Contato

Notícias Agora

Governo anuncia meta fiscal com déficit de R$ 139 bilhõeS

O governo interino de Michel Temer anunciou sua meta fiscal para 2017, com nova projeção de prejuízo, nest quinta-feira. O déficit primário para o próximo ano está em R$ 139 bilhões, informou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Segundo ele, para chegar ao valor, a equipe econômica terá não apenas de cortar despesas, mas obter receitas adicionais por meio de concessões, venda de ativos, outorgas de campos de petróleo e possíveis aumentos de tributos.

Além do déficit de R$ 139 bilhões para a União, a equipe econômica estabeleceu meta de déficit de R$ 3 bilhões para as estatais e de R$ 1,1 bilhão para estados e municípios. Se foram levados em consideração os três entes, a meta de resultado negativo sobe para R$ 143,1 bilhões.

“Temos de enfrentar aumentos constantes das despesas federais há duas décadas. Tivemos de considerar esforço principalmente focado nas despesas e na geração de receitas adicionais”, disse Meirelles. De acordo com o ministro, sem receitas adicionais no próximo ano, o déficit ficaria em R$ 194 bilhões, considerando que as despesas obrigatórias seguirão a tendência de crescimento dos últimos anos.

O déficit primário é o resultado negativo nas contas públicas antes do pagamento dos juros da dívida pública. O novo valor será incluído, por meio de emenda, ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017, enviado ao Congresso Nacional em abril.

O projeto original da LDO previa, para 2017, meta fiscal zero para o Governo Central e superávit de 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) para estados e municípios. No entanto, mecanismos de abatimento da meta permitiriam que a União registrasse déficit de até R$ 65 bilhões. A alteração da meta fiscal tem sido usada pelo governo nos últimos anos. Para este ano, o Orçamento originalmente previa uma meta de superávit primário de R$ 30,5 bilhões. Por causa da queda das receitas decorrente da recessão econômica, a meta foi atualizada para um déficit de R$ 170,5 bilhões, aprovada pelo Congresso Nacional no fim de maio.

Com a definição da meta para o próximo ano, o país terá o quarto ano seguido de déficit primário nas contas públicas. Em 2014, União, estados, municípios e estatais registraram rombo de R$ 32,5 bilhões. Em 2015, o resultado negativo subiu para R$ 111,2 bilhões.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Notícias Agora

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril Beneficiários do Bolsa Família com NIS 3 também recebem hoje

Trabalhadores informais nascidos em abril recebem nesta quarta-feira a 4ª parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.
O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.
Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 3 poderão receber o benefício.
Na última quinta-feira (15), a Caixa anunciou a antecipação do pagamento da quarta parcela. O calendário de depósitos, que começaria no próximo dia 23 e terminaria em 22 de agosto, teve o início antecipado para o último dia 17 e será concluído em 30 de julho.
Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial, que será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.
Bolsa Família
Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.
O pagamento da terceira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou na segunda-feira (19) e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente será depositado quando o valor for superior ao benefício do programa social.
Em todos os casos, o auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada. O programa se encerraria neste mês, mas foi prorrogado até outubro com os mesmos valores para as parcelas.
Continue lendo

Notícias Agora

Caminhões voltam a cruzar na Ponte Internacional no Domingo

Ontem, 18 de julho, retornaram os cruzes de veículos aos domingos na Ponte Internacional Uruguaiana – Paso de los Libres.

A medida atende a demanda solicitada pela ABTI para agilizar o processo, reduzir tempos ociosos e antecipar o retorno desses veículos vazios nos finais de semana. Neste primeiro domingo cruzaram 81 veículos para o Brasil e 21 para a Argentina.
Estão autorizados a cruzar a fronteira aos domingos, os veículos do transporte rodoviário internacional de cargas en lastre, tanto para ingresso quanto egresso do território argentino.
O horário de funcionamento da fronteira aos domingos é somente das 8h às 12h.
Fonte: ABTI.

Por Portal Uruguaiana

Continue lendo

Notícias Agora

GOL anuncia para setembro o inicio da venda de passagens para suas novas rotas inter-regionais no RS

O presidente da Frente Parlamentar da Aviação Regional, deputado Frederico Antunes se reuniu hoje, em São Paulo, com o presidente da Gol Linhas Aéres, Paulo Kakinoff; o vice-presidente, Eduardo José Bernardes Neto, e os diretores Alberto Fajermann e Ciro Camargo.

Durante o encontro, Frederico recebeu a confirmação de que em setembro, mês farroupilha, a companhia inicia a venda de passagens para as suas novas rotas interregionais no RS, ligando Uruguaiana, Pelotas, Santo Ângelo e Santa Maria ao Estado de São Paulo, em voos diretos.

Para o deputado, presidente da Frente Parlamentar da Aviação da Assembleia Legislativa, o anúncio representa novas perspectivas para o desenvolvimento de diversas regiões do Estado e a retomada de voos para importantes cidades gaúchas.

Continue lendo

Popular