Operação policial desbarata quadrilha de abigeatários que atuava na região

Na ação contra o abigeato, foram apreendidas armas, munição e carne ilegal. As prisões e buscas ocorreram nas cidades de Jaguari, Quaraí, São Nicolau, Pirapó e Garruchos.

A investigação iniciou há 40 dias, quando um criador de gado do interior de Garruchos registrou ocorrência de furto de 44 cabeças de boi. Destas, 32 foram recuperadas nos municípios de Jaguari, São Nicolau e Pirapó. De acordo com a polícia, foi constatada uma conexão entre os ladrões de gado de Quaraí e Garruchos, na qual os animais furtados eram enviados de uma localidade à outra.

A operação foi batizada de Origami, que significa dobradura de papel em japonês. O nome foi dado após a constatação de casos em que criminosos tinham cadastro de animais junto à Supervisão Regional da Agricultura, mas no campo não possuíam gado. Conforme a investigação, essa tática era utilizada para legalizar os bois furtados. Os policiais, então, diziam que estes animais eram de papel. operacao_origami3

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *