Contato

Notícias Agora

Grêmio luta muito, mas empata em 3 a 3 com a Chapecoense

gremio-encara-a-chapecoense-na-arena-conda-1466036061724_615x300Tricolor saiu na frente, mas voltou a sofrer com a bola aérea, deixando dois pontos escaparem

 

O Grêmio sentiu mais uma vez dois pontos escaparem na campanha do Brasileirão, ao empatar com a Chapecoense nesta quarta-feira, em Santa Catarina. O Tricolor saiu na frente, mas tomou a virada em falhas na bola aérea. Precisou se esforçar duas vezes para retomar a igualdade no placar e salvou um pontinho com o empate em 3 a 3.

Um ponto que leva o Tricolor a 15 pontos, no terceiro lugar do Brasileirão. A Chape chega a 11 pontos, na oitava colocação. Na próxima rodada, domingo, os gremistas enfrentam o Cruzeiro na Arena.

Altos e baixos na primeira etapa

O primeiro tempo foi um eletrocardiograma para gremistas e torcedores da Chape. O Tricolor começou patrolando e fez seu gol, mas a resposta foi quase imediata, assim como a virada. Os comandados de Roger só conseguiram amenizar o prejuízo no fim da etapa, ao igualar o placar.

Depois do apito do juiz, o Grêmio fez uma blitz para cima da Chapecoense. Logo aos três minutos, veio um escanteio, com direito a jogada ensaiada. Luan cruzou no segundo pau, Douglas aparou de primeira e centralizou na cabeça de Geromel, que empurrou para as redes, sem chance de defesa.

Nos primeiro dez minutos, o Grêmio pressionou e parecia até que ia ampliar, mas não conseguiu. Aí, os donos da casa recuperaram um pouco do controle e passaram a levar perigo. Aos 16, Lucas Gomes driblou dois gremistas e cruzou na pequena área, por centímetros Bruno Rangel não alcançou para fazer. No minuto seguinte, a zaga tricolor voltou a se complicar na bola aérea. Hyoran bateu escanteio no primeiro pau e encontrou William Thyego totalmente livre. Ele cabeceou firme no canto esquerdo e Grohe não alcançou.

A Chape embalou e continuou na pressão. Em novas dificuldades na bola parada, veio o gol da virada. Jailson tentou afastar e acabou atingindo Silvinho. A arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Bruno Rangel bateu colocado, devagarzinho. Grohe pulou no outro canto muito antes e ele cutucou no lado esquerdo.

Igualdade para tranquilizar

Aí o eletrocardiograma se inverteu e voltou a bater para o lado do ataque gremista. Aos 33, Walace lançou Edilson na quina da área. Ele dominou na coxa e tentou chutar com a bola no ar. Saiu muito forte, tirando tinta do travessão. O empate veio aos 41, em mais uma assistência de Douglas. O meia recebeu perto da meia-lua e lançou Jailson na cara do gol. O garoto olhou para a saída do goleiro e soltou a bomba para o fundo das redes.

A segunda etapa começou sem toda a velocidade da primeira, mas ainda com chances para os dois lados. Aos 4 minutos, Lucas Gomes dominou na frente da área e chutou colocado. Grohe estava adiantado, mas conseguiu tirar de mão trocada para escanteio. O Grêmio respondeu com Jailson, que recebeu na frente da área e mandou um canudo no ângulo esquerdo. Danilo fez defesa incrível.

Defesa falha de novo na bola parada

O Tricolor tomou conta do jogo a partir dos 15 minutos, contudo. Luan sofreu uma falta na frente da área, que quase resultou na virada. Edilson bateu forte, no canto esquerdo, mas carimbou o poste. Aos 23, Giuliano recebeu na entrada da área de Douglas, girou sobre a marcação e chutou, mas mandou para fora. O mesmo Giuliano, no lance seguinte, foi lançado e driblou o goleiro, mas ficou com pouco ângulo. Na hora do chute, a defesa afastou em escanteio.

Quando os gremistas mandavam na partida, a bola aérea voltou a falhar. Em cobrança de escanteio aos 35 minutos, William Thyego subiu sozinho na pequena área e cabeceou para fazer o 3 a 2. Novo esforço para compensar o prejuízo. Dois minutos depois, Negueba, que tinha substituído Everton, fez grande jogada pela direita e serviu Giuliano no primeiro pau. O meia cabeceou no primeiro pau, para o fundo das redes, retomando a igualdade.

Roger lançou Bobô no lugar de Jailson, para reforçar a bola aérea, mas o Grêmio pouco conseguiu fazer para alcançar a vitória. No fim, a Chape pressionou e cobrou três escanteios no entorno da área, mas ficou mesmo no 3 a 3.

Brasileirão – 8ª rodada

Chapecoense 3

Danilo; Josimar, Willian Thiego, Marcelo e Gimenez; Lucas Mineiro (Sérgio Manoel), Hyoran (Arthur Maia), Cleber Santana e Lucas Gomes; Bruno Rangel (Moisés) e Silvinho. Técnico: Guto Ferreira.

Grêmio 3

Grohe; Edílson, Geromel, Wallace Reis e Hermes; Walace, Jaílson (Bobô), Giuliano (Kaio), Douglas e Everton (Negueba); Luan. Técnico: Roger Machado.

Gols: Geromel (3min/1ºT), Jailson (41min/1ºT) e Giuliano (37min/2ºT), para o Grêmio; Thiego (17min/1ºT e 35min/2ºT) e Bruno Rangel (25min/1ºT), para a Chapecoense.

Cartões amarelos: Edilson e Jailson (G); Marcelo e Lucas Gomes (C).

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA/SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Alex Ang Ribeiro.

Local: Arena Condá (SC).

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Notícias Agora

Paulo Gustavo morre aos 42 anos após mais de 40 dias intubado com covid-19

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu na tarde desta terça-feira (04), vítima de complicações da Covid-19 Ele foi internado num hospital particular do Rio de Janeiro no dia 13 de março e, uma semana depois, foi encaminhado à UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e entubado devido à piora no seu quadro de saúde.

O ator e criador de ‘Minha Mãe É Uma Peça’ era casado com Thales Bretas, dermatologista, e pai dos gêmeos, Romeu e Gael, e estava internado desde o dia 13 de março, e intubado desde o dia 22 de março.

A família já foi informada sobre a morte do artista e, inclusive, foi chamada às pressas para o hospital pela manhã.
Nesta segunda-feira (03), a equipe médica que cuidava do ator divulgou que o quadro de saúde do artista havia piorado após uma embolia, que causou também insuficiência cardíaca e lesões cerebrais. “Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem“, diz um trecho da nota.

Biografia

Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros nasceu em Niterói em 30 de outubro de 1978 e estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio, na mesma turma de Fábio Porchat.

A primeira peça da qual participou foi “O surto”, em que dividia a direção com Fernando Caruso, em 2004. Foi no espetáculo que apresentou pela primeira vez a personagem Dona Hermínia, que marcaria sua carreira para sempre.

A mãe superprotetora e hilária ganhou peça própria em 2006 e chegou ao cinema sete anos depois.

Carreira na TV

Na televisão, Paulo apresentou em 2011 o programa “220 Volts”, do Multishow. Dois anos depois, no mesmo canal, ele passou integrar o elenco da sitcom “Vai que cola”, vivendo o malandro Valdomiro Lacerda. O personagem foi um sucesso também na adaptação para o cinema, em 2015.

Ainda no Multishow, o ator protagonizou, ao lado de Katiuscia Canoro, a série “A vila”. Na produção, ele interpretou o ex-palhaço Rique.

Ele também foi o apresentador de várias edições do Prêmio Multishow.

Continue lendo

Notícias Agora

De engenharia no RS a atriz internacional na China: quem é a gaúcha Miss Brasil 2020?

Concurso em formato inédito ocorreu nesta quinta-feira e foi transmitido online

A gaúcha de Porto Alegre de 27 anos, Julia Gama, foi coroada Miss Brasil 2020 em cerimônia inédita sem plateia nesta quinta-feira (20). A posse durou um pouco mais de 20 minutos e Julia recebeu a coroa das mãos da Miss Brasil 2019, Júlia Horta. Em decorrência das consequências da Covid-19 em segurança a saúde, a comissão do concurso foi formada apenas por integrantes da Organização Miss Brasil.

Fluente em três idiomas a gaúcha, como agradecimento a coroa, disse em português que deseja “levar o nome do Brasil ao mundo, mas não sozinha”, em espanhol, afirmou querer “ser uma plataforma para a voz latina”, já e em mandarim, concluiu a fala destacando que pretende “encorajar as pessoas a brilharem”. Julia cursou até o terceiro ano da graduação de engenharia química no Rio Grande do Sul e hoje é atriz internacional na China.

 

Em uma publicação no Instagram escreveu: “Eu não canso de ter esperança de ser tudo que sonho – Julia Gama 2014” para relatar a fé nos últimos seis anos de trabalho, “de menina à mulher. Ainda na postagem menciona a valorização e dedicação em seus sonhos: “Que a gente saiba que com integridade, persistência e fé é possível realizar qualquer coisa”, escreveu. A mulher pretende representar o Brasil em toda sua diversidade.

Miss Brasil 2020 foi o 66º ano de participação do Brasil no Miss Universo. A gaúcha sucedeu a mineira jornalista, comunicadora, palestrante e modelo brasileira, Júlia Horta. Com a vitória no dia 9 de março na São Paulo Expo frente a um público de 15 mil pessoas, Júlia tornou-se a nona candidata do estado de Minas Gerais a ostentar a faixa nacional.

Assista:

 

Por: Valesca Luz / Acústica FM – Foto: Divulgação / Instagram

Continue lendo

Manchete

Vídeos-Noite fria com neve e chuva gelada na Serra

Depois de uma semana com temperaturas altas, o frio voltou com força total ao Rio Grande do Sul no final da noite deste domingo (16).

Em Porto Alegre, a mínima registrada na manhã na última segunda-feira (17) foi de 7,5°C. No interior do Estado, os termômetros registram temperaturas ainda menores: o município de São Jose dos Ausentes teve mínima de -0,2°C. Na serra gaúcha chegou a nevar em pelo menos seis municípios – Gramado, Canela, Caxias do Sul, Bom Jesus, São Francisco de Paula, Pinheiro Machado e Palmeira das Missões. A drástica mudança começou com a chegada de uma forte massa de ar polar vinda da Argentina, que também derrubou as temperaturas no Uruguai e no Chile.

 

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular