Contato

Cidade

Como a mobilização que parou o Brasil afeta Alegrete

Dez dias já se passaram desde o início da mobilização dos caminhoneiros no país.  Todos os setores – em todos os cantos do Brasil, foram afetados. Em Alegrete, a realidade não é diferente. Ainda assim, mesmo em situação de emergência preventiva, o município reduz o período de serviços, mas mantém atendimentos na maioria das esferas. No final da tarde de ontem (29), a prefeita municipal esteve reunida com representes de segmentos para avaliar o cenário atual na cidade.

Saúde garante medicamentos, mas enfrenta problemas no deslocamento de pacientes

Na Santa Casa de Alegrete, a situação é estável. Segundo a diretora operacional, Tailise Lemos, o que está em falta são apenas hortifrúti. O estoque de medicamentos e materiais foi reposto para mais 15 dias e não há problemas na entrega. “Nosso estoque está sendo mantido pelos fornecedores, com um pouco de lentidão, mas sem transtornos”, afirma a diretora. Na Clínica Renal, há reserva de mantimentos hospitalares para realização dos procedimentos, porém a preocupação é com o transporte dos pacientes que é realizado pela Secretaria de Saúde do município. A 10ª Coordenadoria Regional de Saúde tem garantido os atendimentos, mas também enfrenta dificuldades fora do domicílio, em razão do transporte.

Segurança Pública com patrulhamento reduzido

No quesito Segurança Pública, a frota da Brigada Militar está abastecida. Os carros recebem combustível em Manoel Viana. Ainda assim, o patrulhamento foi reduzido e é feito em pontos estratégicos.

Atendimentos de água e energia só em chamados emergênciais

A Corsan tem combustível para a manutenção dos serviços até a metade da próxima semana. A RGE também está com a frota abastecida e realiza serviços emergenciais.

Transporte público só até segunda

As linhas de ônibus operam com 100% da frota, mas com horários reduzidos desde ontem. Os coletivos trafegam das 06h até às 19h30min. No feriado do dia 30 e no domingo (03), não haverá circulação. Se o abastecimento de combustível não for retomado, a partir de segunda-feira (04), as linhas não vão operar.

Frigorífico sem atendimento externo

A planta do Marfrig está sem atuação até sexta-feira (1º) e os funcionários estão dispensados, conforme afirma o presidente do Sindicato da Alimentação, Marcos Rosse. Na CAAL, o expediente é realizado somente em caráter interno. Já a Associação dos Arrozeiros emitiu nota na qual afirma afastamento da mobiliação.

Mais de 170 mil litros de leite desperdiçados

Os produtores de leite também sentem o reflexo da mobilização. Mais de 30 mil litros de leite são comercializados para fora da cidade por dia. De acordo com a presidente da Acrip Leite, Sueli Macedo, a estimativa é que mais de 170 mil litros de leite deixaram de ser recolhidos nesse período.

Mercados com oferta reduzida

As redes de super mercados que atuam na cidade trabalham com número menor de itens. No setor de hortifrutigranjeiros, o abastecimento que, normalmente, é realizado três vezes por semana está reduzido. Algumas unidades possuem estoque maior de produtos e insumos. Ainda assim, produtos da cesta básica já começam a faltar e não há previsão de reposição total.

Postos sem gasolina

A busca por gasolina na cidade só cresce. Na manhã desta quarta (30), o Texacão, da BR 290, recebeu 5 mil litros de gasolina. Em poucos minutos, a fila já somava mais de 50 carros.  O limite de abastecimento por veículo é de 20 litros, R$ 100 reais. Para os demais postos ainda não tem previsão.

Município vai pedir escolta para reabastecimento de combustível

A Prefeitura Municipal informou que vai solicitar, ao Gabinete de Crise, a escolta de combustíveis para a cidade. Desde domingo (27), 192 caminhões foram acompanhados pela Brigada Militar e pelo Corpo de Bombeiros. Eles carregaram combustível, ração, gás e alimentos para mais de 30 municípios gaúchos. Após a liberação dessa escolta, o abastecimento será direcionado para o posto de combustível que atende os veículos oficiais do município, instituições de segurança pública, hospital e transporte coletiva urbano.

 

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Morre em Porto Alegre o Provedor da Santa Casa de Caridade

O Provedor da Mesa Diretora da Santa Casa De Caridade, Milton Araújo, morreu nesta tarde em Porto Alegre onde estava internado para tratar de um câncer.

Ex- Secretário Municipal, sempre na primeira linha dos colaboradores do ex-Prefeito José Rubens Pillar, foi um líder no segmento empresarial onde presidiu o CEA, por mais de uma vez, e integrou a direção estadual da Federação dos Clubes dos Dirigentes Lojistas do RS.

Neste ano foi eleito por aclamação para conduzir à direção da Santa Casa.

O corpo do Provedor deverá ser transladado para Alegrete. A Santa Casa, ainda não informou sobre os atos fúnebres.

 

Continue lendo

Cidade

Secretaria de desenvolvimento econômico e turismo participa de seminário da Confederação Nacional dos Municípios

Servidores da Equipe Técnica da SEDETUR participaram nos dias 19 e 20 de novembro do Seminário CNM QUALIFICA: MEI, REDESIM e Lei de Liberdade Econômica.
 
Com a publicação de novos normativos de trouxeram mudanças significativas para o tratamento do microempreendedor individual – MEI, e também para o processo de abertura de empresas, fez-se necessário a busca pela orientação sobre todas as regras e as novas normas referentes aos MEIs e suas obrigações, bem como, compreender as mudanças na REDESIM e as determinações da Lei de Liberdade Econômica e o papel do Município.
 
Para a Secretária Caroline Figueiredo, a capacitação contínua da equipe é a melhor ferramenta para manter a qualidade dos serviços prestados pela SEDETUR, visto que as mudanças geradas pela Lei de Liberdade Econômica e as resoluções do Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – CGSIM, trouxeram grandes alterações na forma de legalização e abertura de empresas, por isso a importância de estar atualizado e conectado com essas mudanças.
 
Participaram do Seminário, que foi realizado de forma online, os servidores Paulo Roberto Vargas Filho e Pablo Fagundes, o seminário foi coordenado pela Confederação Nacional dos Municípios – CNM em parceria com o instituto Paulo Ziulkoski – IPZ
Continue lendo

Cidade

Secretaria de Segurança realiza operação de repreensão ao transporte clandestino

Uma equipe da Secretaria de Segurança Pública, Mobilidade e Cidadania da Prefeitura de Alegrete realizou, na manhã de quarta-feira, 25, uma operação de repreensão ao transporte clandestino na cidade. As incursões foram realizadas na praça Getúlio Vargas, na Estação Rodoviária e outros pontos públicos centrais.
A operação terá prosseguimento em outros locais e horários. Conforme denúncias, o transporte clandestino tem intensificado sua operação próximo a pontos públicos, supermercados, comércios e demais serviços no centro e bairros da cidade.
A orientação da Secretaria de Segurança é no sentido da comunidade utilizar os serviços de transporte legalizados, como táxis, ônibus coletivos, motos ou aplicativos que possuem alvarás. Na cidade, apenas três empresas de aplicativos operam regularmente com chamadas através de plataformas tecnológicas. Os transportes legalizados são identificados por Prefixos e passam por vistorias periódicas, onde são revisados itens de segurança, documentação do condutor, além de atualmente atenderem também às medidas sanitárias de combate à Covid-19.
Conforme o diretor da Guarda Municipal, Angelo Tertuliano, quem utiliza o transporte clandestino coloca sua vida em risco pelo fato de estar sendo conduzido por motorista sem experiência e veículo sem manutenção. Em caso de acidente envolvendo transporte irregular de passageiros, a vítima poderá não ser indenizada, alertou o diretor.
Continue lendo

Popular