Contato

Em Campo

Inicia a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa

No Rio Grande do Sul, somente animais com até dois anos devem ser imunizados

Vacinação contra febre aftosa começa nesta terça-feira | Foto: AFP / CP memória

                           Vacinação contra febre aftosa começa nesta terça-feira                                                                                           Com a expectativa de imunizar cerca de 150 milhões de animais, iniciou nesta terça-feira a segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa. Em 14 estados (Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e São Paulo), a vacinação deve ocorrer em todo o rebanho bovino e de búfalos. Em mais oito estados (Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul – exceto no Pantanal, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Sergipe, Tocantins) e no Distrito Federal, a vacina será somente para animais com até 2 anos de idade.

Na região da Calha do Rio Amazonas e na Zona de proteção do Pará, a vacinação já foi concluída. Segundo o Ministério da Agricultura, 550 mil animais foram imunizados. No país, o rebanho é de cerca de 215 milhões de cabeças, sendo 213,8 milhões de bovinos e 1,1 milhão de búfalos.

 

Vacinação contra Febre Aftosa e Raiva; Prefeito e Sec Chico Machado

O produtor que não imunizar o rebanho está sujeito a multa. O valor varia de acordo com a unidade da federação. Em Minas Gerais, a multa por animal não vacinado é de R$ 75,25. O criador que aplicou a vacina e não fez a declaração ao órgão estadual de defesa agropecuária também pode ser multado.

Para declarar a vacinação, o pecuarista precisa apresentar a nota fiscal e a relação dos animais imunizados. A vacinação faz parte do Plano Nacional de Prevenção e Erradicação de Febre Aftosa, coordenado pelo Ministério da Agricultura, que tem como estratégia principal a implantação progressiva e a manutenção de zonas livres da doença, de acordo com as diretrizes da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Fonte : Correio do Povo

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Em Campo

Exposição Agropecuária será reformulada para se adequar à pandemia

O presidente do Sindicato Rural de Alegrete, Luiz Plastina Gomes e demais diretores vem trabalhando numa formatação alternativa para a realização da 78ª edição da Exposição Agropecuária de Alegrete.

O evento tradicional, que sempre ocorre na metade do mês de outubro, tem fomentado reuniões semanais, reunindo produtores e expositores que deverão participar da feira.

O objetivo é planejar um formato reduzido do evento e que se adeque às exigências sanitárias e epidemiológicas em virtude da pandemia do Coronavírus.

A diretoria do Sindicato está dando prosseguimento à programação de remates que ocorrerá em outubro, no Parque Dr. Lauro Dornelles.

O objetivo é de que pelo menos aconteça a comercialização de animais através de leilões.

#SindicatoRural #ExpofeiraDeAlegrete #remates #leilões #genetica #pecuaria #somostodosagro #agro

Continue lendo

Em Campo

Geada marca o amanhecer em Alegrete

Cenas de campos brancos encobertos pela fina camada de gelo dão o tom desta quinta-feira no município.

O mês de agosto está chegando e julho foi um mês com todos os climas do ano. Chuva, calor, temperaturas negativas e até dias de brisa e temperatura na casa dos 20 graus centígrados.

As imagens desta manhã gelada com temperatura de zero grau são de Sérgio Dornelles.

Continue lendo

Em Campo

Gafanhotos se aproximam da fronteira do Brasil

A nuvem de gafanhotos que está na província de Corrientes, Argentina, pode chegar na próxima quarta-feira ao Rio Grande do Sul, segundo técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do estado.

O movimento migratório dos insetos foi impulsionado pela onda de calor que atingiu a região no último fim de semana.

Até a manhã de hoje, estimava-se que a nuvem esteja a 120 km ou 130 km da fronteira brasileira, do município gaúcho de Barra do Quaraí.

Continue lendo

Popular