Contato

Em Campo

INMET prevê entrada de massa fria em todo o RS

 

ūü•∂ ‚ĚĄÔłŹ FRIO INTENSO | MASSA DE AR POLAR TRAR√Ā TEMPERATURAS NEGATIVAS E GEADAS FORTES NO RIO GRANDE DO SUL

 

ūüƨԳŹ No decorrer desta segunda-feira (13), o ingresso de uma intensa massa de ar polar pela Argentina e Uruguai, deve derrubar as temperaturas no RS. Logo no amanhecer, as temperaturas j√° baixam dos 5¬įC em toda metade sul ga√ļcha e se aproximam dos 0¬įC na fronteira com o Uruguai. Durante o dia, mesmo com a presen√ßa do sol a temperatura se mant√©m baixa, com acentuada sensa√ß√£o de frio por causa do vento minuano que sopra com rajadas acima de 40 km/h em alguns momentos, sobretudo na Serra do Sudeste e litoral. No per√≠odo da noite, o frio se acentua em todas as regi√Ķes do estado e em muitos pontos, as menores temperaturas do dia devem ser registradas neste per√≠odo.

‚ö†ÔłŹ ‚õĄ Na ter√ßa-feira (14/07), o resfriamento ser√° ainda mais intenso e as temperaturas devem descer a valores abaixo de 0¬įC em v√°rias regi√Ķes do RS, como em √°reas da Campanha, Sul, Centro, Serra e baixadas da metade norte ga√ļcha. Em algumas localidades, principalmente em topos (locais altos e descampados) da Serra do Sudeste, a temperatura negativa deve vir acompanhada de vento, o que proporcionar√° uma sensa√ß√£o t√©rmica ainda menor do que a temperatura registrada pelos term√īmetros. √Č importante destacar que, a temperatura negativa acompanhada de ventos, provoca congelamento de superf√≠cies l√≠quidas expostas a a√ß√£o do vento, al√©m de trazer risco para a ocorr√™ncia de um fen√īmeno denominado ‚Äúgeada negra”, que √© a geada mais nociva √†s culturas, pelo fato de congelar a seiva das plantas e causar danos maiores, dependendo das condi√ß√Ķes de resist√™ncia de cada cultura. No per√≠odo da tarde, as temperaturas permanecem baixa com m√°ximas abaixo dos 15¬įC em quase todas regi√Ķes do estado e abaixo dos 10¬įC nas partes mais altas da campanha, sul e serra.

‚ö†ÔłŹ ūüĆ°ÔłŹūü•∂ Na quarta-feira (15/07), o ar frio e seco est√°vel associado a massa de ar polar deve favorecer a temperaturas m√≠nimas expressivas em √°reas de baixadas e locais de menor altitude. As temperaturas podem descer a valores negativos com geadas amplas em v√°rias regi√Ķes do estado. Em baixadas da Serra do Sudeste (de Pinheiro Machado, Pedras Altas e arredores), Campos de Cima da Serra (de Ausentes, Bom Jesus e arredores), Serra do Botucara√≠ (de Soledade e arredores) as temperaturas m√≠nimas podem chegar a valores entre -8/-6¬įC, n√£o se descartando valores menores em algumas localidades destas regi√Ķes. Em baixadas da Serra Ga√ļcha (de Canela, Farroupilha e etc) a m√≠nima pode alcan√ßar valores entre -7/-5¬įC.

‚ě°ÔłŹ Nas baixadas de menor altitude da campanha (de Quara√≠, Livramento e arredores) e do norte ga√ļcho (Serafina Corr√™a e arredores), a temperatura m√≠nima pode oscilar entre -6/-4¬įC. Em algumas localidades de baixa altitude do sul ga√ļcho (regi√Ķes perif√©ricas de Pelotas, Pedro Os√≥rio, Arroio Grande e arredores) valores entre -5/-3¬įC podem ser observados. J√° em baixadas da faixa leste (de Teut√īnia, Nova Santa Rita e arredores), as temperaturas devem ficar entre -4/-2¬įC. As proje√ß√Ķes indicam inclusive que as temperaturas podem descer a valores negativos at√© mesmo em pontos do litoral sul (Rio Grande, Chu√≠ e arredores), orla da Lagoa dos Patos (Barra do Ribeiro e arredores) e Regi√£o Metropolitana de Porto Alegre (Canoas, Campo Bom e arredores), al√©m de algumas localidades do oeste e centro.

‚Ěó√Č importante destacar que regi√Ķes de baixadas, como mencionado no texto da previs√£o, se referem a lugares com relevo mais √≠ngreme ou acidentados, uma vez que conseguem se proteger da a√ß√£o dos ventos e ainda conseguir acumular ar frio em noites est√°veis, entre os quais, pode se citar locais de vales, terrenos pr√≥ximos a arroios/sangas e locais mais baixos com barreiras orogr√°ficas no entorno. Nestas situa√ß√Ķes de ar frio est√°vel, isto √©, sem vento e com c√©u limpo, o ar frio por ser mais denso tende a escoar das partes altas e se acumular nesses locais baixos. Por esse motivo, regi√Ķes de maior altitude ou mais expostas a a√ß√£o dos ventos, acabam tendo temperaturas mais elevadas nessas situa√ß√Ķes!!

ūüĒľ ūüĒ• Na tarde de quarta-feira, as temperaturas se elevam um pouco mais, mas mant√©m a sensa√ß√£o de frio durante o dia. A partir de quinta-feira (16/07), as temperaturas se elevam gradativamente e o calor retorna ao estado, sobretudo no final de semana (a partir do dia 18/07), com marcas pr√≥ximas ou at√© superiores aos 30¬įC em alguns munic√≠pios.

Continue lendo
Publicidade
Coment√°rios

Em Campo

Prefeitura de Alegrete informa sobre a regularização dos Poços Artesianos

A Prefeitura Municipal de Alegrete, atrav√©s da Secretaria de Agricultura e Pecu√°ria, Secretaria do Meio Ambiente em parceria com a Empresa de Assist√™ncia T√©cnica e Extens√£o Rural ‚Äď EMATER Alegrete, refor√ßam a import√Ęncia da realiza√ß√£o da regulariza√ß√£o de po√ßos artesianos.

Os po√ßos artesianos s√£o recursos h√≠dricos naturais, de √°gua doce, que atuam com pouca agress√£o ao meio ambiente e oferecem mais sa√ļde e economia para os propriet√°rios. Essa alternativa √© muito comum em ambientes onde n√£o h√° √°gua encanada ou vertente pr√≥xima para consumo. No munic√≠pio os po√ßos s√£o mais comuns em localidades rurais, em distribui√ß√Ķes comunit√°rias ou isoladas. A regulariza√ß√£o √© fundamental para evitar problemas de uso e consumo impr√≥prio, polui√ß√£o e assegura ao propriet√°rio o uso vital√≠cio do mesmo.
Devido a essa necessidade, a EMATER estar√° auxiliando os propriet√°rios, com po√ßos irregulares, a realizarem o cadastramento no Sistema de Outorga de √Āgua do Rio Grande do Sul ‚Äď SIOUT / RS, conforme a Instru√ß√£o Normativa da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Infraestrutura ‚Äď SEMA n¬ļ 05, de 23 de novembro de 2020. Esta a√ß√£o √© uma alternativa para auxiliar os produtores e propriet√°rios sem custo algum, de modo que beneficie a todos.

Para realizar o cadastro, o propriet√°rio dever√° agendar atendimento pelo telefone (55) 99956 – 8473 ou comparecer ao escrit√≥rio da EMATER ‚Äď Alegrete a partir do dia 19 de janeiro at√© 30 de junho de 2021.

√Č necess√°ria a apresenta√ß√£o dos seguintes documentos:

Рmatrícula da propriedade;
– recibo do Cadastro Ambiental Rural ‚Äď CAR.
– documentos pessoais do propriet√°rio do im√≥vel (Cadastro de Pessoa F√≠sica ‚ÄďCPF e RG);

Ao realizar o cadastro e o mesmo for aprovado, será emitido pela SEMA, uma licença prévia de dois anos, garantindo a utilização do poço. Essa licença assegura o proprietário até o processo de análise estar concluído e ser liberada a outorga definitiva.

Continue lendo

Em Campo

Gafanhotos: Rio Grande do Sul tem 67 focos em 8 municípios

Secretaria da Agricultura, Pecu√°ria e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) informou que 67 pontos de infesta√ß√£o de gafanhotos foram encontrados no Rio Grande do Sul, mostrando que a incid√™ncia da praga alcan√ßou 62,04% da √°rea monitorada. As informa√ß√Ķes fazem parte de um novo levantamento, divulgado nesta segunda-feira, 21.

De acordo com a pasta, diversos relatos de ocorr√™ncias dos insetos t√™m sido recebidos pelo Departamento de Defesa Agropecu√°ria da secretaria. ‚ÄúOs fiscais estaduais agropecu√°rios realizam dilig√™ncias nas ocorr√™ncias e concentram o monitoramento na √°rea de maior verifica√ß√£o do surto, na divisa entre os munic√≠pios de Santo Augusto, S√£o Val√©rio do Sul e arredores. At√© o momento foram verificados pontos com incid√™ncia de gafanhotos em oito munic√≠pios: S√£o Val√©rio do Sul, com 23; Santo Augusto, 18; Bom Progresso, 13; Chiapeta, 3; Redentora, 6; Campo Novo, 2; Dois Irm√£os das Miss√Ķes, 1, e Coronel Bicaco, 1, totalizando 67 pontos de focos‚ÄĚ, afirmou o departamento em nota oficial. 

‚ÄúEm geral a esp√©cie predominante das ocorr√™ncias √© Chromacris speciosa, o gafanhoto-soldado, de colora√ß√£o preta com manchas vermelhas quando jovem, evoluindo para verde camuflado quando adulto‚ÄĚ, informou o chefe da divis√£o de Defesa Sanit√°ria Vegetal da Seapdr, Ricardo Felicetti.

Felicetti conta que outras esp√©cies do g√™nero Sinipta, de ocorr√™ncia em pastos naturais, e do g√™nero Zoniopoda tamb√©m foram observadas. Conforme ele, essas esp√©cies alimentam-se de vegeta√ß√£o nativa e plantas espont√Ęneas e daninhas, com baixo risco de danos √† produ√ß√£o agr√≠cola.

A secretaria informou que as espécies são nativas, de ocorrência comum no Rio Grande do Sul. Elas não estão manifestando comportamento de praga agrícola, com ocorrências sem danos às plantas cultivadas e lavouras comerciais.

‚ÄúA orienta√ß√£o inclusive √© de n√£o realizar o controle, tendo em vista que essas esp√©cies desempenham fun√ß√£o ecol√≥gica no meio ambiente e eventuais supress√Ķes possibilitariam desequil√≠brio local e efeitos adversos ao meio ambiente e na conten√ß√£o de pragas agr√≠colas proporcionada pelo mesmo‚ÄĚ, informa o relat√≥rio.

 

Fonte: canalrural.com.br

 

Continue lendo

Em Campo

Defesa Civil abastece assentamento no Passo Novo

 

A Defesa Civil do Município, com um caminhão cedido pela Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social, deslocou-se na manhã desta sexta-feira para atender a comunidade do Assentamento Novo Alegrete, no Passo Novo com água potável. Foram cinco mil litros de água para suprir as necessidades dos moradores.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previs√£o do tempo

 

 

Popular