Contato

Manchete

Valentão é perde o porte por ameaçar sobrinho

Briga entre familiares leva a Polícia proibir porte de arma de cara metido a facão sem cabo.

Um caso enferruscado envolve uma idosa hipertensa, dois filhos barbados e netos. A Polícia teve que intervir e cancelar o porte de arma de um deles, no caso o que faz ameaças de agressão e morte contra o outro irmão e um sobrinho.

Uma senhora com 74 anos, mora numa chácara, onde um dos filhos também está arranchado com o filho dele. O filho tem renda própria, o filho cuida da propriedade, que é uma chácara. Seguidamente um outro membro da família, também filho da veterana vai lá, e enche a osso o irmão e o sobrinho, dizendo que vivem de chupim, e que estaria explorando a mãe, bem como enche a boca pra dizer que tudo lá é dele.

O filho que mora lá, está cuidando da mãe, pra evitar que outro entre de mala e cuia e ponha a idosa pra correr, já que é uma ameaça recorrente dele. Além de ser metido a facão sem cabo, o tal irmão chega lá e faz a mãe de empregada, obrigando-a, abaixo de osso, realizar várias tarefas. Neste final de semana o sobrinho resolveu dar um basta na situação e copou com o tio, que se armou de uma faca e disse que iria estribuchar o rapaz.

Até o filho do desalmado, que tem 14 anos, se meteu no meio pra evitar uma tragédia. O irmão dele também saiu pelo filho. Registraram queixa porque acham que correm risco de vida. O tal tio vai lá e chama todo mundo de bandido e vagabundo e manda saltar pra fora. Além disto diz que a mãe apóia dois bandidos, sabendo que isto põe as taxas da idosa nas nuvens.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Eleições 2020

Rio Grande do Sul define prefeitos eleitos e reeleitos

Com maior rapidez e sem os problemas do primeiro turno que atrasaram a apuração, o segundo turno das Eleições Municipais teve a maioria dos resultados anunciados antes das 19h no Rio Grande do Sul. Na região, Jorge Pozzobom (PSDB) garantiu a reeleição com tranquilidade em Santa Maria, com mais de 18 mil votos de diferença para Sérgio Cechin, do PP.

 
O resultado foi mais folgado do que sua primeira eleição, que foi decidida por pouco mais de 600 votos. Pozzobom terá como vice o empresário Rodrigo Décimo, do PSL e teve o apoio do Democratas, PTB, Podemos e PTC. 
 
Em Porto Alegre, Sebastião Melo, do MDB, venceu Manuela D’Ávila, com quase 100% das urnas apuradas até as 19h10. O candidato, atualmente deputado estadual, conseguiu chegar à Prefeitura de Porto Alegre quatro anos após perder para Nelson Marchezan, do PSDB e terá como vice, Ricardo Gomes, do DEM. A coligação tem ainda o Cidadania, Solidariedade, Democracia Cristã (antigo PSDC), PRTB e PTC. 
 
A primeira cidade a decidir a eleição foi Canoas e com uma virada. O ex-prefeito Jairo Jorge, do PSD, chegou ao terceiro mandato após virar no meio da apuração a desvantagem inicial para o atual prefeito, Luiz Carlos Busato (PTB) e venceu a disputa na cidade. Ele terá como vice, Dr. Nedy e tem o apoio dos partidos Solidariedade, Avante, PV, PSB, Podemos e Patriota. 
 
Outra virada ocorreu em Caxias do Sul, onde o vereador Adiló Didomenico, do PSDB, após perder no primeiro turno, venceu ao ex-prefeito e deputado Pepe Vargas, do PT e conquistou o primeiro mandato na Prefeitura caxiense. Adiló tem como vice Paula Ioris e teve o apoio do PTB, PSC, PSDB, Solidariedade e PROS.
 
Finalizando, Pelotas reelegeu a atual prefeita, Paula Mascarenhas, do PSDB, que por pouco não definiu tudo no primeiro turno. Ela venceu a Ivan Duarte, do PT, que foi para o pleito após sucessivas candidaturas dos Marroni. A eleição em Pelotas teve um racha no PP, que iria apoiar Paula – inclusive já tendo indicado o vice, que seria Roger Ney – mas após decisão judicial, o partido foi com o ex-prefeito Adolfo Fetter Júnior, que acabou encerrando melancolicamente sua carreira. Ela manteve o atual vice, Idemar Barz (PTB) e teve o apoio ainda do DC, PSL, PTB, PL, Solidariedade, PSD e Republicanos.
 
Confira os resultados eleitorais no RS:
 
SANTA MARIA
Jorge Pozzobom (PSDB) – 57,29% (71.927 votos)
Sérgio Cechin (PP) – 42,71% (53.616 votos)
POZZOBOM REELEITO
 
PORTO ALEGRE
Sebastião Melo (MDB) – 54,63% (370.550 votos)
Manuela D’Ávila (PC do B) – 45,37% (307.445 votos)
MELO ELEITO
 
CAXIAS DO SUL
Adiló DiDomenico (PSDB) – 59,57% (136.590 votos)
Pepe Vargas (PT) – 40,43% (92.707 votos)
ADILÓ ELEITO
 
PELOTAS
Paula Mascarenhas (PSDB) – 68,70% (105.206 votos)
Ivan Duarte (PT) – 31,30% (47.941 votos)
PAULA REELEITA
 
CANOAS
Jairo Jorge (PSD) – 53,06% (82.137 votos)
Luiz Carlos Busato (PTB) – 46,94% (72.649 votos)
JAIRO JORGE ELEITO
 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 

Data: 29/11/2020 19h33
Continue lendo

Manchete

Temporal intenso chega à Fronteira no final da tarde

Na primeira imagem é em Uruguaiana o segundo vídeo é de um internauta em Artigas, no Uruguai, fronteira com a cidade de Quarai no Brasil.

A MetSul Meteorologia alerta que uma linha de tempestades vai cruzar pelo Rio Grande do Sul entre a noite deste sábado (28) e o começo do domingo (29), trazendo chuva que será localmente forte a intensa e temporais com raios, granizo isolado e possibilidade de fortes rajadas de vento em alguns pontos.

A Defesa Civil informa que choveu granizo e vento forte em Uruguaiana, deixando vários pontos de alagamentos e algumas árvores caídas, sem danos humanos informados até o momento.

As imagens de radar meteorológico do final da tarde deste sábado mostravam intensas áreas de instabilidade ingressando pelo Oeste, na região de Uruguaiana, Barra do Quaraí e Quaraí, com potencial de chuva volumosa e temporais de vento e granizo.

Ao mesmo tempo outras áreas de instabilidade avançavam pelo Uruguai, o que levou o serviço meteorológico do país vizinho a emitir um alerta laranja de tempestades para quase toda a área de fronteira com o Rio Grande do Sul.

 

O avanço da instabilidade pelo Rio Grande do Sul na noite deste sábado e no começo do domingo vai se dar em uma atmosfera quente e úmida sob influência de ar tropical, logo muito instável, e que deve favorecer a ocorrência de temporais localizados, especialmente de granizo.

Por isso, a MetSul adverte para condições favoráveis ao registro de tempo severo na passagem desta linha de instabilidade. A tendência é que alcance locais mais ao Norte e o Nordeste do Estado como a Serra e a Grande Porto Alegre apenas no começo do domingo, em horas da madrugada.

A MetSul enfatiza que a chuva na passagem desta linha de instabilidade vai variar demais de um ponto para outro. Pode chover muito em um ponto e pouco em outro dentro de uma mesma região. São possíveis episódios localizados de chuva intensa e volumosa em curto período, de 30 mm a 50 mm em apenas uma hora, o que traz a possibilidade de ocorrência de alagamentos.

O mapa acima mostra a projeção de chuva do modelo WRF até 9h de domingo em que se observa a tendência de a chuva variar enormemente de um ponto para outro com áreas em verde (pouca chuva) distantes poucos quilômetros de áreas em vermelho e marrom (de muito chuva). O modelo WRF está disponível ao assinante na seção de mapas com duas atualizações diárias e tendências de chuva hora a hora para até três dias.

 

Anúncios

 

 
Continue lendo

Corona Vírus

Alegrete registrou o vigésimo segundo óbito por Covid-19

Nesta sexta-feira, 27, Alegrete registrou o vigésimo segundo óbito por Covid-19. Um homem de 77 anos que estava internado na UTI Covid.
Também foram registrados 52 casos positivos e 10 recuperados. Os positivos são 27 homens, 24 mulheres e um bebê, com idades entre 8 meses e 76 anos. Cinquenta estão em isolamento domiciliar e 2 hospitalizados.
São 1.797 casos confirmados, com 1.202 recuperados, 573 ativos (559 em isolamento domiciliar e 14 hospitalizados positivos de Alegrete) e 22 óbitos.
Dos 14 internados, 5 estão na UTI Covid e 9 no Hospital de Campanha.
Foram realizados 10.736 testes, sendo 8.817 negativos, 1.797 positivos e 122 aguardando resultado. Em observação com síndrome gripal são 681 pessoas.
Continue lendo

Popular