Contato

Em Campo

Lançado tema da Semana Arrozeira de 2016

10ª edição da Semana Arrozeira vai discutir entraves e oportunidades

taipeiros 

Na noite desta quinta-feira, 2 de junho, foram revelados o tema e a marca da décima Semana Arrozeira de Alegrete. Com o slogan “Cadeia Produtiva do Arroz: Entraves e Oportunidades”, o objetivo para o evento de 2017 é o de debater alternativas para os problemas enfrentados pelo setor e encontrar soluções para que os produtores possam enfrentar a crise.

De acordo com a presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete, Fátima Marchezan, a decisão sobre o tema foi por causa das constantes mudanças de cenário políticos e econômicos que afetam também a orizicultura. “Temos um ano para planejar a Semana Arrozeira, mas em um ano muita coisa muda. Por isso optamos por um tema mais amplo”, explicou. 

A dirigente também avaliou que a ideia é trazer alternativas para os arrozeiros para os gargalos encontrados no setor. “Sempre que fazemos um estudo de uma cadeia produtiva e nos deparamos com alguns entraves, podemos também observar oportunidades. Se temos um preço baixo no produto, precisamos encontrar alternativas e agregar valor para não sermos escravos do preço”, afirmou.

Também foi momento de homenagear os nomes que fazem a história do setor orizícola na região. Cinco pessoas que contribuíram para o desenvolvimento dos arrozeiros foram agraciadas com o troféu O Taipeiro, em uma cerimônia de casa lotada no CTG Farroupilha. Foram homenageados os produtores Cecilia Silveira, Leonir Guerra Ereno, Darci Casarotto e João Tondolo e o engenheiro agrônomo Luís Augusto Franco Alves.

Na ocasião, também foram entregues os cheques e apresentados números do Pagapedra, programa de auxílio contra o granizo. Na safra 2015/2016, 72 produtores foram cobertos pelo programa, com 21,8 mil hectares assegurados. Houve sinistro em uma área de 14,96 hectares com o pagamento R$ 13,9 mil de indenização. Quatro áreas, com 210 hectares atingidos por enchentes também foram indenizadas.

A Semana Arrozeira é realizada pela Associação dos Arrozeiros de Alegrete com co-participação da Unipampa e tem o patrocínio do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Sicredi, Fertilizantes Heringer, Super Tratores, CAAL, Kepler Weber e Caixa Econômica Federal. Mais informações sobre o evento estão no site www.semanaarrozeira.com.br.

Fotos: Flávio Burin/Divulgação
Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Em Campo

Exposição Agropecuária será reformulada para se adequar à pandemia

O presidente do Sindicato Rural de Alegrete, Luiz Plastina Gomes e demais diretores vem trabalhando numa formatação alternativa para a realização da 78ª edição da Exposição Agropecuária de Alegrete.

O evento tradicional, que sempre ocorre na metade do mês de outubro, tem fomentado reuniões semanais, reunindo produtores e expositores que deverão participar da feira.

O objetivo é planejar um formato reduzido do evento e que se adeque às exigências sanitárias e epidemiológicas em virtude da pandemia do Coronavírus.

A diretoria do Sindicato está dando prosseguimento à programação de remates que ocorrerá em outubro, no Parque Dr. Lauro Dornelles.

O objetivo é de que pelo menos aconteça a comercialização de animais através de leilões.

#SindicatoRural #ExpofeiraDeAlegrete #remates #leilões #genetica #pecuaria #somostodosagro #agro

Continue lendo

Em Campo

Geada marca o amanhecer em Alegrete

Cenas de campos brancos encobertos pela fina camada de gelo dão o tom desta quinta-feira no município.

O mês de agosto está chegando e julho foi um mês com todos os climas do ano. Chuva, calor, temperaturas negativas e até dias de brisa e temperatura na casa dos 20 graus centígrados.

As imagens desta manhã gelada com temperatura de zero grau são de Sérgio Dornelles.

Continue lendo

Em Campo

Gafanhotos se aproximam da fronteira do Brasil

A nuvem de gafanhotos que está na província de Corrientes, Argentina, pode chegar na próxima quarta-feira ao Rio Grande do Sul, segundo técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do estado.

O movimento migratório dos insetos foi impulsionado pela onda de calor que atingiu a região no último fim de semana.

Até a manhã de hoje, estimava-se que a nuvem esteja a 120 km ou 130 km da fronteira brasileira, do município gaúcho de Barra do Quaraí.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular