Contato

Cidade

Programa da Polícia Civil baseado no diálogo informal chega em Alegrete

Um papo aberto, direto, com muita informação e um objetivo: escolhas corretas. Esse é o foco do programa “Papo de Responsa” que chega em Alegrete. Desenvolvido pela Polícia Civil, a iniciativa tem como finalidade atingir grupos escolares, de idosos e qualquer outro que precisar de orientação e conhecimento sobre direitos e deveres. No Baita Chão, o programa é desenvolvido desde a última semana de junho e já atingiu alunos da rede pública e entidades privadas – como o Sesc.
Em conversa com o EQ, a escrivã de polícia e coordenadora do programa na cidade, Débora Prestes, apresentou o programa e os benefícios do projeto que tem como principal meta a prevenção. Bullyng, consumo de drogas e álcool, violência, segurança nas redes sociais são alguns dos temas mais abordados nos encontros.
Alegrete é a cidade sede da Coordenação Geral do Papo Responsa da 4ª Região. Na região, Uruguaiana e Barra do Quaraí já possuem policiais capacitados para desenvolver o programa.
Orientação e escolhas melhores
Desenvolvido no Estado pelo DECA e DENARC, desde 20016, o Papo de Responsa é um momento de interlocução entre o público alvo e a polícia civil. Os encontros são pautados pela livre intervenção do público e exemplificado com casos concretos acerca de delitos e suas consequências. “O adolescente é muito despreocupado com o amanhã. Estamos ali para mostrar que novas e melhores escolhas podem ser feitas”, destaca a coordenadora.
O Papo de Responsa é conduzido por policiais capacitadas para a atividade e é realizado após um estudo de caso de cada grupo. “Trabalhamos com a solicitação da comunidade. Não escolhemos local, vamos em todas as instituições – escolas públicas e privadas, igrejas, grupo de mulheres, idosos, jovens”, explica Prestes.
Nas escolas, por exemplo, os alunos são separados por níveis de interesse. E, os bate-papos são realizados sempre com jovens com idade a partir de 12 anos. Ainda assim, toda a comunidade pode ser assistida pelo programa. A escrivã explica que para cada grupo existe um foco. Com idosos se trabalha a informação de direitos e deveres, com jovens a conduta e consequência de atos infracionais. “As coisas tem nome, sobrenome, artigo no código pena e pena”, salienta e orienta a profissional.
Quero o Papo Responsa na minha comunidade
Para participar é simples. Basta encaminhar um email para [email protected]gov.br e solicitar um encontro na sua instituição. Após, a coordenação do Papo Responsa encaminha uma ficha de agendamento com algumas orientações sobre o processo. O programa conta com acompanhamento para verificar os impactos do diálogo. Segundo Prestes, o trabalho de aproximação é fundamental, pois a prevenção não se faz apenas com uma visita, mas com acompanhamento.
Parcerias são bem-vindas
A coordenadora ainda destaca a importância e o desejo de estabelecer parcerias com ONGs da cidade que atuam em segmentos do gênero. Para ela, a união de esforços e informações em prol de um trabalho conjunto gera resultados cada vez melhores e mais eficazes.
Quem já teve um Papo Responsa em Alegrete 
Na cidade, escolas como Oswaldo Aranha, Salgado Filho, Lauro Dorneles e o Sesc já receberam o programa.
Fotos: Vera Pedroso e Natalia Apoitia
Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Cancelada a pedalada de inauguração da ciclovia que ocorreria neste sábado

A Prefeitura de Alegrete informa que está cancelada a pedalada de inauguração da Ciclovia da Av. Tiaraju devido aos falecimentos da médica Larissa Sampaio, de 31 anos, em um trágico acidente ocorrido nesta sexta-feira na BR-290, em Cachoeira do Sul e da professora Lenira Berquó, de 77 anos, em decorrência da Covid-19.

A Prefeitura de Alegrete manifesta profundo pesar e se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor e tristeza.

Continue lendo

Cidade

Ciclofaixa será inaugurada neste sábado com pedalada

Uma pedalada marcará a inauguração oficial da ciclofaixa da avenida Tiaraju, em Alegrete, neste sábado, às 16h. O evento é organizado pela Prefeitura em parceria com grupos de ciclistas, mas também é aberto à participação de outros ciclistas amadores e visa divulgar e incentivar o uso da bicicleta entre a população.

A pedalada, que terá todos os protocolos sanitários respeitados, percorrerá um trajeto de 6,0 km (3 de ida e 3 de volta) e sairá da frente do obelisco “Será o momento de lançar não só uma faixa na rua, mas um estilo de vida que está ligado à mobilidade com segurança, meio ambiente e qualidade de vida das pessoas”, afirmou o prefeito Márcio Amaral, que também participará da pedalada ao lado do vice-prefeito Jesse Trindade.

Durante a semana, equipes trabalharam na pintura e sinalização da ciclofaixa, que teve o investimento de R$ 160 mil. A pista exclusiva para o tráfego de ciclistas ocupará um espaço que antes servia apenas para veículos, sendo uma importante ligação a zona leste da cidade.

Segundo vice-prefeito Jesse Trindade, a ciclofaixa será a primeira parte de um futuro circuito ciclístico que a Prefeitura pretende implantar no município. “Temos muito trabalho pela frente. Nosso compromisso, plano de governo, contemplava projetos de ciclovias e ciclofaixas. Estamos projetando uma rota que contemple várias regiões da cidade, até para que as pessoas se sintam convidadas a adotar esta prática como rotina em seus deslocamentos”, disse Jesse.

Continue lendo

Cidade

Peruzzo repassa alimentos doados por clientes à Santa Casa

 

Numa iniciativa da Rede Peruzzo de Supermercados, foram entregues alimentos doados por seus clientes à Santa Casa de Alegrete.

Presentes no ato os gerentes da Barros Cassal, senhor Cássio Alissandro Rodrigues, pelo Ecomix, senho Josiel da Luz Santos, e Márcio Marchezan pelo mercado da Venâncio Aires.

Representando a Santa Casa, senhora Márcia Ferreira, supervisora de nutrição, e Carlos Mello, diretor de imagem. Foi entregue nessa ocasião uma tonelada de alimento.

Continue lendo

Popular