Contato

Bem-estar

Saúde oferece práticas integrativas para a comunidade

A prefeitura municipal oferece diversas práticas integrativas em saúde gratuitas para a comunidade. Essas práticas fazem parte das Terapias Integrativas, instituídas pela Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), do Ministério da Saúde, e buscam ofertar outros jeitos de praticar o cuidado e o autocuidado, considerando o bem-estar físico, mental e social, como fatores determinantes e condicionantes da saúde, como por exemplo, fitoterapia, acupuntura, homeopatia, arteterapia, meditação, reiki, danças circulares, yoga, shantala, terapia comunitária, entre outras práticas.

Confira as atividades oferecidas em Alegrete, pelo Caps II:

Capoeira – quartas e sextas-feiras, às 15h30min, no Caps II.

Dança Caribenha – segunda-feira, às 17h , no Caps II

Dança Circular – quarta-feira, às 15h30min, no Caps II.

Meditação – terça-feira, às 15h30min e sexta-feira, às 18h, no Caps II

Reiki – nova turma inicia no mês de abril.

Tai Chi Chuan – quarta-feira, às 9h30min, no Porto dos Aguateiros.

Yoga – quarta-feira, às 17h – a turma já está cheia e há previsão de uma nova turma em abril, nas sextas-feiras, às 8h.

Roda de Benzedeiras – segundas e terças-feiras, às 14h, no Caps ll.

Mais informações no Caps II, com a coordenadora das práticas integrativas do município, Sabrie Jabbour, pelo telefone 55 3961-1033

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Bem-estar

Faders lança carteira para identificar pessoas com autismo no RS

A Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para PcD e PcAH no Rio Grande do Sul lançou, nesta sexta-feira (18), a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo (Ciptea). Qualquer pessoa com autismo pode fazer o documento gratuitamente.

A carteira é importante já que o transtorno do espectro não é visível como a síndrome de Down, e assim, pessoas com autismo podem comprovar que são portadores, numa forma de exigir os seus direitos.

Também funciona para que associações, estado e municípios consigam ter dados da população com autismo para cobrar ou planejar políticas públicas para o grupo.

“As pessoas olham pra nós, olham pros nossos filhos, que não têm uma deficiência visível, e ficam nos questionando. Então, ter essa carteira vai nos dar essa questão da prioridade pela lei, né. Vai facilitar porque nós vamos mostrar a carteira”, destaca a presidente da Associação de Autistas, Amigos, Pais e Mães de Pelotas, Eliane Bitencourt.

O documento pode ser solicitado no site da Faders.

“Tem a foto da pessoa, a identificação, atrás a identificação das duas pessoas responsáveis que tu pode entrar em contato e tem um QR code, fazendo a leitura vai levar pra página da Fadergs e a página vai ter todos os outros dados que não tem aqui, inclusive com o médico que atende”, diz o presidente da Faders, Marquinho Lang.

Continue lendo

Bem-estar

Sesc entrega cestas básicas para instituições

Mais de 2,4 toneladas de alimentos foram entregues nesta terça-feira, 08 de junho, para oito entidades sociais de Alegrete. O Sesc realizou a distribuição das doações, por meio do Programa Mesa Brasil, na sede da Apae. Além dessa instituição, também foram beneficiados o Asilo de Velhinhos, a Asseb, a Associação José de Abreu, a Casa Lar do Idoso de Alegrete, a SAAIA, o Residencial Geriátrico Viver e o Cededica Alegrete. Entre os itens doados estão mandioca, laranja, bergamota, abóbora cabotiá, moranga e batata doce que irão complementar de forma nutritiva as refeições de pessoas em situação de vulnerabilidade social. 
O Mesa Brasil Sesc é uma rede permanente de solidariedade que atua desde novembro de 2003 no Rio Grande do Sul com o objetivo de evitar o desperdício de alimentos e diminuir as carências nutricionais da população. Para alcançar essas metas, conta com o apoio de empresas, entidades sociais e voluntários. No Rio Grande do Sul, o Mesa Brasil Sesc é realizado pelo Sistema Fecomércio-RS nas cidades de Porto Alegre e Região Metropolitana, Cachoeira do Sul, Ijuí, Erechim, Santa Maria, Rio Grande e Vales do Taquari e Rio Pardo. Outras informações podem ser obtidas no site www.sesc-rs.com.br/mesabrasil. 

Continue lendo

Bem-estar

Prefeitura e UABA lançam projeto “Sopa Social’ para atender famílias em situação de vulnerabilidade

Foi lançado hoje hoje (24), no Centro Administrativo, o projeto “Sopa Social’ para atender famílias em situação de vulnerabilidade neste período de pandemia. Além das cerca de 400 marmitas servidas diariamente pela Cozinha Comunitária, a Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social, em parceria com a UABA distribuirá também nos bairros da cidade.
 
A UABA através dos presidentes de bairros  entregará  para os coordenadores dos CRAS uma relação com as famílias que realmente necessitam deste atendimento, pois ainda é limitado o numero de marmitas a serem distribuídas e muitas famílias são compostas por três ou mais pessoas.
Dois dias na semana (Terças e quintas) serão servidos 100 pratos, nas terças nos bairros da zona leste e nas quintas nos demais bairros da cidade, alem das marmitas outros serviços técnicos e de saúde serão prestado no local pelas equipes de atendimento.
 
O Projeto da segurança alimentar diante da pandemia tem a coordenação da nutricionista Karen Peres.
 
 
 
 
Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular