Contato

Manchete

Temporal produz cenas de destruição na Metade Norte do RS

O temporal que atinge o Rio Grande do Sul desde ontem deixa ao menos 112 mil clientes sem energia elétrica nesta terça-feira. As regiões mais afetadas são a das Missões, Noroeste, Norte e Planalto.
O forte vento e a chuva incessante – que atingem Ciríaco, na região do Planalto do Rio Grande do Sul – causaram a morte de um morador. De acordo com a Brigada Militar, José Alves Nunes, de 53 anos, morreu após sua casa desabar na madrugada desta terça-feira.
Na área de concessão da RGE, são 57 mil clientes afetados e na da RGE Sul, 55 mil. De acordo com as empresas, ainda não há previsão para restabelecimento do serviço, principalmente porque chove forte ainda em muitas cidades, como Sarandi, Passo Fundo, Santo Ângelo e Palmeira das Missões. De acordo com a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), o temporal não causou falta de luz na área de concessão.

 


As empresas de energia alertam para que não se toque em fios caídos ou em qualquer equipamento elétrico, pois podem estar energizados e o risco de acidente é alto.

Em Tupaciretã, a chuva forte foi acompanhada de muito granizo. Segundo a coordenadora de Assistência Social da prefeitura, Elaine Rogovski, não existem mais lonas no município. “Estamos buscando lonas em cidades da região, como Júlio de Castilhos e Cruz Alta”, informou Elaine.

Os bairros mais castigados pelo temporal, que teve seu ponto forte às 5h, foram: Centro, Martins, Severo da Rosa, Paineiras, Gaúcho, Assentamento Santa Rosa E Corredor das Tropas. Uma longa fila está formada em frente a Defesa Civil na busca de lonas. 

Nas fotos acima o flagrante é no município de Tapejara na região de Passo Fundo.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Encerramento do Curso de Formação e Graduação de Sargentos no 6º RCB

O 6° Regimento de Cavalaria Blindado, “Regimento José de Abreu”, informa que realizará, no próximo dia 04 de dezembro de 2020, a Solenidade de Encerramento do 1º Ano do Curso de Formação e Graduação de Sargentos 2020.

O evento se reveste de especial importância tendo em vista que a cidade de Alegrete é a única do Estado do Rio Grande do Sul que possui um Curso de Formação e
Graduação de Sargentos de carreira do Exército Brasileiro. 

No corrente ano, o evento contará com um número reduzido de participantes, dentre eles, alguns familiares de Alunos.

Para a realização da solenidade o 6º RCB ampliará as medidas sanitárias e de
prevenção já implementadas na Organização Militar (OM) durante o corrente ano.

No evento haverá a presença da Equipe de Saúde do 6º RCB que, contando com a chefia de seus 02 (dois) médicos, além de equipe de pronto atendimento, realizará entrevistas e questionário epidemiológico para identificação de sintomas, aferição de temperatura e a adoção das medidas profiláticas preventivas.

O “Regimento José de Abreu”, informa, também, que já comunicou a realização do evento ao Poder Público Municipal de Alegrete, bem como, possui a permissão consignada pelas autoridades militares competentes.

Continue lendo

Manchete

Temporal causa vários estragos em Alegrete e Região

A forte chuva que caiu no final da tarde desta quarta-feira (2/12) provocou estragos em diversos bairros e estradas do município.

Na RS 377 entre Alegrete e Manoel Viana, perto do 29,a quada de arvores deixou o trânsito em uma via, a polícia e bombeiros foram ao local desobstruir a estrada.

 

No Bairro Saint Pastous , foram registrados queda de postes e falta de energia, em várias residencias, pelo menos 2 postes quebraram.

Na cidade muitas residencias ficaram sem energia, no interior conforme informações da Defesa civil, algumas localidades permanecem sem luz.

A previsão que na quarta e quinta feira, o tempo continue com chuvas moderadas.

Continue lendo

Manchete

Novo decreto de Alegrete está adequado ao modelo do decreto estadual

O novo Decreto nº 886, de 02 de de Dezembro 2020, esta mais adequado ao modelo do estado.

Pouca coisa mudou, a novidade é que os bares que atualmente tem que fechar as 21 horas passam a fechar as 22 horas o restante continua praticamente tudo igual a decretos anteriores.

Continue lendo

Popular