Contato

Cidade

Levantar as telas do Presídio, dependerá do Tribunal de Justiça

O único recurso capaz de financiar a obra é o dinheiro arrecadado de multas das penas alternativas
 
Uma importante reunião realizada na manhã de quarta-feira (28), na sala da Presidência do Foro de Alegrete, tratou sobre a segurança do Presídio no curto prazo. A reunião foi presidida pelo Juiz Diretor do Foro, Francisco Morsch e teve a presença da Promotoria Pública, Câmara de Vereadores, Prefeitura e Direção do Presídio além da OAB e Sindicato dos Servidores da SUSEPE.
Os últimos acontecimentos, com morte, com prisões por lançamento de drogas, celulares e provavelmente munição, acabaram por evidenciar o que vinha sendo alertado há tempos por agentes; de que a casa prisional estava sob pressão e que havia risco efetivo de mortes. No final do ano passado a Polícia Civil chegou a fazer uma blitz onde foram recolhidas dezenas de estoques e celulares.
Agora, depois da morte entre apenados, foi novamente realizada outra varredura e o resultado não foi muito diferente. Dezenas de estoques e celulares foram apreendidos.
Na prática, o resultado da reunião de quarta-feira foi tirada a proposta de que o dinheiro resultante de multas de penas alternativas que são encaminhadas para o Tribunal de Justiça, que fique uma parte para Alegrete, a fim de que seja elevada a altura das telas que protegem o pátio do Presídio. Com isso dificultaria de certa forma a ação dos lançamentos de drogas, eletrônicos e até armas.
Uma comissão de lideranças locais deverá ir à Porto Alegre para sensibilizar o TJ com relação a urgência e a necessidade deste recurso, orçado em torno de R$ 140 mil, conforme o setor de engenharia da SUSEPE. O Juiz Francisco Morsch ficou de agendar esta reunião.
Por outro lado, houve o pedido para um empenho objetivo, para uma cóta mínima de preenchimento de vagas com os novos agentes treinados pelo Estado.
 
Lenga lenga se arrasta há anos. Schirmer foi à Brasília se queixar da CEF para Jungmann
 
São 226 presos para uma Presídio com a capacidade de 81. O cenário não é diferente da maioria dos Presídios e Penitenciárias do RS e do Brasil. Nesta semana o Secretário de Segurança Cezar Schirmer, esteve reunido com o Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann e levou até ele um quadro completo da fragilidade do sistema penitenciário do RS e, segundo o vereador Celeni Viana, que conversou com o Secretário nesta semana, o caso de Alegrete está incluído.
O entrave atual está na burocracia da Caixa Econômica Federal. O novo Presídio está orçado em R$ 16 milhões. Depois de vencer uma série de trâmites, da vasta burocracia, a CEF no final do ano passado deu o sinal verde para o Governo Gaúcho. A empresa vencedora da licitação assinou o contrato. Porém, no início deste ano teria aparecido uma falha, ou uma diferença de R$ 6 mil nas planilhas apresentadas, apesar de anteriormente nada ter sido apontado.
Agora, o Governo estadual recebeu do Ministro Jungmann o comprometimento de dentro de 10 dias dar uma resposta sobre os processos que estão trancados na CEF. “O Secretário poderá até mesmo entrar com uma representação contra a CEF, porque de novo tudo iria por água abaixo como das outras vezes”, disse o vereador Celeni Viana ao EQ.
Só para lembrar: No último ano do Governo Yeda Crusius, por iniciativa do MP, houve uma grande mobilização para a construção em regime emergencial do novo prédio. Havia recurso em caixa e decisão governamental, mas trocou o Governo e o caso voltou à estaca zero, durante o Governo Tarso Genro, que interpretou o fato diferente, não vendo necessidade de ser uma obra emergencial. A empresa que conquistou o direito de construir o novo prédio no Governo de Tarso, decretou falência antes mesmo de iniciar as edificações.
De lá pra cá houve motins, o presídio chegou a ser parcialmente interditado, depois de ter uma ala incendiada, e além do assombroso número de 226 presos em regime fechado, há outros 80 em semi aberto, e o mais grave; desde que foi parcialmente os réus condenados não estão sendo internados em Alegrete para cumprir pena por falta de vagas. Só prisões em flagrante. Muitos condenados poderão ter penas prescritas caso não seja dada uma solução definitiva para a grave crise do Presídio Regional de Alegrete.
 
Lançamentos de pacotes para dentro do prédio virou rotina 
 
Na última prisão realizada nesta semana, por lançamento de produtos para dentro do Presídio, o autor foi preso pela BM. O cara é conhecido por Pelego. Ele lançou cinco celulares, um cado USB, quatro carregadores, onze baterias, um pendrive, sete fones de ouvido. O lote não chegou ao destinatário, porque foi interceptada pela guarda externa.
A guarda da guarita viu o suspeito se movimentando e assim que a carga foi lançada, esta foi interceptada e uma guarnição da BM fez buscas na localidade e conseguiu prender Pelego perto do Porto dos Aguateiros.
Já era conhecido, devido as imagens das câmeras de videomonitoramento, sempre lançando pacotes. Pelego foi conduzido até a DPPA, ouvido e foi liberado pelo delegado de plantão. Nesta semana também teve lançamento de mais pacotes. Um carro estacionou na frente do prédio. O carona desceu lançou, voltou subiu no carro e saíram em alta velocidade.
 
Foto: Brigada Militar
 
Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Ciclofaixa será inaugurada neste sábado com pedalada

Uma pedalada marcará a inauguração oficial da ciclofaixa da avenida Tiaraju, em Alegrete, neste sábado, às 16h. O evento é organizado pela Prefeitura em parceria com grupos de ciclistas, mas também é aberto à participação de outros ciclistas amadores e visa divulgar e incentivar o uso da bicicleta entre a população.

A pedalada, que terá todos os protocolos sanitários respeitados, percorrerá um trajeto de 6,0 km (3 de ida e 3 de volta) e sairá da frente do obelisco “Será o momento de lançar não só uma faixa na rua, mas um estilo de vida que está ligado à mobilidade com segurança, meio ambiente e qualidade de vida das pessoas”, afirmou o prefeito Márcio Amaral, que também participará da pedalada ao lado do vice-prefeito Jesse Trindade.

Durante a semana, equipes trabalharam na pintura e sinalização da ciclofaixa, que teve o investimento de R$ 160 mil. A pista exclusiva para o tráfego de ciclistas ocupará um espaço que antes servia apenas para veículos, sendo uma importante ligação a zona leste da cidade.

Segundo vice-prefeito Jesse Trindade, a ciclofaixa será a primeira parte de um futuro circuito ciclístico que a Prefeitura pretende implantar no município. “Temos muito trabalho pela frente. Nosso compromisso, plano de governo, contemplava projetos de ciclovias e ciclofaixas. Estamos projetando uma rota que contemple várias regiões da cidade, até para que as pessoas se sintam convidadas a adotar esta prática como rotina em seus deslocamentos”, disse Jesse.

Continue lendo

Cidade

Peruzzo repassa alimentos doados por clientes à Santa Casa

 

Numa iniciativa da Rede Peruzzo de Supermercados, foram entregues alimentos doados por seus clientes à Santa Casa de Alegrete.

Presentes no ato os gerentes da Barros Cassal, senhor Cássio Alissandro Rodrigues, pelo Ecomix, senho Josiel da Luz Santos, e Márcio Marchezan pelo mercado da Venâncio Aires.

Representando a Santa Casa, senhora Márcia Ferreira, supervisora de nutrição, e Carlos Mello, diretor de imagem. Foi entregue nessa ocasião uma tonelada de alimento.

Continue lendo

Cidade

Vereadores acompanham Prefeito nas obras do Aeroporto

    A convite da Administração Municipal, na manhã desta  quinta-feira, os vereadores  estiveram no Aeroporto Gaudêncio  Ramos para conhecerem o ritmo de obras  da estação de passageiros e da pista de pouso e decolagem com vistas ao reinício  dos voos comerciais.  A presidente Firmina Soares, acompanhada  dos vereadores  Eder Fioravante, João Leivas, Jaime Duarte, Ênio Bastos,Vagner Fan, Luciano Belmonte, Glênio Bolsson e Itamar Rodriguez,  foram recebidos  pelo prefeito Márcio Amaral, vice-prefeito Jesse Trindade Santos e secretários municipais.

Acompanharam o andamento das obras tanto de melhorias da estação de passageiros  quanto da pista que está recebendo nova camada asfáltica. A intervenção política do deputado Frederico Antunes, foi destacada pela bancada do PP, em vídeo distribuído nas redes sociais.

 

 

A empresa Construtora Alegretense é encarregada das obras e o investimento, conforme informou o prefeito Márcio, passa de R$ 300 mil.

 

 As melhorias deverão estar concluídas a tempo de ser feita a vistoria final  do aeroporto, tendo em vista que no dia 3 de agosto  terão início os voos   entre Alegrete e a Capital do Estado, a cargo da empresa Azul, momento considerado muito importante para a alavancada do desenvolvimento do município. 

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular