Fátima. Policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Brigada Militar de Porto Alegre se deslocaram de helicóptero a Passo Fundo para atuar no caso.

Dezenas de moradores se aglomeraram nas proximidades do local e acompanhavam a situação. A Brigada Militar informou que, no início da negociação, o homem exigiu a presença da imprensa e solicitou que lhes fosse entregue um casaco. Também pediu a presença da mãe e por último um advogado. Todos os pedidos foram atendidos pelos policiais militares.

Os agentes da Polícia Civil da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA) acompanharam ocorrência. Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros também estiveram no local. 

O trânsito na quadra onde está localizada a residência foi interrompido desde o início da ocorrência.

 Homem foi liberado por causa do coronavírus 

Segundo a polícia, o homem estava detido num presídio da região Norte e foi liberado em razão da situação do coronavírus. Ele teria se deslocado a Passo Fundo para visitar a sua irmã quando foi abordado pela Brigada Militar. Segundo a polícia, o homem tinha um mandado de prisão expedido pela Comarca de Santa Maria.

 
Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Militar surpreende ladrões é atacado com faca e deixa um ferido

Um militar morador no bairro Jardim Planalto, surpreendeu dois ladrões que adentraram a sua casa que está em construção. O local já havia sido furtado duas vezes e o proprietário resolveu dormir no local para rondar os meliantes.

Por volta das 02 horas da madrugada, desta sexta-feira(15), ele surpreendeu dois ladrões, quando adentraram ao recinto.

Um deles fugiu e o outro investiu contra ele com uma faca. Ele conseguiu se esquivar dos golpes defendendo-se com um facão, cortando uma das mãos do ladrão e sua perna.

Ferido, o ladrão tentou fugir, mas, caiu logo em seguida em frente à casa em construção. O militar que não se feriu, chamou a Brigada Militar e o socorro à vítima.

Na Delegacia de Polícia, foi feito registro simples por furto tentado.

Continue lendo

Polícia

Número de casos desta quinta-feira no RS é de 4.923 infectados

O Rio Grande do Sul registrou 4.923 novos casos de Covid-19 e mais 91 mortes provocadas pela doença, de acordo com balanço divulgado na tarde desta quinta-feira (14) pela Secretaria Estadual da Saúde.

Com essas novas ocorrências, o total de casos confirmados de coronavírus no Estado subiu para 495.585. Já o número de óbitos aumentou para 9.790.

Entre as pessoas infectadas pela Covid-19 no RS, 468.848 (95% dos casos) já se recuperaram da doença, que atinge todos os municípios gaúchos.

Os dados atualizados da pandemia no Estado podem ser acessados aqui.

Continue lendo

Manchete

Trabalho eficiente e integrado da Policia resulta na prisão dos autores do homicídio de Osório Fernandes Neto

A Polícia Civil realizou na cidade de Alegrete a prisão dos autores do homicídio de Osório Fernandes Neto, ocorrido no último sábado.
A prisão preventiva se deu após pedido do delegado de Polícia.
O delegado e a equipe de investigação realizaram a prisão na manhã dessa terça-feira.
Declaração do delegado: “A Policia Civil desde o cometimento do crime trabalhou incansavelmente na resolução do crime, e após haver elementos de prova suficientes, realizou o pedido de prisão, o qual somente foi possível ser cumprido, devido a eficiência dos servidores do Ministério Público e do Poder Judiciário, os quais, assim como os policias, trabalharam no período noturno na análise do pedido e das provas apresentadas.”
O caso demonstra o comprometimento de todas as instituições em buscar oferecer respostas adequadas aos crimes que atingem a cidade a Cidade de Alegrete.
Créditos: Policia Civil
Continue lendo

Popular