Contato

Política

Eduardo Cunha é preso em Brasília por decisão de Sérgio Moro

Deputado foi levado em avião da Polícia Federal para Curitiba.
Prisão é por tempo indeterminado e referente a processo por propina.

 

O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso nesta quarta-feira (19), em Brasília. A prisão dele é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. A decisão foi do juiz Sérgio Moro no processo em que Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro.

A Polícia Federal (PF) informou que o ex-presidente da Câmara foi preso na garagem de um edifício. Já o advogado dele disse que a prisão aconteceu no apartamento funcional de Cunha.

O deputado cassado embarcou às 15h em um avião da Polícia Federal (PF) no aeroporto de Brasília com destino a Curitiba, onde ficará preso. (veja no vídeo acima) O avião chegou ao aeroporto, na Região Metropolitana de Curitiba, às 16h45. De lá, Cunha seguiu para a superintendência da PF.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), em liberdade, Cunha representa risco à instrução do processo e à ordem pública. Além disso, os procuradores argumentaram que “há possibilidade concreta de fuga em virtude da disponibilidade de recursos ocultos no exterior” e da dupla cidadania. Cunha tem passaporte italiano e teria, segundo o MPF, patrimônio oculto de cerca de US$ 13 milhões que podem estar em contas no exterior.

“Ao que tudo indica, Francisco Oliveira da Silva jamais emprestou dinheiro a Claudia Cruz, sendo lógico que a simulação do contrato de mútuo serviu apenas como uma fraude para dar lastro para o ingresso de recursos espúrios provenientes dos crimes praticados por Eduardo Cunha no patrimônio da investigada”.

Os procuradores mencionam ainda empresas, offshores e trusts em nome de Cunha no exterior. Para uma das offshores, o ex-presidente da Câmara declarou patrimônio maior do que o informado à Receita Federal.

“O patrimônio declarado do denunciado Eduardo Cunha para a instituição financeira é de US$ 16 milhões, bem acima dos valores declarados no Brasil, de pouco mais de R$ 1,5 milhão de reais, que aparece nas suas declarações de imposto de renda”, diz o MPF.

A partir das informações prestadas por Cunha às instituições financeiras, o MPF afirma que Cunha era “beneficial owner” – a pessoa que contribui para ou exercita controle sobre a conta. “Diversos documentos demonstram que Eduardo Cunha é o beneficiário efetivo e final (beneficial owner) de todos os ativos depositados na contra Triumph”.

Segundo os procuradores, o casamento de Danielle Ditz da Cunha – filha de Cunha – foi pago com dinheiro de corrupção. O casamento foi realizado no dia 25 de junho de 2011, no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

“Dessa forma, embora a questão ainda mereça maior aprofundamento, resta claro que o dinheiro usado para o pagamento do casamento de Danielle Ditz da Cunha era proveniente de crimes contra a administração pública praticados pelo seu pai, o ex-deputado federal Eduardo Cunha”.

Além da prisão, o MPF pediu a apreensão de oito veículos:
– Porsche Cayenne modelo 2013
– Porsche Cayenne modelo 2006/2006
– Land Rover Freelander modelo 2007/2008
– Hyundai Tucson modelo 2008/2009
– Volkswagen Tiguan modelo 2010/2011
– Volkswagen Passat Variant modelo 2003/2004
– Ford Edge modelo 2013
– Ford Fusion 2013

Cláudia Cruz, mulher de Cunha, já responde por lavagem de dinheiro e evasão de divisas na Justiça Federal do Paraná. De acordo com as investigações, Cláudia Cruz foi favorecida, por meio de contas na Suíça, de parte de valores de propina de cerca de US$ 1,5 milhão recebida pelo marido.

Íntegra da nota de Cunha sobre a prisão:

“Tendo em vista o mandado de prisão preventiva decretado hoje pela 13ª vara federal do Paraná, tenho a declarar o que se segue:

Trata-se de uma decisão absurda, sem nenhuma motivação e utilizando-se dos argumentos de uma ação cautelar extinta pelo Supremo Tribunal Federal.

A referida ação cautelar do Supremo, que pedia minha prisão preventiva, foi extinta e o juiz, nos fundamentos da decretação de prisão, utiliza os fundamentos dessa ação cautelar, bem como de fatos atinentes à outros inquéritos que não estão sob sua jurisdição, não sendo ele juiz competente para deliberar.

Meus advogados tomarão as medidas cabíveis para enfrentar essa absurda decisão.”

Esfera civil
Na Justiça Federal do Paraná, Cunha já responde a uma ação civil de improbidade administrativa, também movida no âmbito da Operação Lava Jato, que alega a formulação de um esquema entre os réus visando o recebimento de vantagem ilícita proveniente de contratos da Petrobras. A ação corre na 6ª Vara Cível.

Além de Cunha, são requeridos na ação civil a mulher dele, o ex-diretor da estatal Jorge Luiz Zelada, o operador João Henriques e o empresário Idalécio Oliveira.

Os advogados de Cláudia Cruz pediram, no dia 11 de outubro, que a Justiça rejeite ação civil pública de improbidade administrativa a que ela responde. O pedido da defesa diz respeito especificamente a ela.

whatsapp_image_2016-10-19_at_13_de7qyp4

fonte: G1

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Política

Márcio tira Luciano Pereira e muda ficando como estava

O Prefeito Márcio Amaral tomou posse nesta tarde no Centro Cultural juntamente com seu vice Jesse Trindade. Conforme fora adiantado pelo jornal Em Questao, em sua edição on line, todo a estratégia de embromar a divulgação do que ele chamou de “time que está ganhando” teve apenas o objetivo de sacar o polêmico Secretário Luciano Pereira da Segurança e substituí-lo por Daniel Rosso.

Houve uma mexida interna onde Cáurio saiu do Planejamento e foi para as Finanças. Paulo Faraco para a Administração e o ex-titular da pasta Rui Alexandre substituiu Luciano Pereira, o único defenestrado por Márcio.

A nova composição é a seguinte: 

Secretário de Administração : Paulo Rodrigues Faraco
Secretária de Meio Ambiente : Gabriela Gonçalves Trindade Segabinazzi
Secretário de Segurança Pública, Mobilidade e Cidadania: Rui Alexandre Medeiros
Secretário de Finanças : José Luis Caurio de Souza
Secretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer : Angela Vieiro
Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo:  Caroline Freitas Figueiredo
Secretário de Infra Estrutura : Mario Roberto Rivelino
Secretário de Planejamento : Jesse Trindade Santos
Secretária de Saúde : Haracelli Fontoura
Secretária de Promoção e Desenvolvimento Social: Iara Caferatti Gonçalves Fagundes
Procurador Geral do Municipio:  Daniel Biachi Rosso .

 

Continue lendo

Política

Márcio dá margem para o azar e anúncio de Secretários fica pela metade

A intenção do Prefeito Márcio Amaral de ocupar sua página pessoal no facebook para anunciar parcialmente seu Secretariado, frustrou os internautas e até mesmo o primeiro escalão, porque a live caiu. A chegada de ventos fortes e chuva, derrubou a estratégia do Prefeito, que levou semanas para repetir praticamente o mesmo grupo. Depois de demorar semanas para fazer o anúncio de praticamente todos os mesmos Secretários, o Prefeito não conseguiu fazer sua estratégia funcionar.
Não há definição se Rui Medeiros vai continuar ou não na Administração, mas as razões não foram explicadas. No momento em que seria anunciada a permanência ou não de Luciano Pereira, na Segurança e Mobilidade a transmissão teve o primeiro tombo.
Quanto retornou, o Prefeito Márcio e o vice Jesse Trindade, estavam comentando sobre a atuação da Secretária do Desenvolvimento Econômico, Caroline Figueiredo e daí a live caiu e não voltou mais.
Do que havia sido anunciado até o momento é a repetição do mesmo time. Haracelli Fontoura na Saúde, Gabriela Segabinazzi no Meio Ambiente, Mário Rivelino, na Infra Estrutura, Angela Viero na Educação, e o ex Secretário do Planejamento José Luíz Cáurio foi para as Finanças.
O que ficou em branco ainda foi o Gabinete, Assistência Social e Agricultura. Segurança, pelo que foi possível entender, não está garantida a permanência de Luciano Pereira.

Continue lendo

Política

Solenidade fixa imagem de Cleni em Galeria de Honra

 

Em solenidade restrita, devido à pandemia, ocorreu na manhã desta segunda-feira o descerramento da fotografia da primeira mulher prefeita de Alegrete, Cleni Paz da Silva, na Galeria de Honra do Município, no Salão Azul do Centro Administrativo.

O ato, realizado a dez dias do segundo ano de seu falecimento , foi carregado de emoção ao ser lembrada a história de vida e a trajetória política da homenageada que tem seu nome inserido no rol daqueles que transformaram vidas e se somaram na construção da cidade.

As presenças no ato de familiares da ex-prefeita Cleni, do presidente da Câmara Municipal, Moisés Fontoura, de secretários municipais e assessoria do Gabinte do Prefeito.

Na leitura do currículo da homenageada, sacrifícios, superação e perseverança foram palavras que se encaixam na medida exata para traçar o perfil de mulher determinada, corajosa e obstinada nos seus objetivos de tornar Alegrete uma cidade acolhedora, de oportunidades e de incutir em cada um dos cidadãos o sentido de pertencimento.

Nos pronunciamentos, o presidente da Câmara Municipal, Moisés Fontoura, referiu-se ao legado deixado por Cleni na sua passagem na Câmara Municipal e o curto tempo na condução dos destinos do Município, em que sempre esteve à disposição de todos. ”Deixamos o nosso reconhecimento à ex-prefeita que, no lugar onde quer que se encontra, com certeza está olhando por todos nós”, completou.

Coube ao filho médico José Fábio Pereira, agradecer em nome da família. Iniciou afirmando que não gostaria que tivesse sido assim, o destino impôs, mas temos de aceitar e seguir, disse. Destacou o fato de sua mãe ter sido a primeira mulher prefeita de Alegrete, assim como vereadora, patroa de CTG, professora e advogada.

José Fábio relatou palavras de sua mãe no dia de sua morte. Foi dor, sofrimento, mas também momentos que se encheram de paz e ela nos deixou também num clima de paz. Uma grande mulher, correta sempre, e procurou fazer o bem, deixando a todos nós os melhores exemplos, concluiu emocionado.

O prefeito Márcio Amaral, que fez a entrega de uma placa alusiva para a família,disse em suas palavras que Cleni representou mais do que o 39º prefeito da cidade, mas a primeira mulher prefeita na história do Município. 

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular