Contato

Cidade

Exclusivo!!! Novo presídio ainda enredado na burocracia

DSC_5046

 

O sistema prisional pode se tornar inviável em curto espaço de tempo alerta o Tribunal de Justiça

 

O sistema prisional gaúcho está à beira com colapso, com o ingresso de mais de 500 detentos mensalmente nas prisões do Rio Grande do Sul. O Estado tem 34 mil presos, resultado do aumento real em um cenário de falta de vagas em presídios, o que faz com que as celas das Delegacias de Polícia da Capital e Região Metropolitana extrapolem a sua capacidade de receber provisoriamente os detentos. Os dados foram divulgados nesta semana pelo Tribunal de Justiça.

O juiz Sidnei José Brzuska, titular da 2ª Vara de Execuções Criminais da Capital, vem alertando sobre a ineficácia e a iminente falência do sistema. Para Brzuska a saída é investir em uma política de descarceramento urgente.

“O Brasil, nos últimos cinco anos, aumentou em 33% a taxa de encarceramento. Nós estamos cada vez mais jogando gente para um sistema que não funciona e estamos gastando dinheiro com isso”, afirma o juiz, que vê a situação do Estado como de “absoluta emergência”.

ALEGRETE- A situação do novo Presídio de Alegrete, que poderia diminuir um pouco esta tensão está enredado desde 2010 nos entraves burocráticos e situações estranhas de engenharia. Em abril de 2015 a então Juíza da Vara de Execuções Penais, Lilian Franzmann, interditou parcialmente o Presídio e por pouco não interditou todo o prédio. Lideranças políticas se mobilizaram, depois uma audiência no Foro, quando foi dado um ultimato, pelas condições desumanas em que estão alocados os detentos, além da insegurança para os próprios servidores, tanto pela superlotação, quanto pelo prédio defasado e insalubre.

Desde então iniciou-se um longo processo. Vale lembrar que na saída da Governadora Yeda Crusius (2010) algo parecido havia acontecido, e ela deixou o dinheiro empenhado para uma construção emergencial. Durante o Governo Tarso Genro, houve outro entendimento, de que a obra não poderia ser emergencial e o processo anterior foi dissolvido e reaberto outro, que culminou em 2014, com uma empresa vencedora. Chegou a ser feito um contrato, naquele ano de eleição, só que a empresa abandonou a obra.

Quando a juíza convocou a reunião e comunicou sua intenção de interditar o Presídio, veio à tona a grave situação, porque a empresa que havia abandonado a obra, ainda detinha o direito. Foi preciso ela desistir, assegurar os recursos junto à Caixa Econômica Federal e assegurar politicamente, os recursos que tinham prazo para expirar. Em agosto de 2015 foi aberta nova licitação com duas empresas concorrentes, porém, foram desclassificadas.

Então foi preciso atualizar a planilha e uma nova licitação aconteceu em dezembro de 2015 e desde então várias diligências legais foram realizadas. O maior entrave é com relação à burocracia da Caixa Econômica Federal, que só nesta atualização da planilha orçamentária descreve 3 mil itens, e exige três orçamentos, fora de uma tabela usada pela Susepe.

Mesmo assim no dia 4 de abril foi apresentada à CEF a planilha atualizada no valor de quase R$ 15 milhões para a execução da obra, mas a Caixa fez novos apontamentos. Segundo documento encaminhado pelo Secretário de Segurança Pública do RS, Wantuir Jacini, ao Diretor Geral do Departamento Penitenciário Nacional Renato Campos de Vitto, com estes procedimentos contínuos sempre o valor da obra fica defasado e por isso foi pedido uma nova prorrogação até 30 de dezembro de 2016, para a realização de licitação e formalização do contrato. (com informações de A Razão)

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Cidade

Morre o ex Secretário e ex-Prefeito Ernane Antunes

Morreu nesta quarta-feira o engenheiro Ernane Motta Antunes, que foi um braço direito das gestões de Rubens Pillar. Dr.Ernane como era chamado chegou a desempenhar a função de Prefeito, após a renúncia de Pillar para concorrer como suplente do Chiarelli, em 1982, ficando até 31 de janeiro de 1983.

Histórico integrante do Progressista tinha um estilo franco de fazer sua gestão. Nos grupos de correlegionários e familiares vários contemporâneos prestam homenagens ao ex Prefeito.

Continue lendo

Cidade

Liga lá. Alegrete agora tem aplicativo Uairango

 

Já entrou em operação a partir de hoje,  em Alegrete, o aplicativo UaiRango, que tem por
objetivo agilizar e garantir mais praticidade aos pedidos delivery, oferecendo conforto e
segurança tanto aos consumidores quanto aos estabelecimentos.
Por meio da plataforma, é possível fazer pedidos com todas as descrições em poucos cliques.

O aplicativo exige um cadastro rápido ou permite o login com a conta do Facebook.
Até agora, o UaiRango já atende mais de 140 cidades, sendo a maior parte delas em Minas
Gerais e São Paulo, e Alegrete passa a ser a primeira cidade do Rio Grande do Sul que a
empresa alcança. A chegada faz parte de um plano de expansão do aplicativo para o interior
de vários estados do Brasil.
O UaiRango Delivery é o mais novo empreendimento do casal Sérgio Saldanha e Eliza Fantinel
Saldanha, tendo por objetivo um trabalho com excelência, proporcionando qualidade, confiança e
atendimento diferenciado para os usuários. ( colocar foto do casal)
De acordo com o casal e com empresa, a escolha de Alegrete para compor a base de cidades
do aplicativo foi estratégica. Antes mesmo da abertura da cidade, o aplicativo já conta com a
adesão de mais de 40 estabelecimentos como lanchonetes, pizzarias e restaurantes, e há
outros em processo de negociação. A aceitação dos comerciantes foi positiva, segundo a
empresa. “Foram muito receptivos e atenciosos, em geral. Reconheceram a praticidade do
serviço e o quanto é possível agregar ao negócio e ter autonomia através de um sistema do
tipo”.
A plataforma conta com uma política de acumulo de pontos ou pontos-fidelidade – os Rangos,
como a plataforma os chama -, onde o usuário pode posteriormente usar esse saldo para
adquirir diversos cupons de desconto, prêmios e serviços na loja virtual do UaiRango ou doá-
los para ações de caridade que a empresa organiza.
O UaiRango pode ser baixado gratuitamente nas lojas virtuais para Android e IOS, e também é
possível fazer pedidos pelo site www.uairango.com.
SOBRE A EMPRESA
O UaiRango é uma ferramenta que busca facilitar o serviço de delivery usando o canal de
comunicação que cada vez mais cresce no mundo: a internet. A empresa já possui 5 anos de
existência, atua em mais de 140 cidades e 8 estados brasileiros.
SERVIÇO

INAUGURAÇÃO DO UAIRANGO EM ALEGRETE / RS

Hoje

Horário: desde as 8h
Site: www.uairango.com

Download App Android:

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.uairango&hl=pt_BR
Download App iOS:

https://apps.apple.com/br/app/uairango/id1207090602

E-mail: [email protected]
Telefone e WhattsApp: (55) 9 9633-6654

 

Continue lendo

Cidade

Casa pega fogo no bairro Canudos

 

Incêndio neste instante na rua General Sampaio, na quadra entre os trilhos e a Santa Casa de Caridade.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e recém chegou ao local. Em seguida estaremos atualizando com mais informações.

Continue lendo

Popular