Contato

Esportes

Cebolinha comanda virada gremista contra o São Paulo

Na noite desta quinta-feira, o Grêmio encarou o São Paulo, na Arena, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. De virada, venceu por 2 a 1 a equipe paulista.

O jogo não começou favorável para os gremistas, que logo aos 3 minutos da primeira etapa, sofreram um gol, marcado por Diego Souza, depois de falha defensiva. O Grêmio se ajustou e passou a atacar, mas teve dificuldades para criar, visto a forte marcação adversária.

No entanto, nos minutos finais, já aos 47′, o Tricolor enfim conseguiu chegar ao gol de empate. Everton  foi para cima de Militão, cortou pra perna direita e chutou forte, sem chances de defesa do arqueiro paulista.

No segundo tempo, as duas equipes fizeram um jogo equilibrado, mas foi o Grêmio quem conseguiu os resultados. Imprimindo melhor o seu ritmo na partida, pressionou e conseguiu a virada. Aos 15 minutos, Everton recebeu passe, driblou a marcação e chutou, mandando pela segunda vez para o fundo das redes. E Cebolinha ainda assinou o  terceiro gol, mas esse foi anulado pela arbitragem por impedimento do atacante.

Renato providenciou suas alterações: tirou Maicon, Leonardo Gomes e Luan para colocar Jailson e Thaciano e Marinho.

Com o resultado, o Tricolor alcança 26 pontos e ocupa a quarta colocação momentaneamente.

 

Primeiro Tempo

A primeira oportunidade criada foi paulista e em cobrança de falta. Nenê alçou a bola na área, mas a defesa gremista fez o corte. Pressionando, no lance seguinte, aos 3 minutos, Everton chutou para a área,  Geromel não conseguiu o desarme e a bola chegou até Arboleda, que só acionou Diego Souza livre. O atacante só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol.

Em resposta, aos 8′, em contra-ataque, Maicon serviu Luan no meio, que acionou Everton. O atacante partiu em velocidade pela esquerda, puxou pro meio e finalizou, mas a bola passou à direita do arqueiro adversário.

Com 14′, uma grande jogada se desenhou pelo meio. Everton tabelou primeiro com Luan e em seguida com Jael. Recebeu o último passe e entre os zagueiros, finalizou, mas Reinaldo conseguiu mandar a bola a escanteio, impedindo o gol de empate gremista.

Aos 25′, o Tricolor teve uma nova oportunidade em falta frontal, próximo a risca da grande área. Jael cobrou, mas mandou na barreira. Em nova jogada pela esquerda, Maicon acionou Marcelo Oliveira, que fez a inversão para Ramiro já dentro da área, mas o meia não conseguiu o domínio e a bola se perdeu pela linha de fundo.

O São Paulo chegou com perigo aos 22′, com um cruzamento da direita na área. Everton desviou de cabeça e a bola chegava a Hudson, mas Leonardo Gomes conseguiu o corte pela linha de fundo.  

O Tricolor tentou pela direita, com um cruzamento da direita. Luan tentou o domínio, mas a bola bateu em Arboleda e saiu a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, a bola foi colocada na pequena área, Marcelo Oliveira desviou, mas a defensiva conseguiu segurar.

Já aos 37′, Cícero lançou Everton na esquerda, que ia dominando dentro da área, mas Sidão saiu do gol para fazer a defesa, desarmando o atacante gremista. Em seguida, agora pela direita, Leonardo Gomes tentou o domínio de um lançamento, mas Everton cortou, mandando a escanteio.

Aos 42′, Maicon foi à linha de fundo, fez o cruzamento, mas mandou por sobre a meta de Sidão. No minuto seguinte, foi a vez de Ramiro cruzar na área, Jael chegar, mas não conseguiu a finalização.

O São Paulo quase marcou o segundo em contra-ataque rápido nos acréscimos, quando Diego Souza invadiu a área e ficou cara a cara com Grohe. O atacante cruzou nos pés de Nenê, que chutou com o gol livre, mas Kannemann cortou de carrinho.

Foi nos minutos finais, aos 47′, que o Tricolor enfim conseguiu chegar ao gol de empate. Everton  foi pra cima de Militão, cortou pra perna direita e chutou forte, sem chances de defesa do arqueiro paulista.

Jogo finalizou aos 49′.

Segundo Tempo

No primeiro minuto, o São Paulo já obrigou Marcelo Grohe a fazer uma grande defesa, quando Diego Souza finalizou com perigo, mas o goleiro gremista espalmou a escanteio.

O Tricolor chegou aos 5 minutos, com uma jogada trabalhada entre Everton e Luan, mas o camisa 11 acabou escorregando dentro da área, entre a defesa, ao receber o último passe. Em seguida, pela esquerda, Everton fazia jogada individual próximo a linha de fundo, entrando na área, mas a arbitragem assinalou falta do atleta sobre o marcador paulista.

Aos 10 minutos, uma grande chance gremista nasceu pela direita. Leonardo Gomes recebeu na direita e cruzou na pequena área. Por pouco Jael não alcançou.

Outra chance veio aos 13′, quando Luan recebeu na esquerda, desceu em velocidade e cortou pro meio. O camisa 7 optou por acionar Ramiro na direita, que recebeu e chutou. A bola explodiu na zaga e saiu a linha de fundo.

Tanto pressionou que o Grêmio conseguiu a virada. Aos 15 minutos, Everton recebeu passe, driblou a marcação e chutou, mandando pela segunda vez para o fundo das redes.

Já aos 27′, o terceiro gol surgiu, mas ele foi anulado pela arbitragem. No lance, Everton recebeu um passe de Jael, e chutou para o fundo das redes, mas o atacante estava impedido.

Substituição: Saiu Maicon, entrou Jailson, aos 30′.

O SP tentou com Nenê, que cobrou falta dentro da área, Arboleda cabeceou, mas mandou fraco e Grohe defendeu com tranquilidade.

Substituição: Saiu Leonardo Gomes, entrou Thaciano, aos 36′.

Já aos 37′, o Grêmio chegou novamente com Everton, dando um bom passe para Jael, mas o centroavante estava impedido.

Três minutos depois, Jael invadiu a área e chutou com força. Bem posicionado, Sidão fez a defesa e no rebote, Luan chutou por sobre a meta.

Substituição: Saiu Luan, entrou Marinho, aos 44′.

Jogo finalizou aos 50′.

 

Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Esportes

Grêmio cita altitude e prevê “confronto duríssimo” contra a LDU

O Grêmio prevê dificuldades nos jogos contra a LDU, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Logo após o sorteio que colocou os equatorianos no caminho tricolor, o presidente Romildo Bolzan Júnior citou como principais dificuldades a altitude de 2,8 mil metros de Quito e a qualidade do adversário, que ficou em terceiro lugar no Grupo G da Libertadores, atrás de Flamengo e Vélez Sarsfield-ARG. 

— É um adversário difícil, duro, tradicional, que joga na altitude e que inspira muitos cuidados. Vamos ter um confronto duríssimo e, se passarmos (para as quartas de final), teremos outro confronto duríssimo. O caminho da Sul-Americana é muito difícil, e o Grêmio terá que tomar muitos cuidados para chegar a uma situação de disputa — declarou Romildo. 

O vice de futebol Marcos Herrmann também sublinhou as dificuldades da altitude de Quito.

— Como sempre, os embates com a LDU são duros. Não será diferente agora, quando mais uma vez vamos ter de encará-los na altura de Quito. Vai ser um bom confronto — completou. 

Conforme estabelecido pela Conmebol, o jogo de ida, na semana de 14 de julho, será no Equador, enquanto a partida de volta ocorrerá na semana de 21 de julho, na Arena. Caso avance para as quartas de final, o Tricolor aguardará o vencedor do confronto América de Cali X Athletico-PR. 

Treinada pelo uruguaio Pablo Repetto, a LDU foi uma das melhores terceiras colocadas na fase de grupos da Copa Libertadores, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas, totalizando oito pontos. No Grupo G, acabou superada por Flamengo e Vélez Sarsfield, ficando à frente apenas do Union La Calera-CHI. No Campeonato Equatoriano, a equipe de Quito está em sétimo lugar. 

A LDU conquistou a Copa Sul-Americana em 2009, quando era comandada pelo uruguaio Jorge Fossati e tinha como destaque o atacante Miller Bolaños, que viria a jogar no Grêmio em 2016.

Fonte: GZH
 

Continue lendo

Esportes

Inter reencontrará o Olimpia nas oitavas de final da Libertadores

Em sorteio realizado na tarde desta terça-feira (1º), o Inter conheceu o seu adversário nas oitavas de final da Libertadores: será o Olimpia, do Paraguai, que já foi seu rival na fase de grupos. A cerimônia, realizada na sede da Conmebol, no Paraguai, ainda definiu o chaveamento dos mata-matas até a decisão do torneio continental.

Na fase anterior, o Colorado venceu os paraguaios tanto no Beira-Rio, goleando por 6 a 1, como em Assunção, por 1 a 0. Como foi líder do Grupo B, o time de Miguel Ángel Ramírez terá a vantagem de decidir o confronto em Porto Alegre.

As datas e horários das partidas ainda não foram anunciadas, mas o calendário prevê que elas serão realizadas entre 13 e 22 de julho.
Se avançar às quartas de final, o Inter enfrentará o vencedor do confronto entre Flamengo e Defensa y Justicia.

Confira os cruzamentos das oitavas de final:

Defensa y Justicia x Flamengo
Boca Juniors x Atlético-MG
Universidad Católica x Palmeiras
Cerro Porteño x Fluminense
Vélez Sarsfield x Barcelona de Guayaquil
São Paulo x Racing-ARG
River Plate x Argentinos Juniors
Olimpia x Inter

*os clubes da direita decidem em casa

Fonte: ZH

 
Continue lendo

Esportes

Grêmio vence Inter e é Tetra do Gauchão

O Grêmio conquistou o Tetracampeonato do Campeonato Gaúcho 2021, em cima do rival Internacional, neste domingo, 23, na Arena.
 
A conquista teve início no domingo, 16, quando o Grêmio venceu o Inter por 2 a 1 no Beira-Rio e, neste domingo bastou o empate para confirmar o título. Os gols de hoje foram de Ferreira e Rodrigo Dourado.
 
Além do Tetra, a vitória é o 40º título do Grêmio no Campeonato Gaúcho. 
 
Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular