Contato

Polícia

Imagens mostram suspeito de assassinar Léo Beauty

Desde as primeiras horas em que Leonardo De Juli, o Léo Beauty, foi encontrado morto, o setor de Investigação da Polícia Civil passou  a trabalhar intensamente no caso. O que foi apurado, nestas duas semanas – incluindo o período do feriadão e até mesmo a paralisação da Polícia Civil, é que a vítima chegou acompanhada as 6h04min minutos no local em que morava, na rua Bento Manoel 1111, e o suspeito só saiu do local sete horas depois.

Ele mudou de roupa e saiu com um saco, o que caracteriza o latrocínio, segundo a apuração da Polícia Civil.

O suspeito é um homem que aparenta ter entre 30 e 40 anos, provavelmente 1.75 de altura que estava com calça social, gravata e colete. Trazia ainda na mão um copo, que parecia ser de uma festa social. A imagem foi colocada para verificação a todos os amigos que estiveram com Léo, até o final da madrugada, num carro lanche na Praça Nova. Nenhum reconheceu ou conhece o suspeito.

Praticamente todos disseram aos policiais que o homem não era do círculo de amizades deles e, provavelmente, nem mesmo da vítima, o que torna a morte algo que ocorreu na sequência dos fatos.

Léo foi morto e vários objetos sumiram de dentro da casa. Na hora em que a perícia esteve lá, havia uma garrafa de bebida alcóolica, lâmpadas quebradas e alguns objetos fora do lugar. Pessoas ligadas à vítima disseram que ele estaria juntando dólares em casa para visitar uma irmã nos Estados Unidos e que era uma pessoa “sem maldade”.

As imagens de câmeras de videomonitoramento que os policiais trabalham há uma semana, são de estabelecimentos daquela rua e dão a sequência desde a chegada dos dois ao local, até a saída do suspeito da autoria de um latrocínio, segundo o que inferem os investigadores. O vídeo e as imagens ainda não foram divulgados pelo setor de Inteligência para a imprensa.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Polícia

Mãe de vítima de racismo não apóia uso político do episódio

Na tarde desta quarta feira 25/11 Ângela Ribeiro de Lima, mãe de uma das mulheres que gravou ofensas proferidas por mulher branca, que começou a briga por acreditar que as duas estavam desrespeitando o toque de recolher em vigor na cidade, entrou em contato com a reportagem do EQ falando sobre o Ato Anti-racista em Alegrete que será realizado no próximo sábado 28.

Ângela foi convidada para uma vídeoconferencia pelos idealizadores do ato, depois de muita conversa, ele a sua filha aceitaram participar do evento.

Mas na manhã de hoje, ao ler novamente a descrição do evento na pagina do facebook, Ângela notou que o ato tinha forte cunho politico e ideológico, o que não corresponde com o que teria sido conversado e acertado na noite anterior.

Ela não autoriza e nem se responsabiliza pelo uso do nome dela ou de sua filha nesse ato de protesto.

Abaixo áudios e videos enviados por Angela na tarde desta quarta feira.

 

 

Continue lendo

Polícia

Idoso cai, bate a cabeça e morre no bairro Ibirapuitã

https://fb.watch/1Z8rLpfT31/

Um idoso caiu, bateu a cabeça e morreu. Foi agora há pouco na rua Alencar Bicca, 260. Segundo moradores do bairro, o idoso, teria tido um mal súbito. Ele morava sozinho. “Seu Congo”, como era conhecido, residia próximo ao mercado Jaguari. Neste instante tem uma equipe da SAMU no local.

https://fb.watch/1Z8rLpfT31/

 

Continue lendo

Polícia

PRF flagra caminhoneiro com habilitação falsa na 290

_O condutor era habilitado na categoria B e possuía uma outra carteira de habilitação falsa na categoria E_

Na manhã desta terça-feira (24) na BR 290 em Uruguaiana, a Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem por uso de documento público falso.

Durante ações rotineiras de fiscalização e combate ao crime, agentes da PRF deram abordaram o condutor de um caminhão Scania de cor laranja e placas de Uruguaiana. O condutor apresentou a habilitação na categoria B, insuficiente para conduzir tal veículo. Suspeitando do nervosismo excessivo do abordado, os policiais fizeram então buscas pessoal e veicular, encontrando uma carteira de habilitação de categoria E no nome do mesmo motorista. Os PRFs, assim, fizeram análise documentoscópica do documento encontrado constatando ser falso.

O homem é, de 64 anos e natural de Uruguaiana, foi preso e encaminhado à área judiciária local.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular