Contato

Cidade

Risco de inundação do Ibirapuitã

O acúmulo de chuva na semana em Alegrete chega aos 113mm, conforme pluviômetro localizado na Unipampa. Na manhã de hoje (03), 18 mm já foram registrados. E, a situação é de alerta, segundo a Defesa Civil. Em Santana do Livramento, um temporal nesta quarta-feira (02), registrou – em poucas horas, índices de cerca de 250 mm. A ligação entre o clima nas cidades vizinhas é o curso do Rio Ibirapuitã – que nasce no município fronteira e deságua em Alegrete. Ou seja, esse alto volume de água tende a desaguar no curso do rio localizado aqui. A Defesa Civil local estima que o acúmulo chegue até a cidade em, pelo menos, dois dias.

Em Alegrete cheia pode acontecer em menos de 48 horas

Com a situação crítica em Livramento, a Defesa Civil de Alegrete monitora o volume do rio, de hora em hora desde ontem. Segundo o órgão, “a precipitação que houve lá pode causar inundações em nossa cidade”. Desta forma, já em modo de prevenção, os órgãos municipais envolvidos estão em alerta. “Trabalhamos sempre com a prevenção, por isso estamos preparados para agir em casos de desastres naturais”, enfatiza a coordenadora da Defesa Civil local, Helen Figueiredo.

A cheia do rio é verificada pela Estação da ANA (Agência Nacional de Águas) e, desde a última medição – até o fechamento desta matéria, a régua marcava 2m16cm acima do nível. Para que a primeira casa ribeirinha ao Ibirapuitã, em Alegrete, seja atingida o nível da água deve chegar aos 8m54cm, explica a Defesa Civil.

Apenas um chamado foi registrado, na rua Perú, bairro Vera Cruz. Lá, uma família precisou ser alojada na casa de amigos.

Neste contexto, a Defesa Civil se pauta pela experiência em situações já vivenciadas no município. “Com dados e experiências anteriores, esse volume de chuva pode chegar até Alegrete em um ou dois dias”, avalia a coordenadora do órgão.

“É preciso estar sempre preparado para o pior, mesmo que não se confirme. Tudo fica pronto para aplicar o Plano de Contingência”, conclui a profissional.

 Defesa Civil de Alegrete está à disposição, 24 horas, pelo (55) 9 9147.7276. 

O caos na cidade ao lado

Na cidade vizinha, a enxurrada teve início por volta das 10h30min de quarta. Casas foram inundadas, uma rua desmoronou, vias ficaram interditadas e muitos carros caíram em buracos. O cenário, desde então, preocupa. Até às 16 horas de ontem, a régua marcava mais de 200 mm de chuva em Livramento.

Com água pela cintura, homem se recusa a sair sem animais de estimação

Em meio ao desespero, um morador santanense ficou preso em casa – com a água já pela cintura, na companhia de seus sete cães e cinco gatos. Com o nível da água subindo cada vez mais rápido e atingindo a fiação elétrica, os próprios vizinhos improvisaram o resgate. Ele se recusou a deixar a casa sem que os animais também fossem resgatados. A conversa durou aproximadamente 40 minutos, depois de dois cães resgatados, o homem foi levado nos braços por alguns moradores que retornaram ao endereço para retirar os animais. Ao todo foram resgatados sete cães e cinco gatos. O homem foi acolhido na casa de vizinhos.

Fotos: Fabian Ribeiro / A Plateia

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Secretaria de Segurança realiza operação de repreensão ao transporte clandestino

Uma equipe da Secretaria de Segurança Pública, Mobilidade e Cidadania da Prefeitura de Alegrete realizou, na manhã de quarta-feira, 25, uma operação de repreensão ao transporte clandestino na cidade. As incursões foram realizadas na praça Getúlio Vargas, na Estação Rodoviária e outros pontos públicos centrais.
A operação terá prosseguimento em outros locais e horários. Conforme denúncias, o transporte clandestino tem intensificado sua operação próximo a pontos públicos, supermercados, comércios e demais serviços no centro e bairros da cidade.
A orientação da Secretaria de Segurança é no sentido da comunidade utilizar os serviços de transporte legalizados, como táxis, ônibus coletivos, motos ou aplicativos que possuem alvarás. Na cidade, apenas três empresas de aplicativos operam regularmente com chamadas através de plataformas tecnológicas. Os transportes legalizados são identificados por Prefixos e passam por vistorias periódicas, onde são revisados itens de segurança, documentação do condutor, além de atualmente atenderem também às medidas sanitárias de combate à Covid-19.
Conforme o diretor da Guarda Municipal, Angelo Tertuliano, quem utiliza o transporte clandestino coloca sua vida em risco pelo fato de estar sendo conduzido por motorista sem experiência e veículo sem manutenção. Em caso de acidente envolvendo transporte irregular de passageiros, a vítima poderá não ser indenizada, alertou o diretor.
Continue lendo

Cidade

Live Editais Municipais Lei Aldir Blanc em Alegrete

Atenção Artistas de Alegrete!
Participe da live “Editais Municipais: Lei Aldir Blanc em Alegrete”
E tire todas as suas dúvidas sobre os editais que serão lançados nos próximos dias.
…………………………………
Com Gabriela Marçal (Poder Público)
Mediação: Cássia Salgado (Sociedade Civil)
Dia: 28/11 – Sábado, às 19h
…………………………………
Transmissão via página da Diretoria de Cultura de Alegrete no facebook
…………………………………
Realização: Prefeitura de Alegrete – Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Diretoria de Cultura e Comissão Gestora da Lei Aldir Blanc
Continue lendo

Cidade

Coleta seletiva ainda é uma dor-de-cabeça

 

Mesmo após 1 ano e 2 meses da implantação da coleta seletiva, ainda é comum se deparar com resíduos descartados de forma inadequada.

A Prefeitura de Alegrete, através da Secretaria de Meio Ambiente, reforça o pedido para que a população faça a separação correta destes resíduos, facilitando o trabalho dos garis e a entrega dos materiais recicláveis nas cooperativas. Os resíduos, devidamente separados, passam por triagem e são melhor aproveitados.

Os materiais recicláveis como papel (jornais, revistas, embalagens de papelão, caixas, panfletos, embalagens tetra pak), plástico (embalagens plásticas, garrafas pet, sacolas plásticas, recipientes plásticos em geral) e vidro (garrafas, copos, frascos), após higienizados, acondicionados em caixas ou sacolas, devem ser descartados nos contentores azuis, o mais próximo possível do horário da coleta.

Todos os resíduos úmidos como restos de alimentos, cascas de frutas, cascas de ovos, fezes de animais, borra de café, erva-mate, papel higiênico, lenços, fraldas, absorventes, papel toalha devem ser descartados nos contentores marrons..

Outro pedido é para que a população que encontra-se em isolamento, devido ao coronavírus, tenha cuidado no descarte de seus resíduos. Mesmo que sejam recicláveis, devem ser acondicionados de maneira lacrada e identificados

É importante salientar que os contentores devem ser fechados após o descarte dos resíduos. Atualmente a coleta seletiva está presente nas áreas centrais, mas a Secretaria de Meio Ambiente está projetando sua ampliação para os bairros da cidade

O cronograma completo com as ruas e horários da coleta seletiva pode ser acessado no link:

https://www.alegrete.rs.gov.br/files/cronograma-coleta-seletiva.pdf

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular