Contato

Negócios

AES Sul é vendida por R$ 1,7 bi

 

 

A holding CPFL Energia anunciou nesta quinta-feira (16) acordo para aquisição da distribuidora gaúcha de eletricidade AES Sul, controlada pela norte-americana AES, por um valor total de cerca de R$ 1,7 bilhão, sujeito a ajustes. A operação vem em um momento em que a AES lida com dificuldades em suas operações de distribuição de energia no Brasil, que incluem a AES Sul e a Eletropaulo, enquanto a CPFL tem falado frequentemente em expansão no segmento via aquisições.

A transação envolve R$ 1,4 bilhão pela companhia, mais 295 milhões relativos a um aumento de capital realizado pelo grupo AES na AES Sul no final de fevereiro deste ano, informou a CPFL em comunicado ao mercado. Segundo a CPFL, a aquisição fará com que o grupo alcance uma participação total de 14,3% o no mercado brasileiro de distribuição de eletricidade, ante 13 por cento atualmente.

“O acordo para a compra da AES Sul está em linha com a nossa estratégia de crescer no setor de distribuição, capturando ganhos de escala para as nossas operações e criando valor para os nossos stakeholders”, afirmou em nota o presidente da CPFL, Wilson Ferreira Jr. A AES Sul fornece energia para 1,3 milhão de clientes nas regiões metropolitana de Porto Alegre e no centro-Oeste do Rio Grande do Sul, com um consumo total de 8,8 mil gigawatts-hora ao final de 2015.

A CPFL já atua no Rio Grande do Sul com a distribuidora RGE, adquirida em 2006, cuja área de concessão é contígua à da AES Sul.

O preço total da aquisição será ajustado em até 45 dias da data de fechamento, pelas variações de capital de giro e de dívida líquida da AES Sul entre o final de 2015 e a data de fechamento da transação.O negócio precisará ser aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), além de pelos credores da AES Sul.A CPFL Energia afirmou que convocará uma assembleia de acionistas para aprovar a operação, mas adiantou que seus controladores já se comprometeram a votar favoravelmente ao negócio. Com informações do G1

 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

CEA e pequenos empresários entregam plano para funcionamento de bares e pubs

Nesta quinta feira (25) uma comissão independente de proprietários de bares e venda de bebidas no varejo apresentou ao Prefeito Marcio, um plano de contingência para a abertura gradual dos bares e vendas de bebidas do varejo na cidade.

O documento tem como referencia o Plano de Contingência nacional para infecção humana pelo novo coronavírus – Covid -19 da ABNT (Associação brasileira de normas técnicas).

 

Continue lendo

Manchete

Caixa deposita FGTS emergencial para nascidos em novembro

A Caixa Econômica vai depositar o FGTS emergencial para os nascidos em novembro nesta segunda-feira (14). O dinheiro poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem para o pagamento de contas, boletos e compras.

O valor máximo de recebimento é de R$ 1.045. Quem preferir sacar o dinheiro em espécie ou fazer transferência para outra conta precisa esperar até dia 14 de novembro.

A Caixa optou por deixar datas diferentes para a liberação do dinheiro e o saque para evitar aglomerações nas agências.

Como consultar valor do saque

O valor máximo do saque é de R$ 1.045, mas varia de acordo com o saldo total que a pessoa tem no fundo. A consulta ao benefício está disponível pelo app FGTS (Android e iOS), pelo internet banking da Caixa, pelo site oficial e pelo telefone 111. É possível checar o valor disponível e qual a data de disponibilização do FGTS.

Quem não quiser realizar o saque deve informar pelo aplicativo do FGTS com pelo menos 10 dias de antecedência da data prevista do crédito. Também é possível solicitar o desfazimento do crédito depois do depósito. Neste caso, o valor volta para a conta do FGTS do beneficiário.

Além disso, se a poupança social digital não sofrer movimentação até o dia 30 de novembro, os valores retornarão à conta FGTS do trabalhador, devidamente corrigidos.

Continue lendo

Manchete

Cédula de R$ 200 entra em circulação hoje

A nota de R$ 200, com a imagem do lobo-guará, começa a circular hoje (2). Segundo o Banco Central (BC), será a sétima cédula da família de notas do Real. Serão produzidos neste ano 450 milhões de unidades. Ainda não foi divulgada a imagem da nova cédula.

A cerimônia de lançamento das novas cédulas será às 13h30 de hoje e será transmitida pelo canal do BC no YouTube.

O lobo-guará foi escolhido em pesquisa realizada pelo BC em 2001 para eleger quais espécies da fauna brasileira deveriam ser estampadas nas cédulas do país.

De acordo com o Banco Central, o lançamento da nova nota é uma forma de a instituição agir preventivamente para a possibilidade de aumento da demanda da população por papel moeda.

Com informações da Agência Brasil.

Continue lendo

Popular