Contato

Cidade

Ibirapuitã ainda fora da caixa

A chamada enchente de São Miguel, que acontece durante o período da primavera, teve seu pico neste final-de-semana.

O rio Ibirapuitã chegou a marcar 10m18cm no domingo. Agora pela manhã está marcando 10m7cm.

O resultado é a crônica anunciada. Dezenas de famílias desalojadas na zona ribeirinha, principalmente na Vila Nova e bairro Santo Antonio.

A maioria foi alojada no ginásio do IEEOA. Algumas pessoas preferiram ficar em barracas no meio da rua e outras foram acolhidas por familiares.

O saldo é o seguinte:

 42 famílias
12 famílias IEOA
3 famílias Barraca
6 volante na rua 
19 famílias casa de parentes.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Amarelinhas pintadas em calçadas incentivam a volta à Infância

Quem passar pela rua dos Andradas, na altura do número 28, vai se deparar com uma amarelinha pintada na calçada. 

Foi pensando nisso, que o lojista Juliano Silveira, que tanto tem contribuído com  iniciativas coletivas e solidárias, nesta pandemia, resgatou o hábito de pular amarelinha.
O Patrick Camargo, pintou o jogo na calçada e nos enviou o seguinte texto, a partir das palavras do Juliano Silveira:
“Uma ação, para fazer com que as pessoas de mais idade, relembrem sua infância, e que seja uma inspiração para as crianças de hoje, motivando-as a realizarem atividades lúdicas de cunho físico ajudando na coordenação motora, noção espacial e interação com outras crianças. E, principalmente, fazer com que outros cidadãos, comerciantes, entidades públicas, etc… façam o mesmo. Seria maravilhoso disseminar essa causa positiva. Quanto mais pessoas aderirem à ideia, melhor. E que nunca deixemos morrer a criança no interior da gente. Para sermos um “gigante” temos que ter a grandeza de uma criança que busca nas asas da imaginação resolver todos os problemas do mundo”.
 
A ideia foi aceita também pela UNOPAR, que pintou em sua calçada uma amarelinha e postou o seguinte texto em sua pagina do Facebook:
 
– Amarelinha é uma brincadeira popular. A palavra “amarelinha” vem do francês marelle, que por adaptação popular ganhou a associação com amarelo e o sufixo diminutivo.
Acredita-se que amarelinha teria sido inventada pelos romanos, já que gravuras mostram crianças brincando de amarelinha nos pavilhões de mármore nas vias da Roma antiga. Na época, o percurso carregava o simbolismo da passagem do homem pela vida. Por isso, em uma das pontas se escrevia céu e, na outra, inferno.
 
Continue lendo

Cidade

Publicado novo decreto Municipal que autoriza Reuniões corporativas e outra atividades similares

DECRETO MUNICIPAL Nº 673, DE 23 DE SETEMBRO DE 2020

Conforme o que estabelece o Decreto Estadual nº 55.495 de 21 de setembro de 2020:

Ficam autorizados, desde que observem as medidas sanitárias segmentadas instituídas pelo Estado, às seguintes atividades: feiras e exposições corporativas ou comerciais; seminários, congressos, convenções, simpósios, conferências, palestras e similares; reuniões corporativas, oficinas, treinamentos e cursos corporativos.

Continue lendo

Cidade

Cavalarianos desfilam pelas ruas do Alegrete em homenagem ao 20 de Setembro

Ninguém esperava que na manhã deste domingo, 20 de setembro, data que recorda o dia em que teve início a Revolução Farroupilha, ou Guerra dos Farrapos, em 1835, um grupo de Cavalarianos desfilaria pelas ruas do Alegrete mantendo a tradição, mesmo em tempo de pandemia.

Aproximadamente 30 cavalarianos de diversas idades, se concentraram na Av Ibicuí, aos fundos do Parque de rodeios, a principio a cavalgada seguiria ao interior do município, mas de ultima hora decidiram seguir o caminho do desfile tradicional seguindo pela Av Ibicuí passando a ponte, subindo pela Barão do Amazonas, parando na Praça Getúlio Vargas, onde fizeram uma oração e Falaram um pouco sobre o motivo da cavalgada.

Logo depois os cavalarianos seguiram em direção a Praça nova, por onde passavam, a população e motoristas, aplaudiam e se solidarizavam com o evento dando prioridade nas preferencias para que a cavalgada passa-se.

Sem nenhum intuito politico, vinculo com instituição, apenas um grupo de amigos que se reuniu por whatsapp, o evento não teve nenhum transtorno, todos os cavalos estavam com o atestado veterinário em dia, os cavalarianos usando mascaras, e mantendo um distanciamento considerável entre eles.

A cavalgada dispersou na Praça Nova, logo após o agradecimento dos organizadores e a oração de um Pai Nosso.

Confira mais imagens e os videos da Cavalgada abaixo:

 

 

Fotos e Videos: Alex Stanrlei/Em Questão

 

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular