Contato

Corona Vírus

Coordenadores de Saúde já podem buscar quem faltou na segunda dose

Para dar apoio à busca ativa de pessoas que não têm registro de aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19, a Secretaria da Saúde (SES) disponibilizou, nesta quinta-feira (15/4), às 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs), os nomes de 101 mil pessoas que deveriam ter sido vacinadas. Os dados poderão ser repassados pelas coordenadorias às vigilâncias municipais, responsáveis pela vacinação local.

Os relatórios sobre os faltantes estão sendo gerados com base em dados informados pelos próprios municípios ao Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI). “Os municípios podem ter esses dados por conta própria, através do sistema e-SUS Notifica do Ministério da Saúde, mas a SES está fornecendo as informações consolidadas porque sabemos que isso é importante para agilizar as estratégias de busca ativa”, destacou o diretor adjunto do Departamento de Gestão de Tecnologias e Inovação da SES, Mauricio Reckziegel.

Conforme a coordenadora de Atenção Básica da SES, Laura Ferraz, a busca ativa pode ser feita nos municípios por meio dos agentes das Equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF). “Em municípios pequenos, esta procura pelas pessoas que não estão registradas como vacinadas com a segunda dose pode ser feita até de porta a porta”, afirmou.

A coordenadora da 18ª Regional de Saúde, com sede em Osório, Janete Ferri Teixeira, informa que
“a coordenadoria já está acessando o painel disponibilizado pelo Estado e a vigilância epidemiológica está em contato com os municípios orientando a busca ativa e fazendo uma divulgação voltada para a conscientização sobre a importância da segunda dose”. A coordenadora alerta, ainda, que “as pessoas precisam checar a data de retorno na caderneta de vacinação”. 

A Secretária da Saúde Arita Bergmann destaca que “estamos trabalhando na divulgação para alertar e conscientizar as famílias sobre a importância de levarem os seus idosos para a aplicação da segunda dose”. Ela reafirma a necessidade de os municípios atualizarem os registros e de as pessoas checarem a data de retorno na caderneta de vacinação. “É preciso que aqueles que já tomaram a primeira dose voltem aos postos no momento adequado para receber o reforço e completar o esquema vacinal”, explica a secretária.

Neste momento, 320 mil pessoas estão no tempo oportuno para receber a segunda dose no Estado.

Sobre a segunda dose, a SES reforça:

– a necessidade de os municípios atualizarem os registros das aplicações;

– que casos de não comparecimento podem ser devido à doença, óbito, esquecimento, extravio da carteirinha, dificuldade de acesso e locomoção, entre outros fatores;

– a necessidade de parentes e cuidadores estarem atentos à data prevista na caderneta de vacinação para retorno e aplicação da segunda dose;

– mesmo que o prazo tenha passado, é preciso que a pessoa tome a vacina, a qualquer tempo.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Corona Vírus

Longas filas nesta manhã gelada para a vacinação de quem tem comorbidades

Muitas pessoas chegaram pela madrugada para garantir os primeiros lugares nas filas que dobram às esquinas próximas ao PAM. O entorno do PAM, nesta manhã gelada, lembra muito o que acontecia em frente à CEF, para o pagamento da ajuda federal no ano passado.

Desde às 8h estão sendo aplicadas vacinas para quem tem 33 anos com comorbidades. Nos postinhos também.

Nos dois sentidos às filas chegaram na rua Daltro Filho, que fica nos fundos do PAM, no mesmo quarteirão.

Já para a segunda dose da Coronavac/Butantan será aberta nesta sexta-feira, dia 14, a partir das 14h30, para pessoas agendadas até o dia 3 de maio.  As vacinas serão entregues por volta das 13h30 e à Secretaria vacinará às 14h30.

Serão 260 doses disponibilizadas em cada local para pessoas que estão com a segunda dose em atraso. Por isso, a imunização ocorre de forma escalonada por agendamento.

Importante: Não se esqueça de levar a carteira com registro da primeira dose e documento de identidade.

Continue lendo

Corona Vírus

Um óbito registrado nesta quinta feira

Nesta quinta-feira (13) foram registrados 31 casos positivos, 21 mulheres e 10 homens, com idades entre 01 ano e 78 anos. Também foram registrados 16 recuperados. Hoje foi registrado o óbito de um homem de 45 anos.
Há 10 pacientes na UTI Covid, sendo 08 confirmados.
No Hospital de Campanha há 14 pacientes, 08 confirmados. A UTI Covid possui 15 leitos, dessa forma há 05 leitos disponíveis.
No Hospital de Campanha há 16 leitos disponíveis. Na UTI não-covid há 08 leitos, os 08 estão ocupados.
Atualmente são 9.635 casos confirmados, com 9.254 recuperados, 165 ativos (150 estão ativos em isolamento domiciliar e 15 hospitalizados positivos de Alegrete) e 216 óbitos.
Foram realizados 30.330 testes, sendo 20.506 negativos, 9.635 positivos e 169 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 719 pessoas.
Continue lendo

Corona Vírus

Dias mais estáveis. Um óbito nesta quarta-feira

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Nesta quarta-feira (12) foram registrados 29 casos positivos, 12 mulheres e 17 homens, com idades entre 17 e 68 anos. Também foram registrados 11 recuperados. Hoje foi registrado o óbito de uma mulher de 62 anos.

Há 09 pacientes na UTI Covid, sendo 06 confirmados. No Hospital de Campanha há 12 pacientes, 07 confirmados. A UTI Covid possui 15 leitos, dessa forma há 06 leitos disponíveis. No Hospital de Campanha há 18 leitos disponíveis. Na UTI não-covid há 08 leitos, os 08 estão ocupados.

Atualmente são 9.604 casos confirmados, com 9.238 recuperados, 151 ativos (141 estão ativos em isolamento domiciliar e 10 hospitalizados positivos de Alegrete) e 215 óbitos.

Foram realizados 30.174 testes, sendo 20.445 negativos, 9.604 positivos e 125 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 621 pessoas.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular