Contato

Manchete

Homem que aparece em vídeo torturando membro de motoclube no interior de SP é preso em Uruguaiana

O homem conhecido como Chileno, que aparece em imagens torturando um membro de um motoclube em São José dos Campos (SP), foi preso nesta segunda-feira (22) no aeroporto internacional de Uruguaiana (RS) pela Polícia Federal. Ele estaria tentando deixar o Brasil e havia fugido depois que a Polícia Civil pediu à Justiça a prisão preventiva dele na sexta-feira (19).

De acordo com a Polícia Civil paulista, ele estava sendo monitorado e foi abordado no aeroporto após a segurança do local ver que ele havia encoberto a placa da motocicleta.

“Ele colocou uma obstrução na placa e estava próximo ao aeroporto. A segurança chamou a Polícia Federal, que fez a abordagem, identificou o mandado de prisão preventiva contra ele e nos acionou imediatamente”, explica o delegado Múcio Alvarenga, da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic).

Inicialmente ele deve ser indiciado por tortura, associação criminosa e cárcere privado. No vídeo, ele aparece batendo com uma barra de ferro em um integrante do motoclube (relembre o caso na reportagem exibida na sexta-feira, 19, no vídeo abaixo).

Além da prisão dele, policiais civis de São José dos Campos cumpriram na tarde desta segunda-feira (22) mandados de busca e apreensão nas casas de quatro homens ligados ao crime .

Foi apreendida a barra de ferro usada para espancar a vítima. Os homens também levaram o colete do motoclube da vítima após a sessão de espancamento.

A Polícia Civil identificou que dos cinco, além do principal agressor, outros dois também bateram no homem apontado por eles como suposto traidor do motoclube. O responsável pela filmagem e um outro homem que estava no local não agrediram a vítima, mas devem responder por omissão.

De acordo com o delegado, ele será transferido para São José dos Campos, onde permanecerá detido e deve ser submetido à uma reconstituição.

Tortura

Segundo a Polícia Civil, o caso foi registrado no plantão policial do 3º DP na madrugada de terça-feira (16), quando um grupo de motociclista do mesmo motoclube, mas da cidade de São Paulo, procurou os policiais para denunciar a tortura de um de seus companheiros por parte de membros do motoclube de São José.

A vítima estava acompanhada deles e, de acordo com o boletim de ocorrência, apresentava fortes dores no corpo e na cabeça, causadas por inúmeros golpes com barra de ferro. Ela foi encaminhada ao Pronto Socorro do Parque Industrial, onde recebeu atendimento médico.

Após dois dias de investigação, a polícia identificou que a ação foi gravada pelos agressores e divulgadas nas redes sociais e aplicativos de mensagens.

Em um dos registros é possível ver um homem com a barra de ferro em mãos, desferindo golpes contra a vítima. Um deles diz que a vítima traiu o grupo ao revelar informações de uma das reuniões do motoclube. Depois, ele pede que o torturado retire a camisa e os óculos, passando a desferir golpes com a barra de ferro por todo o seu corpo.

A Polícia Civil apurou que a traição apontada pelo agressor foi um episódio em que parte do grupo queria deixar de pagar uma quantia em dinheiro pelo licenciamento do uso da marca do motoclube. O episódio teria sido denunciado à administração nacional do motoclube pelo homem agredido.

Em um dos vídeos, a vitima aparece tremendo e sem camisa, sendo obrigada a pedir desculpas aos torturadores, que gravavam a cena. Nele, também é possível escutar o criminoso dizendo que o “pegaria novamente na rua”.

Por meio das imagens, os policiais conseguiram identificar o torturador, como sendo um homem de 47 anos identificado como Chileno, morador de São José dos Campos que atuava como diretor da associação de motociclistas na cidade.

O agressor foi expulso do motoclube, mas divulgou um vídeo no qual diz que este tipo de punição a integrantes é comum e está prevista no estatuto dos Abutre’s. Além disso, a polícia também está tentando identificar outras quatro pessoas que também aparecem nas cenas.

Em comunicado oficial, divulgado na internet, os grupo de motociclismo Abutre’s repudiou as agressões e afirmou que este tipo de atitude não condiz com as diretrizes da diretoria.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Prefeitura realiza obras de manutenção na sinalização de trânsito por toda a cidade

O setor de sinalização de trânsito, da Secretaria Municipal de Segurança Pública, Mobilidade e Cidadania vem atuando intensamente na manutenção da sinalização das vias públicas de Alegrete, com diversas ações que ajudam a promover um trânsito melhor e mais seguro.


Entre as ações, o departamento realizou a revitalização do estacionamento de motos próximo à Farmácia Municipal e ao CAPS I e efetuou a troca de placas de sinalização em diversas vias, como na rua dos Andradas, Presidente Franklin Roosevelt, Coronel Luiz Inácio Jacques, avenida Dr. Lauro Dornelles e na José Bonifácio.

Na esquina da avenida Dr. Lauro Dornelles com a rua Waldemar Masson o setor realizou a repintura da faixa amarela e do espaço regulamentar de 5 metros.

Continue lendo

Manchete

Fiscalização eficiente no combate a Festas clandestinas e aglomerações

Mais uma vez, a nossa fiscalização acabou com festas clandestinas e inúmeras aglomerações no sábado e domingo, mesmo em bandeira preta. Estamos vivendo o pior momento da pandemia e não temos leitos de UTI disponíveis. Este é um dos piores exemplos de como aumentou o contágio do coronavírus. E não esqueçamos que reunião e festa com parentes e amigos também é aglomeração.

Chega de falta de empatia. Chega de inconsciência. Nos ajudem a denunciar.

Continue lendo

Corona Vírus

Segunda Feira registra 72 casos positivos

Nesta segunda-feira (01) foram registrados 72 casos positivos, 47 mulheres e 25 homens, com idades entre 01 e 84 anos. Também foram registrados 19 recuperados. Há 07 pacientes na UTI Covid, 14 no Hospital de Campanha e 03 na UPA.

Atualmente são 5.170 casos confirmados, com 4.345 recuperados, 759 ativos (735 estão ativos em isolamento domiciliar e 24 hospitalizados positivos de Alegrete) e 66 óbitos.

Foram realizados 20.201 testes, sendo 14.767 negativos, 5.170 positivos e 264 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 1.013 pessoas. 

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular