Contato

Cidade

Conselho do Turismo elege prioridades de curto e médio prazo

 

O Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), recentemente reestruturado,realizou sua primeira reunião, na sala do Centro Empresarial na tarde de segunda-feira(23), tendo como pauta assuntos internos e ampla discussão das estratégias de desenvolvimento turístico no Município. A reunião foi presidida pelo empresário Adão Ramos e contou com a presença da Secretária de Educação, Cultura e Turismo, Marcia Dornelles; do secretário de Desenvolvimento Econômico, Jesse Trindade Santos, presidente do Centro Empresarial de Alegrete, Francisco Pedroso e membros do Conselho.

O QUE ALEGRETE PRECISA FAZER

A gestora de turismo da região da Campanha e Fronteira Oeste do SEBRAE, Flávia Beatriz Marques, em sua fala transmitiu aos conselheiros que as ações de turismo precisam ter uma visão da cidade nas atrações turísticas e utilização  dos meios de divulgação para promoção desse potencial, através da criação de sites, uso das redes sociais e emprego de material impresso, como folders, também orientou no sentido de melhorar o Centro de Informações Turísticas, ampliando seu atendimento e sensibilizando a comunidade da importância de promover o turismo inclusive nas escolas onde encontra-se o futuro. Na ocasião, estimulou os conselheiros no sentido de que é preciso atrair o turista para que venha a até a cidade. Para isso, as ações vão da gastronomia, com prioridade na comida típica da região, promover o artesanato e a agroindústria e reforçar o selo “feitio do Alegrete”.  

VALORIZAR O QUE JÁ TEMOS

Entre as ideias para desenvolver o turismo estão a criação de roteiros, aproveitando o potencial de estâncias de Alegrete que poderiam ser incluídas para visitação. O presidente do COMTUR, Adão Ramos  explanou que a valorização maior dos eventos já existentes com objetivos turísticos é muito importante e citou entre eles a Campereada Internacional, o Efipan, os Festejos Farroupilhas, Feiras e Rodeios que podem ser bem mais aproveitados e assim atrair mais turistas para a cidade. 

 

QUALIFICAR CALENDÁRIO DE EVENTOS

A representante do SEBRAE enfatizou em valorizar os atrativos naturais e culturais sem perder a naturalidade da cidade, um trabalho onde aconteça a harmonização de canteiros floridos, embelezamento de praças, placas para orientar os locais turísticos que a cidade tenha. Sugeriu qualificar um calendário de eventos, pois é de fundamental importância, observou, e ainda consolidar umas marca para a venda turística do município, no momento foi citado e aceito por unanimidade “Alegrete, a cidade mais gaúcha do Rio Grande”.

Para o secretário Jesse Trindade Santos, o turismo interno tem que começar primeiramente com a população alegretense, onde os cidadãos tenham conhecimento dos atrativos turísticos que a cidade possui.
Ao final da reunião, ficou a sugestão de criar uma entidade regional de turismo, para assim ter mais força na política de desenvolvimento turístico e desta forma teremos um melhor olhar sobre a região.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Morre em Porto Alegre o Provedor da Santa Casa de Caridade

O Provedor da Mesa Diretora da Santa Casa De Caridade, Milton Araújo, morreu nesta tarde em Porto Alegre onde estava internado para tratar de um câncer.

Ex- Secretário Municipal, sempre na primeira linha dos colaboradores do ex-Prefeito José Rubens Pillar, foi um líder no segmento empresarial onde presidiu o CEA, por mais de uma vez, e integrou a direção estadual da Federação dos Clubes dos Dirigentes Lojistas do RS.

Neste ano foi eleito por aclamação para conduzir à direção da Santa Casa.

O corpo do Provedor deverá ser transladado para Alegrete. A Santa Casa, ainda não informou sobre os atos fúnebres.

 

Continue lendo

Cidade

Secretaria de desenvolvimento econômico e turismo participa de seminário da Confederação Nacional dos Municípios

Servidores da Equipe Técnica da SEDETUR participaram nos dias 19 e 20 de novembro do Seminário CNM QUALIFICA: MEI, REDESIM e Lei de Liberdade Econômica.
 
Com a publicação de novos normativos de trouxeram mudanças significativas para o tratamento do microempreendedor individual – MEI, e também para o processo de abertura de empresas, fez-se necessário a busca pela orientação sobre todas as regras e as novas normas referentes aos MEIs e suas obrigações, bem como, compreender as mudanças na REDESIM e as determinações da Lei de Liberdade Econômica e o papel do Município.
 
Para a Secretária Caroline Figueiredo, a capacitação contínua da equipe é a melhor ferramenta para manter a qualidade dos serviços prestados pela SEDETUR, visto que as mudanças geradas pela Lei de Liberdade Econômica e as resoluções do Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – CGSIM, trouxeram grandes alterações na forma de legalização e abertura de empresas, por isso a importância de estar atualizado e conectado com essas mudanças.
 
Participaram do Seminário, que foi realizado de forma online, os servidores Paulo Roberto Vargas Filho e Pablo Fagundes, o seminário foi coordenado pela Confederação Nacional dos Municípios – CNM em parceria com o instituto Paulo Ziulkoski – IPZ
Continue lendo

Cidade

Secretaria de Segurança realiza operação de repreensão ao transporte clandestino

Uma equipe da Secretaria de Segurança Pública, Mobilidade e Cidadania da Prefeitura de Alegrete realizou, na manhã de quarta-feira, 25, uma operação de repreensão ao transporte clandestino na cidade. As incursões foram realizadas na praça Getúlio Vargas, na Estação Rodoviária e outros pontos públicos centrais.
A operação terá prosseguimento em outros locais e horários. Conforme denúncias, o transporte clandestino tem intensificado sua operação próximo a pontos públicos, supermercados, comércios e demais serviços no centro e bairros da cidade.
A orientação da Secretaria de Segurança é no sentido da comunidade utilizar os serviços de transporte legalizados, como táxis, ônibus coletivos, motos ou aplicativos que possuem alvarás. Na cidade, apenas três empresas de aplicativos operam regularmente com chamadas através de plataformas tecnológicas. Os transportes legalizados são identificados por Prefixos e passam por vistorias periódicas, onde são revisados itens de segurança, documentação do condutor, além de atualmente atenderem também às medidas sanitárias de combate à Covid-19.
Conforme o diretor da Guarda Municipal, Angelo Tertuliano, quem utiliza o transporte clandestino coloca sua vida em risco pelo fato de estar sendo conduzido por motorista sem experiência e veículo sem manutenção. Em caso de acidente envolvendo transporte irregular de passageiros, a vítima poderá não ser indenizada, alertou o diretor.
Continue lendo

Popular