Contato

Cidade

Cabeto apresenta anteprojeto de hortas comunitárias em parceria

cabeto

A intenção é fomentar a alimentação saudável da comunidade por meio de cultivo de hortigranjeiros.

 

Com a preocupação de estimular a prática de cultivo de alimentos saudáveis na comunidade de Alegrete, o Gabinete do vereador Carlos Alberto Agustini Duarte, o Cabeto, da bancada do PDT, apresentou e teve aprovado, neste 23 de maio, por unanimidade do plenário, requerimento solicitando o envio de oficio ao prefeito Erasmo Silva e ao secretário de Agricultura e Pecuária, Alberto Prates, apresentando anteprojeto de lei que cria o projeto de Hortas Comunitárias em Parceria.

Segundo o vereador, a modalidade de horta comunitária em parceria difere das tradicionais hortas comunitárias onde um terreno baldio é ocupado para construção da horta e várias famílias se associam para produzir alimentos naquele local. “Nesta modalidade de horta comunitária em parceria sugiro ao executivo que se faça em cada cantinho de terreno particular, desde que em parceria com o poder público, ou seja, o proprietário parceiro do projeto cede o terreno e os cuidados com a horta e a prefeitura entra com a construção e o apoio técnico e cada parte recebe 50% da colheita”, explica.

O anteprojeto de lei apresentado pelo vereador ainda autoriza o munícipio a firmar parcerias ou convênios com instituições de ensino rural para fomentar a Pesquisa, Extensão e o Ensino de agricultura familiar, obtendo também mão de obra técnica para a construção e manutenção destas hortas em parceria.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Caminhão de terceirizada da Corsan tomba perto da Caridade

 

Um caminhão caçamba, de empresa terceirizada da Corsan, acaba de capotar na rua General Sampaio, na frente da Capela Metodista, a poucos metros da Santa Casa de Caridade.

Não há vítimas. Porém, um veículo que estava estacionado no local foi atingido. O caminhão transportava uma carga de massa asfáltica.

Continue lendo

Cidade

Reunião de organização do Brick da Praça define regras para o evento

 
Nesta quarta-feira, 21, aconteceu no Centro Cultural de Alegrete a reunião da equipe de organização do próximo Brick da Praça. A feira de economia solidária acontecerá no dia 14 de agosto, das 10h às 16h, na Praça Getúlio Vargas.

A feira vai acontecer com a participação de membros já inscritos e as novas inscrições serão retomadas a partir do mês de setembro. Mais informações podem ser obtidas através do e-mail da Diretoria de Cultura: [email protected] .

As normas para os participantes do evento foram definidas na reunião entre a secretária de Educação, Cultural, Esporte e Lazer, ngela Viero e a diretora de Cultura, Andrea Oliveira, seguindo as orientações da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Saúde.

Normas para participação no Brick da Praça:

Bancas devem ficar a 3 metros de distância uma da outra;
Cada banca é responsável por não deixar que se forme aglomeração em seu entorno. Sendo obrigatório orientar a população, sendo obrigatório o uso de máscaras, disponibilizar álcool gel e também lixeiras;
É proibido o uso de churrasqueiras na praça;
É proibido o uso de tomadas e extensões;
Pessoas que trabalham em bancas que comercializam alimentos não embalados devem usar luvas e touca descartável, e nas que comercializam alimentos embalados é obrigatório o uso de luvas;
Cada banca deve ter no máximo três briqueiros;
Apenas será permitido comercializar laticínios e produtos derivados de leita a aqueles que possuam registro e documentação oficial;
As primeiras edições não contarão com apresentações artísticas, com o objetivo de evitar aglomerações;
Será dada preferência para estabelecer bancas no contorno externo da praça, sem haver lugares marcados.

A equipe da cultura responsável pela organização do Brick da Praça é composta por Andrea Oliveira, Bibiana Fontoura, Marielly Fogaça, Mano Fontoura, Ana Claudia, Indiana Ribeiro e Liliana Lacerda.

Continue lendo

Cidade

Casa do Empreendedor realiza capacitação de equipe

 
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, através da Casa do Empreendedor, realizou na manhã desta segunda-feira, 19, capacitação da equipe para adequação ao Decreto 427/2021 que estabelece novas normas para a Inscrição do Alvará e da Inscrição Municipal.

O novo decreto, publicado hoje, 19 de julho, regulamenta em âmbito do Município, a Lei Federal nº 11.598, de 3 de dezembro de 2007, que “Estabelece diretrizes e procedimentos para a simplificação e integração do processo de registro e legalização de empresários e de pessoas jurídicas, cria a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – REDESIM” e nº 13.874, de 20 de setembro de 2019, que “Institui a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica.

Continue lendo

Popular