Contato

Manchete

PIS-Pasep 2020-2021: calendário de pagamento do abono salarial é antecipado para fevereiro

O calendário de pagamentos restantes do abono salarial PIS-Pasep 2020-2021 será antecipado para fevereiro, de acordo com nova resolução publicada nesta sexta-feira (5) no Diário Oficial da União.

Quem nasceu nos meses de março a junho ou tem número final de inscrição entre 6 e 9 receberá o benefício no dia 11 de fevereiro. Pelo calendário anterior, os nascidos em maio e junho e com número final de inscrição 8 e 9 receberiam apenas em 17 de março.

 

Novo calendário de pagamento do PIS

 

PIS-Pasep 2020-2021: calendário de pagamento do abono salarial é antecipado para fevereiro — Foto: Reprodução

PIS-Pasep 2020-2021: calendário de pagamento do abono salarial é antecipado para fevereiro — Foto: Reprodução

Para os trabalhadores que não são correntistas da Caixa, o dinheiro é depositado em poupança social digital, que pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem.

De acordo com a nova resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), os trabalhadores que forem correntistas da Caixa, receberão o crédito do PIS em conta a partir de 9 de fevereiro. No caso do Pasep, os servidores que forem correntistas do Banco do Brasil receberão o depósito em conta também a partir de 9 de fevereiro.

 

Novo calendário de pagamento do Pasep

 

Calendário de pagamento do Pasep — Foto: Reprodução

Calendário de pagamento do Pasep — Foto: Reprodução

 

O PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado e é pago na Caixa Econômica Federal. Já o Pasep é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil. O calendário de recebimento leva em consideração o mês de nascimento, para trabalhadores da iniciativa privada, e o número final da inscrição, para servidores públicos.

Os recurso ficarão à disposição dos trabalhadores até 30 de junho de 2021, prazo final para o recebimento. A Caixa prevê disponibilizar cerca de R$ 15,8 bilhões para mais de 20,5 milhões de beneficiários do PIS até o final do calendário do exercício 2020/2021.

 

Qual o valor e quem tem direito?

Com o aumento do salário mínimo em janeiro, o valor do abono salarial varia de R$ 92 a R$ 1.100, de acordo com a quantidade de meses trabalhados durante o ano-base 2019. Só receberá o valor total quem trabalhou os 12 meses de 2019.

Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2019. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

 

Para saber se tem direito e como sacar

 

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Fonte: Por G1

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Vacinação contra Covid-19 para idosos de 60 anos ou mais no interior do município

A Prefeitura de Alegrete, através da Secretaria de Saúde, irá realizar a vacinação de idosos com 60 anos ou mais, com a primeira dose contra a Covid-19, nas localidades do interior do município. Para se vacinar é preciso apresentar documento de identidade e CPF.

“Montamos esse esquema de vacinação especialmente para atender a população do campo que ainda não recebeu a primeira dose. Nosso município possui uma grande extensão territorial e sabemos que isso muitas vezes dificulta o deslocamento da população do campo até a cidade nos dias de vacinação, por isso vamos levar a vacina até eles”, declarou a secretária de Saúde Haracelli Fontoura.

Confira o cronograma abaixo:

Continue lendo

Educação

Defensoria Pública do Estado emite nota sobre retomada das aulas presenciais

NOTA PÚBLICA

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, na condição de expressão e instrumento do regime democrático e de instituição permanente e essencial à função jurisdicional do Estado, vem a público reafirmar o compromisso com o acesso à educação, direito fundamental de todas as crianças e adolescentes de nosso Estado.

Nesse sentido, é inegável o prejuízo causado aos(às) alunos(as) pela suspensão das aulas presenciais quanto ao seu desenvolvimento psicossocial, educacional e cognitivo, especialmente dos mais vulneráveis. Ainda que os(as) alunos(as) tenham pleno acesso ao ensino digital, o que não constitui a realidade de muitos, precisamos considerar que a modalidade remota não é ideal, pois não propicia a interação social necessária. Ademais, para grande parte das crianças e adolescentes, existe o risco alimentar, fato que agrava ainda mais a situação.

No entanto, no momento em que a humanidade vivencia a maior crise sanitária, a retomada das aulas presenciais deve oferecer segurança a professores e demais profissionais envolvidos, bem como aos(às) alunos(as). Desse modo, salientamos a necessidade de que os profissionais da educação sejam incluídos no grupo prioritário da vacinação. Aguardamos, pois, que o Supremo Tribunal Federal possa atender ao pedido do Estado do Rio Grande do Sul na ação ajuizada relativa a essa priorização.

Assim, afirmando nossa missão de atuar como instrumento constitucional do Estado Democrático de Direito para garantir o acesso à justiça, a promoção dos direitos humanos e o exercício dos direitos às pessoas em situação de vulnerabilidade, somos favoráveis à retomada das aulas presenciais, de forma híbrida, com as medidas de segurança necessárias. Esperamos que isso ocorra com a maior brevidade possível. Para tanto, reforçamos as regras de distanciamento social e higienização.
A Defensoria Pública permanece prestando seus serviços à população do Estado do Rio Grande do Sul, já tendo realizado, no período de pandemia, mais de 1,2 milhão de atendimentos.

Porto Alegre, 27 de abril de 2021.

Antonio Flávio de Oliveira,
Defensor Público-Geral do Estado.

Andreia Paz Rodrigues,
Defensora Pública Dirigente do Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente.

Continue lendo

Cidade

Prefeito e secretário de Infraestrutura verificam demandas na praça Getúlio Vargas

Na manhã da última quarta-feira, 28, o prefeito Márcio Amaral e o secretário de Infraestrutura Mário Rivelino estiveram, acompanhados do coordenador de limpeza urbana Gilmar Massari, vistoriando pontos da Praça Getúlio Vargas que precisam de reparos.

“Nossa praça Getúlio Vargas é um patrimônio histórico, cultural e ambiental, que proporciona lazer e embeleza nossa cidade. Promover a manutenção dela é algo importante para a qualidade de vida da nossa população. Fiz questão de ir pessoalmente verificar os pontos que precisam de melhorias, pois nós temos esse cuidado com os espaços públicos, já que sabemos o quanto eles são importantes para a nossa gente”, declarou o prefeito Márcio.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular