Contato

Cidade

Campanha conscientiza sobre mortes e acidentes no trânsito

Ações educativas estão programadas em Alegrete

A campanha “Maio Amarelo” deste ano foi lançada na manhã desta quarta-feira (9), na praça Getúlio Vargas, em frente ao Calçadão. Com o tema “Nós somos o trânsito”, o objetivo principal é conscientizar todas as partes envolvidas no trânsito, como motoristas, pedestres, motociclistas e ciclistas. A ação, de âmbito nacional, já está na sua 5ª edição.

A primeira atividade foi uma blitz educativa realizada pela guarda municipal, onde foram distribuídas informações sobre o tema. Além disso, diversas faixas estão sendo colocadas em monumentos e em pontos estratégicos da cidade. Durante o mês de maio serão promovidas palestras nas escolas municipais e estaduais da cidade, bem como nas principais empresas do município.

Também são expostas carcaças de veículos envolvidos em acidentes no município, alguns com vítimas fatais. Segundo o Secretário de Segurança Pública Luciano Pereira, o intuito da exposição dos veículos é impactar a população e promover a conscientização. Ele lembra que 99% dos acidentes em Alegrete acontecem em razão da imprudência e falta de atenção no trânsito.

Em 11 de maio de 2011, a ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Com isso, o mês de maio se tornou referência mundial para balanço das ações que o mundo inteiro realiza. A cor amarela simboliza atenção e também a sinalização e advertência no trânsito.

 


OMS estima mais de um milhão de mortes no trânsito

Se nada for feito, a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito em 2020 (passando para a quinta maior causa de mortalidade) e 2,4 milhões, em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos. A intenção da ONU com a “Década de Ação para a Segurança no Trânsito” é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, cinco milhões de vidas até 2020.


Nos últimos 10 anos, foram 93 mortes no trânsito em Alegrete – entre área urbana e rodovias. A média é de nove vítimas fatais por ano. O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia.

 

 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Coleta seletiva ainda é uma dor-de-cabeça

 

Mesmo após 1 ano e 2 meses da implantação da coleta seletiva, ainda é comum se deparar com resíduos descartados de forma inadequada.

A Prefeitura de Alegrete, através da Secretaria de Meio Ambiente, reforça o pedido para que a população faça a separação correta destes resíduos, facilitando o trabalho dos garis e a entrega dos materiais recicláveis nas cooperativas. Os resíduos, devidamente separados, passam por triagem e são melhor aproveitados.

Os materiais recicláveis como papel (jornais, revistas, embalagens de papelão, caixas, panfletos, embalagens tetra pak), plástico (embalagens plásticas, garrafas pet, sacolas plásticas, recipientes plásticos em geral) e vidro (garrafas, copos, frascos), após higienizados, acondicionados em caixas ou sacolas, devem ser descartados nos contentores azuis, o mais próximo possível do horário da coleta.

Todos os resíduos úmidos como restos de alimentos, cascas de frutas, cascas de ovos, fezes de animais, borra de café, erva-mate, papel higiênico, lenços, fraldas, absorventes, papel toalha devem ser descartados nos contentores marrons..

Outro pedido é para que a população que encontra-se em isolamento, devido ao coronavírus, tenha cuidado no descarte de seus resíduos. Mesmo que sejam recicláveis, devem ser acondicionados de maneira lacrada e identificados

É importante salientar que os contentores devem ser fechados após o descarte dos resíduos. Atualmente a coleta seletiva está presente nas áreas centrais, mas a Secretaria de Meio Ambiente está projetando sua ampliação para os bairros da cidade

O cronograma completo com as ruas e horários da coleta seletiva pode ser acessado no link:

https://www.alegrete.rs.gov.br/files/cronograma-coleta-seletiva.pdf

Continue lendo

Cidade

Conesul comemora oito anos de liderança no setor de fibra ótica

Investir é sempre um grande desafio, não é mesmo?
Investir em alta-tecnologia e qualidade em uma região com vocação agropastoril, mais do que desafio, demonstra a crença no potencial inovador da população e na capacidade de desenvolvimento econômico dessa região.
A Rede Conesul Telecom assumiu esse grande desafio, 8 anos atrás e, movida por essa escolha desafiadora tornou-se o empreendimento de sucesso que é hoje.
Assista ao vídeo e conheça a história de pioneirismo na internet por fibra óptica da RCT.

Continue lendo

Cidade

É fake notícia sobre a vinda da Havan para Alegrete

Causou grande alvoroço e serviu de mote para a campanha eleitoral, mas não procede a informação da vibda Loja da Havan para a cidade.

É o que afirma o coordenador do SINE, Eider Penna. Ele informou ao EQ depois que esta informação foi divulgada,  houve muita gente entrando em contato para saber sobre as vagas.

Eider entrou em contato com a matriz em Brusque, SC. Hoje ele lançou uma nota para desmentir a notícia falsa.

“Ficamos entusiasmados com a vinda de um novo e mega empreendimento para a nossa cidade, eu como Coordenador Regional da FGTAS na qual faz a captação de vagas através da Plataforma SINE, tentamos contato com a empresa após a notícia que a empresa estaria chegando no nosso Alegrete.

Após a notícia vinculada a um site de reportagens aqui de nossa cidade algumas pessoas já procuraram nossa agência em Alegrete querendo saber informações, como é uma das condutas da Fundação entramos em contato com a empresa, fizemos uma ligação para a Matriz das Lojas Havan em Brusque – SC, na qual nos foi explicado que SIM a Havan veio em Alegrete, assim como foi em outras cidades através do setor de Expansão da empresa para ver a possibilidade de instalação na região, o administrativo da empresa nos repassou o e-mail do responsável pelo setor, Sr. Nilton Hang (irmão do dono Luciano Hang) na qual cordialmente respondeu nosso e-mail funcional, salientando que NÃO HÁ NADA CONCRETO no momento paraa instalação da empresa em nossa cidade.

Estamos na torcida para que nossa cidade seja contemplada, porém, ficamos entristecidos por saber que isso poderia mudar um pouco o cenário econômico de nossa cidade para melhor neste momento de pandemia, a princípio não irá se concretizar.

Vamos torcer para que Alegrete receba investimentos e que haja mais vagas de emprego, nós da FGTAS estamos sempre almejando mais vagas e oportunidades, mas a HAVAN no momento NÃO HÁ NADA,somente ficaremos no aguardo.

Oficializamos um documento e estamos entregando para todos os meios de comunicação de nossa cidade com cópia da resposta da empresa, para que seja divulgado para a comunidade que tanto torce pelo crescimento de nosso Alegrete.

Atenciosamente

Eider Penna
ADS – Coord. Regional FGTAS/Sine Oeste e Campanha RS”

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular