Contato

Cidade

PROCON cobra esclarecimentos sobre Contas Altas de Energia Elétrica

Tendo em vista dezenas de reclamações dos consumidores sobre a cobrança nas contas de energia elétrica, o Procon de Alegrete estará convidando os diretores da concessionária RGE para solicitar esclarecimentos sobre estas cobranças. Após resolução da companhia que prevê a leitura por média dos 12 meses de consumo.

Desta forma, ao invés de cobrar o consumo real do mês, a RGE faz o cálculo de 12 meses incluindo todas as bandeiras, inclusive os meses de maior consumo dos consumidores que é nos meses do verão.

O Procon solicita que os consumidores que se sentirem lesados procurem o órgão para registrar a reclamação. O entendimento do Procon é que esta cobrança é abusiva, neste momento de pandemia em que muitos consumidores estão com seus salários cortados, outros desempregados e muitas empresas estiveram ou estão com fechadas durante a pandemia de Coronavírus.

Assim que ficar oficializado a data desta reunião, que será por teleconferência, será divulgado nos veículos de comunicações.

Fonte: PMA/Facebook

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Prefeitura lança campanha para reduzir gastos com luz, água, telefone e combustível

Reduzir os chamados gastos fixos através da conscientização dos servidores, esse é o objetivo do programa “Economia: isso é da nossa conta”, que acaba de ser implantado em todas as repartições da Prefeitura. O programa pretende reduzir em até 15% as contas com água, luz, telefone, combustíveis, material de expediente e evitar desperdícios em todos os prédios da Prefeitura de Alegrete.

A ideia é sensibilizar todos servidores municipais quanto aos métodos para reduzir o consumo de água, energia elétrica, telefone, combustíveis e material de expediente. Para isso, cada Secretaria e Assessoria da Administração recebeu uma cartilha com orientações e apresentando o objetivo da medida, que é controlar a evolução de algumas despesas públicas.

A iniciativa partiu da Secretaria de Finanças e Orçamento, sob coordenação do secretário José Luiz Cáurio. “A economia se faz no dia a dia, com a colaboração dos servidores”, alerta. Segundo ele, a meta é que a prefeitura trabalhe cada vez mais com uma série de cortes nas despesas públicas para buscar sempre manter equilibrada as contas do município em um momento de aumento de gastos e redução de arrecadação devido à pandemia do coronavírus. “É nossa função zelar pelo dinheiro público, nos mínimos detalhes”, declarou o secretário.

O prefeito Márcio Amaral enfatiza que, por exemplo, desligar o computador durante ausência prolongada, apagar as luzes, utilizar o telefone para recados rápidos, entre muitos outros, são ações que trazem economia e dependem, somente, da mudança de hábitos. “Vamos levar o programa e pedir a colaboração de todos os servidores que serão os responsáveis pela redução nas despesas. Com medidas simples é possível reduzir, de forma significativa, os gastos com água, luz, telefone e combustível”, considera Amaral.

Continue lendo

Cidade

Procon realiza fiscalização estabelecimentos de revenda de gás

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, através do Procon, está realizando fiscalização nos postos de revenda de gás no município de Alegrete.

“O objetivo desta fiscalização é analisar se todos os estabelecimentos estão praticando os preços dentro da legalidade e se estão atendendo as normas da Agência Nacional do Petróleo”, destacou o diretor do Procon Geferson Cambraia.

O Procon também está analisando questões referentes a documentação para abertura do estabelecimento como alvará de funcionamento, presença do Código de Defesa do Consumidor, telefone do Procon fixado em local visível aos consumidores, tabela de preços e a balança para a pesagem dos botijões de gás, conforme inciso VI do artigo 26 da Resolução nº51/2016 da ANP e segundo a lei federal 8.078/91 (Código de Defesa do Consumidor).

Os estabelecimentos que apresentarem irregularidades terão um prazo estipulado pelo Procon para regularizar a situação. Esta fiscalização se estende durante todo o mês de maio.

Durante a fiscalização, foi feita também uma pesquisa de preços do botijão de gás nos aproximadamente 12 estabelecimentos visitados pelos técnicos do Procon.

O menor preço de venda com retirada no local, foi de R$ 79,00 e maior preço foi de R$ 85,00. Já o menor preço com entrega à domicílio foi encontrado por R$ 84,90 e o maior preço por R$ 93,00.

A pesquisa completa está disponível na página do Procon, no site da Prefeitura de Alegrete.

Continue lendo

Cidade

Relatório de monitoramento de regiões distribuídas por ESFs aponta dados do Covid-19 em Alegrete

A Prefeitura de Alegrete, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realiza o monitoramento de regiões distribuídas por Unidades de ESFs. O levantamento é feito pelo analista de dados da SMS, Marco Rego.

Segundo o relatório do dia 11 de maio, as ESFs que apresentam risco médio, sinalizadas em cor amarela, são as ESF Rondon e Piola. Já as que apresentaram risco baixo, representadas em cor azul, são as ESF Cidade Alta, ESF Macedo, ESF Nova Brasília, ESF Saint Pastous, Centro Social Urbano, ESF Prado, ESF Vera Cruz, ESF Vila Nova, ESF Bento Gonçalves, ESF Promorar e ESF Dr. Romário.

No mapa a classificação é feita em quatro níveis que indicam o número de contaminados e o risco de contaminação. A cor preta representa altíssimo risco de contágio, a cor vermelha indica risco alto, a amarela significa risco médio e a azul baixo risco de contágio. Os indicadores são: de 0% à 1,25% da população monitorada, marcado em azul; De 1,26% à 2,50% da população monitorada, em amarelo; De 2,51% à 3,75% da população monitorada, em vermelho; Acima de 3,76% da população monitorada, em preto.

Segundo o relatório, de 05 a 11 de maio foram 203 casos acumulados de novas infecções, sendo que na semana anterior houve a confirmação de 147 casos, demonstrando aumento de 38,10% com relação aos últimos sete dias.

Nessa semana, de 05 a 11 de maio, também foram registrados 166 casos de recuperações, comparado com os últimos sete dias foram registrados 175 casos, dessa forma, houve queda de 5,14% no índice de recuperados.

Na semana de 05 a 11 de maio, houve um aumento na média móvel diária de novas confirmações para COVID-19, totalizando a média em 29 novos casos diários, de modo que nos 7 dias anteriores foi registrada a média de 21 novos casos diários, perfazendo um aumento de 38,10% com relação a última semana.

A semana corrente também apresenta aumento no volume de casos ativos, totalizando 134 casos, em contraponto com os 100 casos ativos contabilizados na semana anterior, apresentando assim aumento de 34%. De 05 a 11, foram registrados 3 óbitos ocorridos no município, o que representa média de 0,42 pacientes por dia.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular