Contato

Manchete

URGENTE: Correios entram em greve por tempo indeterminado em todo o Brasil

Na noite desta segunda-feira (17), assembleias gerais convocados pelos sindicatos de representação dos servidores dos Correios deflagaram greve geral por tempo indeterminado. Segundo a Federação Nacional dos Trabalhdores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT), a greve se deu após ausência de negociação por parte da direção da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), retirada de direitos dos trabalhadores e negligência da empresa com os ecetistas durante a pandemia da Covid-19.

A greve inicia imediatamente, nesta terça-feira (18), em todo o Brasil. Os trabalhadores de diversas cidades anunciaram que estarão em frente aos seus locais de trabalho, realizando um ato de protesto enquanto durar a greve.

Em nota emitida pelos sindicatos de cada Estado, os trabalhadores foram convocados para ato que teve início às 18h e acabou por deflagrar a greve em todas as principais cidades e nas capitais dos Estados brasileiros.

Os servidores pedem o restabelecimento do atual Acordo Coletivo que teria vigência até 2021. Desde o dia 1º de agosto, a direção da empresa excluiu 70 cláusulas trabalhistas prevista no Acordo Coletivo, como licença maternidade de 180 dias, pagamento de adicional noturno, horas extras, indenização por morte, auxílio creche, entre outros.

O aumento da participação dos trabalhadores percentualmente no plano de saúde também vem onerando os ecetistas, e causando debandada em massa no plano de saúde da categoria. Além disso, os trabalhadores estão mobilizados contra a negligência dos Correios em relação à Covid-19, com falta de equipamentos adequados, alcool em gel, testagem de trabalhadores.

Em Porto Alegre, o ato convocado peloSindicato dos Trabalhadores de Correios do RS (Sintect-RS) ocorreu junto ao Mercado Público e contou com a presença de centenas de pessoas. Confira:

Confira a nota da Fentect, emitida pouco antes das assembleias e já antecipando o possível desfecho das mesmas:

“Os trabalhadores dos Correios de todo o país vão deliberar deflagração de greve em assembleias nacionais nesta segunda-feira (17/08), a partir das 18h. Diante da ausência de negociação por parte da direção da ECT e retirada de direitos e negligência da empresa com os trabalhadores ecetistas durante a pandemia da Covid-19, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (FENTECT), junto com os sindicatos filiados, se mobilizam para deflagrar grande greve nacional por tempo indeterminado.

Entre as diversas pautas, a categoria luta pelo restabelecimento da sentença normativa que continha nosso atual Acordo Coletivo que teria vigência até 2021. Desde o dia 1º de agosto, a direção da empresa excluiu 70 cláusulas trabalhistas prevista no Acordo Coletivo, como licença maternidade de 180 dias, pagamento de adicional noturno, horas extras, indenização por morte, auxílio para filhos com necessidades especiais, em uma atitude desumana impedindo tratamentos diferenciados e que garantem melhor qualidade de vida, e auxílio creche.

Além disso, houve um aumento da participação dos trabalhadores percentualmente no plano de saúde. Desde o início da pandemia, a categoria vem travando uma verdadeira batalha judicial para garantir testagem, liberação de trabalhadores em grupo de risco e aqueles que coabitam com grupos de risco e que possuem crianças em idade escolar.

As assembleias serão transmitidas pela página do Facebook da FENTECT: https://www.facebook.com/Fentect/”

 
Continue lendo
Publicidade
Comentários

Manchete

Zucco propõe ampliação do teste do pezinho em hospitais públicos

Ampliar a detecção de seis para até 53 tipos de doenças a partir do Teste do Pezinho realizado em recém-nascidos. Este é o objetivo do projeto do deputado Tenente-Coronel Zucco, protocolado esta semana. Atualmente o chamado “teste do pezinho ampliado” é realizado apenas em estabelecimentos privados de saúde. O projeto prevê a realização do exame em hospitais públicos do Rio Grande do Sul.
A proposta de Zucco aperfeiçoa o projeto – aprovado e transformado em lei em 2000 – que prevê o Teste do Pezinho nos hospitais públicos gaúchos. “Trata-se de uma iniciativa fundamental para proteger a saúde dos recém-nascidos que nós, através deste projeto, queremos ampliar e modernizar”, afirmou. O parlamentar acrescenta que o diagnóstico precoce permite aumentar a eficiência do tratamento de diversas doenças, reduzindo a mortalidade infantil.
O Tenente-Coronel Zucco lembra, ainda, que segundo o Ministério da Saúde existem 13 milhões de pessoas no Brasil portadoras das chamadas doenças raras. “Deste total 75% são crianças, o que dá a dimensão da importância da ampliação do Teste do Pezinho”.

TESTE DO PEZINHO

O Teste do Pezinho é realizado entre o segundo e o quinto dia do nascimento do bebê. Consiste na coleta de algumas gotinhas de sangue do calcanhar do recém-nascido com o emprego de um filtro especial. O exame ajuda a diagnosticar doenças metabólicas, genéticas e infecciosas capazes de afetar o desenvolvimento neuropsicomotor do bebê, sem sintomas detectáveis.

Continue lendo

Manchete

Reunião trata de política de assistência aos apenados

 

O Ministério Público participou, nesta terça-feira, 27 de outubro, de audiência pública para discutir a implantação da metodologia APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) em Alegrete. O evento, ocorrido no Salão do Júri do Foro local, serviu para debater o assunto e apresentar o modelo à comunidade.

O subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Institucionais do Ministério Público, Marcelo Lemos Dornelles, destacou que o MP trata a segurança pública como prioridade e a considera essencial para o bem-estar da sociedade. “É necessário olhar para o sistema prisional e buscar alternativas para diminuir os altos índices de reincidência”, disse.

O procurador de Justiça e coordenador do Núcleo de Apoio à Fiscalização dos Presídios do MPRS, Gilmar Bortolotto, salientou que as APACs não são a solução para os problemas do sistema prisional, mas um complemento para melhorá-lo. “É importante não sermos preconceituoso e olhar como as APACs funcionam. O mínimo que eu posso fazer é colocar a minha cara, porque eu acredito nisso. E, se não der certo, a gente terá ao menos tentado mudar algo”, argumentou.

A promotora de Justiça de Alegrete Daniela Fistarol observou que “as APACs têm uma metodologia que se diferencia do sistema prisional tradicional, mas que não deixa de ser uma forma de cumprimento de pena”.

Pelo MP, participaram do encontro, o procurador de Justiça Luciano Pretto e os promotores de Justiça de Alegrete Luiza Trindade Losekann e Rodrigo Alberto Wolf Piton. Estiveram presentes, ainda, o secretário estadual da Administração Penitenciária, Cesar Luis de Araújo Faccioli, o prefeito de Alegrete, Márcio Fonseca do Amaral, o juiz-corregedor do Tribunal de Justiça do Estado, Alexandre Pacheco, o defensor público corregedor, Antônio Augusto Korsack Filho, o presidente da Câmara de Vereadores de Alegrete, Moisés Fontoura, e o juiz da Vara Criminal de Alegrete, Rafael Echevarria Borba

Continue lendo

Manchete

Pedestre cai na rua dos Andradas

Uma senhora, caiu na rua dos Andradas, na noite deste sábado(24) e foi socorrida pelos Bombeiros.

Com queda, ela bateu a cabeça e teve ferimentos em outros locais do corpo. Não se tem a identificação da vítima e nem a causa da queda, se tropeçou ou teve mal súbito.

Ela foi encaminhada para a UPA.

Foto/vídeo: internauta/divulgação

Continue lendo

Popular