Contato

Esportes

Incentivo e investimento nas categorias de base do Palmeiras formam campeões.

 

Não por acaso, que as equipes que mais investem nas categorias de base, se classificaram para final do 40º  Efipan.

 A equipe Sub-14 de futebol do Palmeiras disputou a 40ª edição do Encontro de Futebol Infantil Pan-Americano (EFIPAN) entre os dias 18 de janeiro e 02 de fevereiro. A competição é uma das mais importantes do país e já teve o Verdão como campeão em quatro edições: 1983, 1984, 2017 (invicto) e 2018 (invicto) e em 2020 novamente invicto, venceu o tricolor Gaúcho no Estadio Farroupilha por  3 à 0.

Em 2019, o Palmeiras se sagrou vice-campeão da competição após ir para final contra o Grêmio. Vale lembrar que o Alviverde é o único clube paulista a faturar o EFIPAN e o maior vencedor do torneio em relação aos clubes de fora do Rio Grande do Sul. Nesta edição, o time palestrino foi comandado pelo Professor  Eduardo Pereira Silva (Alemão), técnico do Sub-13 e que concluiu a transição do time para a categoria Sub-14 neste mês.

Em 2018, o Palmeiras foi campeão de forma emocionante após superar o Grêmio, por 1 a 0, com gol no último minuto de partida. No ano anterior, o Verdão havia levantado a taça após bater o São Paulo, por 2 a 0, na decisão. As categorias de base do Palmeiras já conquistaram 26 títulos em 2019 e superaram o recorde de 23 taças atingido em todo o ano de 2018, e no mês de janeiro de 2020, esta já é a quinta premiação conquistada pelas categorias de base.

Confira abaixo, a nominata dos atletas do Palmeiras selecionados pelos treinadores e imprensa, como destaques em suas posições no EFIPAN .
 
Goleiro   – Pedro Henrique Melo dos Santos – melhor defesa
Atacante – Endrick Felipe Moreira de sousa- 13 gols marcados
Atacante – Luis Guilherme  Lira dos Santos – 10 gols marcados
 

 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Esportes

A bola volta a rolar nos campos de futebol de Alegrete

Em Reunião Realizada Hoje Pela Manhã na Prefeitura Municipal de Alegrete ficou Definido Que o Retorno do Futebol de Campo na Cidade sera Apartir da Segunda feira 21 de Setembro com Todos os Protocolos de Segurança sendo Realizados no Estádio Municipal Farroupilha sem a Presença de Torcida .
Participaram da Reunião Prefeito Marcio Amaral , Presidente da LAF Ramud Maruf, Diretor de Esportes Emerson Coelho e o Advogado Sivens Carvalho .

Continue lendo

Esportes

Deputado treina na Parceria Armas e ressalta o direito à auto-defesa

 

Treinar num estande de tiro profissional é um sonho de consumo de muitos. Alegrete tem um espaço modelo onde já recebeu até mesmo um campeão brasileiro de tiro olímpico.

A pista da Parceria se transformou em teferência para atiradores amadores, para apreciadores do tiro esportivo e profissionais da área como militares e policiais de toda a região.

Um recente visitante do local saiu admirado com o que viu e experimentou em Alegrete. Foi o deputado estadual Eric Lins, que dias atrás fez uma sessão de tiros nos estandes da Parceria Armas e depois usou de sua rede social para enaltecer o trabalho da empresa e defendeu o diireito do cidadão se defender.

“É evidente que a força policial não pode enfrentar sozinha todos os problemas de segurança. Por isso, os cidadãos de bem devem ter direito a autodefesa, para poder proteger a si e à sua família. Contudo, devemos nos capacitar para o manuseio de arma de fogo, como fiz em Alegrete, com o auxílio do instrutor Farias, do Clube de Tiro Parceria onde tive todo o suporte e estrutura. Legítima defesa é fundamental!”

Continue lendo

Esportes

Grêmio é tricampeão gaúcho, apesar da derrota em casa

 tarde deste domingo foi de emoção para os gremistas espalhados pelo mundo. Após vencer o Caxias no jogo de ida, por 2 a 0, o Tricolor acabou superado pela equipe da serra por 2 a 1, na Arena. Mas no placar agregado de 3 a 2, deu Grêmio, que com o resultado, levantou a taça de Campeão Gaúcho 2020, quebrando mais um recorde: a conquista em sequência do tricampeonato gaúcho, fato que não acontecia desde 1987.

O técnico Renato Portaluppi escalou sua equipe com força máxima, dentro dos atletas que estavam à disposição. Em campo, colocou Vanderlei, Victor Ferraz, Geromel, Kannemann, Cortez, Darlan, Lucas Silva, Jean Pyerre, Alisson, Éverton e Diego Souza. E logo nos minutos iniciais mostrou ofensividade. Aos 4’ ameaçou com Jean Pyerre, que cobrou uma falta da meia esquerda, colocando na pequena área, mas a defesa Grená afastou pela linha de fundo.

Mas não demorou para ser efetivo. Com 14 minutos de bola rolando, os gremistas abriram o placar com um golaço de Diego Souza. A jogada começou com um cruzamento da direita na área, em que Everton recebeu e acertou a trave. No rebote, Diego apareceu e estufou as redes, colocando o Grêmio na frente no marcador.

O Caxias tentou descontar com Diogo Oliveira, que recebeu e chutou a gol, mas a bola saiu à esquerda da meta defendida por Vanderlei. O Tricolor se manteve no ataque e levou novamente perigo aos 18’, com um chute forte de Jean Pyerre, de fora da área, que obrigou Marcelo Pitol a se esticar para tentar a defesa, mas a bola saiu à direita do gol.

Passada metade da etapa inicial, os visitantes tentaram com Claudinho, que recebeu na esquerda, saiu em velocidade, passando pela marcação até chutar cruzado. A bola veio com perigo, mas saiu à direita da meta de Vanderlei.

O Caxias conseguiu chegar ao empate aos 42 minutos, quando Ivan fez um cruzamento na pequena área, na cabeça de Laércio, deixando tudo igual na Arena.

O jogo se mostrou mais equilibrado na etapa complementar. Os primeiros a construírem uma jogada de ataque foram os gremistas, que tiveram uma falta da intermediária, de longa distância logo aos 3’. Everton cobrou, mas a bola terminou nas mãos do goleiro Marcelo Pitol.

A equipe da serra conseguiu virar o jogo com Vinicius Baiano aos 9’, que de dentro da área, finalizou. A bola bateu ainda e Kannemann e encobriu o goleiro Vanderlei, colocando o Caxias na frente no placar.

O Grêmio tentou responder com Isaque, aos 14’, quando depois de uma confusão da defesa adversária, pegou a sobra e chutou colocado, mas a bola saiu à esquerda da meta. Na sequência, foi a vez de Darlan chutar e a bola explodir na marcação. No lance, a bola pareceu bater no braço do defensor, mas a arbitragem, após análise do VAR, deu apenas escanteio.

Passados 33 minutos, Alisson recebeu um cruzamento da extrema esquerda e desviou para o gol, mas a bola subiu demais e passou por sobre a meta. Quatro minutos depois, após uma cobrança lateral, a bola chegou a Thiago Neves, que finalizou de primeira, obrigando Pitol a uma boa defesa.

Na reta final, o Caxias ainda pressionou, mas não conseguiu o gol que levaria a partida para os pênaltis.

Com o resultado do placar agregado, o Grêmio é campeão gaúcho, ao superar o Caxias por 3 a 2.

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Continue lendo

Popular